Laboratório EQUILIBRIUM – Ética, Qualidade e Excelência

Cristina Antão, Diretora Técnica do Laboratório EQUILIBRIUM, conversou com a Revista Pontos de Vista sobre o crescimento da empresa no mercado e a sua promoção cada vez mais assente em inovação. Ficámos a conhecer ainda os passos que serão dados no futuro, de forma a dar continuidade a esta história de sucesso.

739

Edificada em 1994, o Laboratório EQUILIBRIUM, assume-se como uma empresa familiar/privada de capital português, sendo um exemplo de sucesso no domínio das ciências laboratoriais. No sentido de contextualizar junto do nosso leitor, de que forma é que têm vindo a promover um franco crescimento e uma aposta cada vez mais superior no âmbito da qualidade e da inovação?
Desde a fundação do Laboratório, que fez no mês passado 29 anos, a prioridade foi dar resposta às exigências da legislação e demais guidelines.
Nesse sentido, desde o primeiro momento, todos os processos analíticos foram construídos no sentido de obter resultados analíticos robustos e reprodutíveis.
No nosso percurso sempre esteve presente a evolução e melhoria contínua dos processos analíticos e logística.
Trabalhamos continuamente inovando na resposta ao cliente (novos métodos de análise e novas matrizes), com o desafio contínuo de manter os níveis de qualidade no topo. É prioridade do laboratório demonstrar a sua competência técnica, com a acreditação reconhecida internacionalmente com anexo técnico de acreditação L0312A (pelo Instituto Português de Acreditação)
Todas as áreas são importantes, e trabalhadas em simultâneo: equipa técnica, instalações, equipamentos e metodologias.

A verdade é que a inovação está intimamente ligada com o controlo laboratorial e a qualidade dos processos. De que forma tem sido para vocês esta busca incessante pela Inovação e Tecnologia e de que forma é que estes dois pilares são essenciais na vossa competitividade e reconhecimento?
O controlo de qualidade está intrinsecamente ligado ao processo produtivo e ao produto final.
Podemos ter a mais-valia do ‘Autocontrolo’, controlo de qualidade dos processos e produtos em rotina, bem como podemos ter os estudos de desenvolvimento de produto e fornecer informações cruciais (I&D).
Em ambos os casos, o nosso cliente cria valor no seu processo e produto. O cliente demonstra com o boletim de análise a força do seu produto, podendo valorizar (€) o seu preço final, bem como reforçar a autoridade da marca.
Para o Laboratório Equilibrium, a inovação e tecnologia – aliado ao seu reconhecimento e ética, aparecem de forma orgânica, pelo sucesso dos seus clientes.

De há uns anos para cá, a marca tem vindo a alargar horizontes e a expandir a sua geografia e portefólio de serviços. Em que medida tem sido possível trabalhar as Ciências Laboratoriais ao Serviço do Ambiente e da Saúde Pública, à escala global? Quão importante tem sido este processo de expansão?
Com a digitalização e principalmente após o período da Covid-19, o contacto com clientes europeus e fora da Europa foi acontecendo naturalmente.
No laboratório conseguimos dar os tempos de resposta (tempos de entrega dos resultados) que os nossos clientes precisam. A nível global a logística de transporte de amostras também está muito facilitada. Há amostras que chegam às nossas instalações em dois dias. Com este planeamento, conseguimos dar uma resposta mais curta aos nossos clientes internacionais. O processo de expansão tem sido gradual e orgânico.
O reconhecimento da marca Equilibrium tem sido uma mais-valia, em ensaios mais específicos como testes de biodegradabilidade, testes microbiológicos, eco toxicológicos e testes de eficácia de produto.

A verdade é que estão envolvidos em diversos segmentos de atuação no que concerne a análises. De que forma é que a vossa atuação é fundamental para promover segurança e confiança e também alertar para determinados problemas?
Apesar do laboratório ser específico em cada uma das suas áreas de atuação, a nossa presença nos segmentos de Ambiente & Agroalimentar (Environment & Food) e Product Testing, é uma mais valia nos serviços e enquadramento que prestamos aos nossos clientes.
Com esta visão alargada, relacionando os resultados obtidos com os históricos de análises, conseguimos trabalhar em conjunto com cliente para prevenir ou resolver problemas.

O Laboratório EQUILIBRIUM atravessa neste momento uma fase de rebranding. Desta forma, que alterações serão realizadas e porquê esta aposta nesta mudança? Em que pontos é que iremos ver este “novo” Laboratório EQUILIBRIUM?
O rebranding realizado a partir da evolução do nosso logotipo e reforço da comunicação da marca no digital, reflete o nosso espírito e realidade dentro do laboratório. É importante comunicar, por vezes, com uma linguagem menos técnica, para que a mensagem seja clara. Fazer análises de forma recorrente dá-nos informações vitais no presente e no futuro!

É legítimo afirmar que surgirão de “cara lavada”, mas sempre com o desiderato primordial da marca, ou seja, Qualidade e Excelência?
Sim! É esse o nosso ADN. Trabalhar com Ética, Qualidade e Excelência são a nossa principal motivação.

Fale-nos um pouco de si. Quem é Cristina Antão e de que forma é que nos pode caraterizar, enquanto Diretora Geral da marca, o seu estilo de liderança?
Sou Farmacêutica com uma enorme motivação em melhorar os processos e alcançar a excelência nos resultados laboratoriais.
Todos os dias surgem novos desafios no sentido de melhorar o sistema da qualidade (ISO 17025) e trabalho junto da minha equipa para o sucesso dos mesmos.

A terminar, o que podemos continuar a esperar de si e da sua equipa para o futuro e quais são os principais desafios que se colocam ao Laboratório EQUILIBRIUM?
Como fundadora do laboratório e a equipa robusta que temos, vamos continuar a percorrer o caminho da melhoria contínua, técnica e laboratorial. Os testes de controlo de qualidade são a cada dia que passa, mais relevantes para a tomada de decisão e análise de risco. O nosso desafio é fazer chegar está informação aos nossos clientes! ‘Do you REALLY know the Quality of your product?”