Alunos de “Restauração e Catering” de Seia brilham nos grupos hoteleiros

O curso na escola de Seia do Politécnico da Guarda oferece um ensino muito prático e laboratorial. Os estudantes são disputados pelos grandes “players” do setor e têm uma empregabilidade de 94%.

1079

Os alunos de Restauração e Catering na Escola Superior de Turismo e Hotelaria em Seia, que integra o Instituto Politécnico da Guarda – IPG, têm um contacto permanente com o futuro mercado de trabalho desde as primeiras aulas. Isso dá-lhes uma vantagem competitiva face a outros cursos do país, contribuindo para a sua alta taxa de empregabilidade: 94%, acima da média nacional.

Toda a licenciatura de Restauração e Catering tem uma forte componente prática: no final de cada ano letivo, todos os alunos fazem estágio em cadeias hoteleiras como os grupos Pestana, Sana, Visabeira Natura IMB Hotels – ou em restaurantes prestigiados como a Mesa de Lemos ou a Casa da Esquila.

Esta escola do Politécnico da Guarda sediada na cidade de Seia conhece bem a importância de combinar a teoria e a prática desde o início dos cursos. “O contacto recorrente dos nossos alunos com as empresas do setor tem levado os empregadores a querer contratá-los ainda durante os estágios. Para além da carência de técnicos especializados nesta área, os empregadores reconhecem a qualidade de formação dos nossos alunos”, afirma Adriano Costa, docente e investigador do IPG e diretor deste curso. “Os alunos que escolherem esta licenciatura têm uma grande vantagem: vão entrar no mercado com mais facilidade e com mais experiência em ambiente real de trabalho”.

O curso é lecionado em Seia, na Escola Superior de Turismo e Hotelaria, a única unidade de ensino superior no interior do país inteiramente dedicada à hospedagem e restauração. Os profissionais formados no IPG estarão preparados para gerir equipas de restauração, para liderar a definição de ementas e a preparação de refeições, para coordenar o serviço de Food & Beverage – o departamento responsável pela aquisição, controlo e distribuição de alimentos e bebidas.

“Os estudantes desta licenciatura terão oportunidade de aprender com as melhores referências da gastronomia portuguesa: com Rui Cerveira, chef do restaurante Casa da Esquila premiado pelo ‘Boa Cama Boa Mesa’, ou com Diogo Rocha, chef do único restaurante distinguido com uma estrela Michelin na região Centro: ambos fazem parte do corpo docente desta licenciatura”, afirma Adriano Costa.

Segundo o diretor do curso, os estudantes de Restauração e Catering têm sido muito bem-sucedidos e ocupam hoje lugares de destaque em empresas importantes no mercado. Isso deve-se, não só aos estágios, mas também à grande componente laboratorial de que o curso dispõe. “A nossa escola disponibiliza vários laboratórios que permitem praticar situações reais e estimular a capacidade de organização e de gestão de recursos e tempo”. O auditório de gastronomia, a sala de formação de cozinha, o restaurante de aplicação e a sala de bar são alguns dos laboratórios em funcionamento.

Guarda com camas para 718 alunos – IPG com 517 camas disponíveis,  mais 201 em Seia

O Politécnico da Guarda irá disponibilizar alojamento a 718 estudantes que escolham uma das suas quatro escolas para estudar. Para o ano letivo 2023/2024 o IPG terá 618 camas disponíveis na Guarda e em Seia, das quais 76 são novas. A este total irá juntar-se mais 100 camas em Seia, fruto de uma parceria do Politécnico da Guarda com a Estamo, no âmbito do PRR, para a construção de uma residência estudantil prevista para 2025/202.

Na Guarda, a Câmara Municipal da Guarda cedeu 46 novas camas no Centro Apostólico da cidade e a Movi Jovem – organismo que promove em Portugal a mobilidade dos jovens – irá disponibilizar alojamento para cerca de 30 alunos do IPG na Pousada da Juventude da Guarda, que reabriu em maio passado, depois de 11 anos encerrada. Em Seia, para o próximo ano letivo haverá alojamento para 101 estudantes.

Para além dos quartos partilhados e individuais, as residências do IPG dispõem de espaço comum de convívio, sala de estudo, cozinha e lavandaria. Disponibilizam ainda internet, aquecimento central, serviço de limpeza, roupa de cama e atoalhados, telefone e vigilância.