Música, Luz e Poesia de Fernando Pessoa, harmonizados em videomapping nos Clérigos

A iniciativa conjunta entre o emblemático monumento portuense e o atelier criativo OCubo chama-se “Spiritus”.

395

Esta é a primeira vez que um espetáculo de videomapping acontece no interior da Igreja dos Clérigos. Já começou e sabemos que o mote é partir do “universo poético de Fernando Pessoa para construir uma narrativa que convoca a um tempo o imaginário, a espiritualidade e o mindfulness numa experiência sensorial de luz, cor e som”, anunciou a entidade em comunicado.

O objetivo não é dramatizar o poema “Afinal, a melhor maneira de viajar é sentir”, assinado pelo heterónimo Álvaro de Campos. Mas sim, que o mesmo sirva como pano de fundo para a viagem que a iniciativa propõe. Isto é, a aventura que segue o desafio do poeta de encarar Deus como pretexto para exaltar a vida e as sensações, num misto de experiência prazerosa e contemplativa.

Além de prestar homenagem a um dos mais consagrados escritores portugueses, bem como à sua obra poética, o espetáculo quer também dignificar o local onde acontece.

Os bilhetes custam 14€, maiores de 65 anos e crianças dos 4 aos 17 anos pagam 12€, sendo que o preço especial famílias fica por 10€ por pessoa.