Pérez-Llorca é o primeiro escritório de advogados espanhol a integrar Leya, uma ferramenta de IA generativa de segunda geração para o setor jurídico

A Pérez-Llorca avança no caminho para a inovação com a integração progressiva da Leya, uma plataforma de Inteligência Artificial Generativa (IAG) desenvolvida especificamente para o setor jurídico e que incorpora novas funcionalidades e melhorias significativas em relação às soluções existentes no mercado até à data.

338

A Pérez-Llorca é a primeira sociedade de advogados espanhola a implementar esta ferramenta, que permitirá o tratamento de grandes volumes de dados em formato conversacional, integrando fontes legais e modelos semânticos específicos das jurisdições em que a sociedade opera. A ferramenta Leya incorpora várias camadas e tecnologias de inteligência artificial para garantir resultados fiáveis e um maior valor acrescentado, integrando-se com gestores de documentos para garantir a confidencialidade e a segurança da informação, tanto dentro como fora da organização.

A utilização desta tecnologia será um apoio fundamental para os profissionais da Pérez-Llorca, permitindo-lhes aumentar as suas capacidades e prestar um aconselhamento diferenciado aos seus clientes. “Estamos conscientes de que a AGI está a transformar os processos jurídicos e consideramos fundamental que a firma esteja sempre na vanguarda da tecnologia, desenvolvendo casos de uso que nos permitam oferecer novos e melhores serviços aos nossos clientes com o objetivo de aumentar o valor da função jurídica dentro das organizações”, afirma Raúl Rubio, sócio da área de Propriedade Intelectual e Tecnologia e membro do Comité de Inovação da Pérez-Llorca.

Para além da melhoria dos resultados e da criação de processos mais ágeis através da automatização de tarefas, a Pérez-Llorca vai testar a ferramenta sueca devido à garantia de segurança e privacidade no tratamento de dados que esta proporciona. “A confidencialidade de todos os nossos negócios e clientes foi, sem dúvida, a nossa principal prioridade durante o processo. Após uma extensa revisão das principais soluções de IAG disponíveis para o sector, a Leya demonstrou ser a ferramenta certa para os nossos objectivos e necessidades, tanto em termos de eficiência como de segurança”, sublinha Andy Ramos, sócio de IP e Tecnologia e membro do Comité de Inovação da Pérez-Llorca.

A Leya combina linguagem natural de ponta com tecnologia de recuperação de dados para fornecer respostas exactas e contextualizadas. A plataforma permite igualmente a análise de documentos, a extração automática de informações, as tarefas de investigação jurídica, a redação de comunicações ou a argumentação jurídica. Além disso, o acordo estabelecido com a base de dados jurídica Iberley permite à Leya uma atualização constante de toda a legislação e jurisprudência do nosso país, uma caraterística que outras ferramentas semelhantes não possuem.

Em relação ao impacto da AGI nos processos, Marisa Delgado, directora da área de Gestão do Conhecimento e membro do Comité de Inovação da Pérez-Llorca, sublinha que é fundamental compreender que esta tecnologia é uma ferramenta complementar à prática da advocacia. “O teste que lançámos com a Leya permite-nos avançar no nosso roteiro de digitalização, mas não substitui a experiência e o julgamento humanos, que continuam a ser essenciais para compreender o contexto, avaliar as nuances e tomar decisões estratégicas.

“Estamos entusiasmados e profundamente honrados por colaborar com a Pérez-Llorca como a primeira grande empresa em Espanha. Com sua estimada reputação, rico legado de excelência e rápida adoção da tecnologia, estamos prontos para integrar perfeitamente a IA jurídica avançada nas tarefas jurídicas mais complexas em diversas áreas de prática e estruturas jurídicas”, afirmou Max Junestrand, CEO da Leya

A nível internacional, mais de 70 escritórios utilizam a Leya como mais uma ferramenta para os seus serviços. Em Espanha, a Pérez-Llorca lidera a incorporação desta solução tecnológica no mercado, sendo o primeiro escritório de advogados a começar a utilizá-la nos seus processos.