“Procuramos todos os dias personificar aquilo que significa ser um Top Employer e garantir que todos adoram trabalhar aqui”

Gosta do desafio de lidar com Pessoas e de lhes «oferecer» soluções para seguirem os melhores caminhos em prol do êxito da empresa, pois, como reconhece, o Capital Humano é essencial. Falamos de Rita Estanqueiro, Diretora de Recursos Humanos da Olympus Medical Products, que em entrevista à Revista Pontos de Vista, assegurou que “estamos muito investidos em ter um ambiente de trabalho positivo, em contribuir para o desenvolvimento e bem-estar das nossas pessoas”

217

Enquanto Diretora de Recursos Humanos da Olympus Medical Products Portugal, como aborda a retenção de talentos e que estratégias são implementadas para manter profissionais qualificados na empresa?
As nossas pessoas são o coração do nosso sucesso. Estamos comprometidos para que sejam felizes aqui e se sintam realizadas e valorizadas. É daqui que nasce um sentimento genuíno de pertença e de reconhecimento com que fortalecemos as dinâmicas de trabalho e a qualidade que nos guia no serviço aos nossos clientes.
Os nossos Core Values – integridade, empatia, agilidade, visão a longo prazo e união – traduzem-se em comportamentos e ajudam-nos a fazer escolhas. Esta característica da nossa cultura fica evidente ao interagir connosco e é uma medida importante do nosso bem-estar corporativo.
Protegemos o nosso ambiente interno e uma cultura saudável, e esta é a base que sustenta qualquer estratégia de retenção que possamos querer operacionalizar. Em paralelo, somos uma entidade que valoriza e potencia o crescimento interno e que entrega aos colaboradores o “lugar do condutor” da sua carreira: dois pontos dos quais falarei adiante em mais detalhe.
Enquanto empresa global e inovadora que somos, assumem destaque a Diversidade e a Inclusão enquanto dois pilares de sucesso e bem-estar na organização, que percecionamos como muito valorizados pelas nossas pessoas e dinamizadores de aprendizagem.

Quão legítimo é afirmar que existe uma cultura organizacional relativamente à valorização dos colaboradores? Existem práticas específicas que a promovem um ambiente de trabalho positivo e que demonstram a importância atribuída aos Recursos Humanos?
A gestão assume-se como facilitadora do percurso do colaborador na organização, proporcionando as melhores condições para potenciar o seu contributo, numa dinâmica em que cada um é o motor da sua carreira, impulsionando o seu desenvolvimento com as ferramentas e oportunidades que lhe são disponibilizadas.
Esta responsabilidade dá a mão à autonomia e nós estamos seguros de que as nossas pessoas sabem decidir quanto ao trabalho, na medida da sua organização, ordem de importância e qualidade. Por outro lado, percebemos que a qualidade de vida é individualmente definida e, por esse motivo, existe uma liberdade muito grande para cada um organizar o seu tempo e local onde presta o seu trabalho, incluindo entre as opções disponíveis a de trabalho remoto. Percebemos que esta liberdade é uma parte importante da nossa proposta de valor.

Sabemos que a empresa, comprometida em liderar avanços na tecnologia médica, reconhece a importância fundamental dos Recursos Humanos na consecução desta missão. Neste sentido, de que forma a Olympus incentiva o desenvolvimento profissional dos seus colaboradores?
Temos por missão tornar a vida das pessoas mais saudável, mais segura e mais gratificante. Como corolário deste posicionamento é alinhada toda a estratégia da empresa com enorme foco na segurança do paciente.
A formação inicial é um momento importante no acolhimento dos nossos técnicos, e nalguns casos chega a estender-se por até 12 meses. Durante esse período os nossos técnicos são acompanhados por uma equipa formadora específica, de transferência de conhecimento, que combina formações teóricas e práticas, para melhor potenciar o seu contributo.
A par disso apostamos na formação contínua, garantindo uma atualização face aos avanços tecnológicos, para que as equipas se sintam capacitadas e confiantes, enquanto contribuem para a segurança do paciente.

Além disso, em que medida a Olympus desenvolve políticas personalizadas para valorizar o desempenho excecional e contribuições significativas dos colaboradores?
No que toca a reconhecimento, falamos de algo que gostamos de muito fazer (e somos bons nisso!).
Por um lado, fazemos por reconhecer o bom desempenho, evidenciá-lo e transferi-lo, sempre que possível. Temos políticas de recompensas diretamente relacionadas ao contributo individual e de equipa, que permitem que cada um perceba o seu nível de alinhamento. Existe um cuidado grande em acompanhar projetos pontuais/específicos e reconhecer o mérito dos dinamizadores.
Por outro lado, reconhecemos o erro e celebramo-lo. Sabemos que a criatividade e o compromisso vão beber à segurança psicológica, e que as nossas pessoas são convidadas a arriscar, contribuir com novas ideias e inovar, todos os dias. É num ambiente onde sabem que a tentativa é valorizada (e não somente o sucesso da mesma), bem como que o erro é celebrado, na medida em que não será repetido, que têm todo o espaço psicológico que lhes permite crescer.
No ciclo de avaliação de desempenho, composto por marcos importantes ao longo do ano, está previsto um plano de desenvolvimento, que cabe a cada um construir, tendo por base os seus objetivos de carreira e de desenvolvimento, e ao manager, potenciar. Este exercício alimenta o Plano de Formação da empresa, concretizando em ações calendarizadas, ou self learning, cada um dos pontos identificados. Existe um orçamento específico e robusto que atende precisamente a este investimento pessoal, seguindo o modelo 70/20/10. Refletir sobre como será o sucesso individual, recursos necessários e forma de operacionalizar esse percurso é algo muito gratificante e em linha com os nossos Core Values.

