Jungheinrich alcança marco ambiental: Meta climática validada pela iniciativa Science Based Targets

Jungheinrich obtém, em 28 países, toda a sua eletricidade a partir de energias renováveis.

Data:

A “Science Based Targets initiative” (SBTi) analisou e confirmou a meta climática da Jungheinrich de reduzir as suas próprias emissões de gases de efeito estufa para zero líquido. De acordo com o SBTi, a meta ambiciosa do fornecedor de soluções de intralogística com sede em Hamburgo contribui para o objetivo de limitar o aquecimento global a 1,5 grau Celsius, o que está em consonância com os objetivos do Acordo de Paris. A Jungheinrich é uma das poucas empresas participantes em todo o mundo cuja meta de zero líquido foi confirmada pelo SBTi. Até agora, a iniciativa validou as metas zero líquido de menos de dez por cento do total dos participantes.

A Jungheinrich comprometeu-se a reduzir as suas emissões de gases com efeito de estufa (Emissões de Âmbitos 1 a 3) para zero líquido em toda a cadeia de valor até 2050. Os passos intermédios necessários para alcançar este objetivo foram agora confirmados pelo SBTi, que definiu a primeira norma de verificação independente do mundo para os esforços de proteção do clima das empresas.

Lars Brzoska, CEO da Jungheinrich AG, adianta que: “Somente com uma base científica podemos limitar o efeito estufa causado pelo homem e o consequente aumento da temperatura global a 1,5 graus Celsius. É a única forma de a humanidade garantir que as consequências drásticas e os riscos das alterações climáticas sejam significativamente reduzidos.”

«Em 2021, a Jungheinrich juntou-se ao SBTi e comprometeu-se oficialmente a contribuir ativamente para alcançar a meta climática de 1,5 graus. O Grupo está a impulsionar a transição global do seu fornecimento de energia para energias renováveis. As instalações da Jungheinrich situadas em 28 países obtêm agora a sua eletricidade exclusivamente de fontes renováveis. Para reduzir ainda mais as emissões de gases de efeito de estufa nas suas operações comerciais, a empresa implementou medidas adicionais, como a eliminação gradual dos combustíveis fósseis e a eletrificação completa da sua frota de equipamentos.

A Jungheinrich também trabalha constantemente na sustentabilidade dos seus produtos para alcançar uma redução abrangente nas emissões ao longo de toda a cadeia de valor. Por exemplo, empilhadores Jungheinrich com baterias de iões de lítio já consomem cerca de 20% menos energia no seu uso diário (em comparação com alternativas de chumbo-ácido). Já os empilhadores movidos a eletricidade verde, quase não produzem emissões durante a sua utilização.

Lars Brzoska: “Estabelecemos metas ambiciosas. Enfrentar a crise climática é uma tarefa gigantesca. Só juntos é que poderemos criar um mundo mais sustentável para as gerações futuras. A Jungheinrich está a contribuir com a sua parte.” Por esta razão, os parceiros de negócios também estão fortemente envolvidos no caminho para as zero emissões líquidas de gases de efeito estufa. Atualmente, a Jungheinrich pesquisou mais de 700 fornecedores sobre questões de proteção ambiental. Estes já representam 75% do volume de compras da Jungheinrich.

Mais informações sobre esta iniciativa em: https://www.jungheinrich.com/en/sustainability/climate-protection-1532956 ou https://sciencebasedtargets.org/companies-taking-action#dashboard (Search: “Jungheinrich”).

Partilhar

Revista Digital

Revista Pontos de Vista Edição 130

Popular

Mais Artigos deste tipo

“Ganhei clareza no meu propósito actual: Empoderar outras Mulheres”

Como advogada em prática individual, gostaríamos de começar por...

“Sonho e desejo a Mentanalysis como um espaço-tempo de crescimento”

Para começar, gostaríamos de conhecer um pouco mais da...

BGRR & Associados: uma visão experiente sobre o setor jurídico em Portugal

A BGRR & Associados, sendo uma sociedade generalista, fornece...