A comunicação interna não é apenas uma prática operacional, é também uma parte essencial da cultura que permeia todos os níveis da empresa. Qual é, por isso, a importância atribuída à comunicação interna da empresa para fortalecer a relação entre a mesma e os seus colaboradores?
Temos um grande alinhamento de conteúdos com a região EMEA, precisamente porque a comunicação e a forma como o fazemos importa muito para o nosso sucesso. Esses materiais de comunicação, numa perspetiva de layout e de conteúdo servem de base para o que é partilhado nos diferentes canais de comunicação.
Internamente, temos diversas opções que nos permitem comunicar top-down e bottom-up, garantindo que mesmo crescendo em número de colaboradores, não perdemos a proximidade que sempre nos caracterizou.
Para além das comuns reuniões interdepartamentais e multidisciplinares, que facilitam a prossecução ágil de projetos, realizamos Townhalls, que representam oportunidades incríveis de partilha em ambos os sentidos, em especial quando realizadas presencialmente. Numa escala mais micro, canais com propósitos específicos para atender a determinadas temáticas existem um pouco por toda a organização: seja via teams, seja através de grupos de pessoas que se juntaram para atender a causas comuns, como o ambiente ou a responsabilidade social.
Chamamos a tecnologia “à pedra” e potenciamos o seu uso: dispomos de LCDs um pouco por toda a empresa, onde transmitimos informações de relevo para o dia a dia cá dentro e colaboramos, e nas nossas salas de reunião os equipamentos estão preparados para acolher participantes presencial ou remotamente, para referir alguns exemplos.

A Olympus foi reconhecida com a certificação TOP EMPLOYER 2024. O que é que este destaque significa para a empresa e, mais concretamente, para o departamento de Recursos Humanos?
Primeiro, estamos muito felizes, naturalmente. Este reconhecimento, pelo quarto ano consecutivo, vem consolidar as práticas que temos vindo a somar e a melhorar na nossa cultura, quer a nível internacional, quer a nível local, enquanto reforça que estamos no caminho certo.
Procuramos todos os dias, pelas nossas ações e interações, personificar aquilo que significa ser um Top Employer e, acima de tudo, garantir que todos adoram trabalhar aqui. Estamos muito investidos em ter um ambiente de trabalho positivo, em contribuir para o desenvolvimento e bem-estar das nossas pessoas.
Foi em 2022 que nos mudámos para as nossas novas instalações, que representam a intenção de crescimento da Olympus Medical Products Portugal e o seu posicionamento estratégico ao nível EMEA. Estas instalações, pensadas e construídas de raiz para a Olympus, são o epítome de um local de trabalho pensado para as pessoas e com as pessoas, reunindo soluções pensadas ao detalhe para garantir todo o conforto.

Perante as rápidas transformações no setor da tecnologia médica, como observa a evolução do papel dos colaboradores nos próximos anos? Existe alguma abordagem planeada para capacitar a equipa a lidar com desafios emergentes e contribuir para a contínua inovação da empresa?
Continuamos a nossa transformação global, que se traduz em capacidade de mudar, reinventar e agilidade, enquanto procuramos causar impacto mundial como líderes em equipamento endoscópio.
Como esta área regista um desenvolvimento tecnológico acentuado, mantemos o investimento na capacitação das nossas pessoas preparando-as para enfrentar desafios e impulsionar a inovação.
Para além de programas formativos específicos, que visam a especialização, incentivamos um ambiente de aprendizagem permanente, promovendo a troca de conhecimentos e experiências multidisciplinares.
Este investimento permite-nos fazer face ao desafio de transformação e crescimento, enquanto fomentamos uma cultura de inovação, permitindo-nos manter os mais altos padrões éticos e de qualidade junto dos nossos pacientes.
A função de RH contribui para a estratégia da Olympus dando prioridade a quatro vetores essenciais:
1) excelência operacional, numa abordagem de melhoria contínua de processos e globalização e uniformização dos sistemas;
2) compensação e benefícios, globalizando e reconhecendo contributos;
3) comprometimento e capacitação potenciado pela Liderança, Diversidade e Inclusão;
4) consolidação da função de RH enquanto parceiro de negócio.