Inicio Tags Renting

Tag: Renting

“Queremos garantir aos nossos clientes as soluções best in class em cada segmento”

Agora que entramos em 2019, de que forma as marcas e fabricantes de automóveis, e em concreto a Fiat, vão desafiar o setor automóvel?

A questão parece-me estar colocada de forma contrária, uma vez que serão as marcas automóveis na sua generalidade em Portugal quem serão desafiadas pelo sector automóvel e em particular pela fiscalidade inerente ao mesmo. De facto, sermos um mercado pioneiro na entrada em vigor do novo normativo WLTP, vem desafiar as Marcas a redefinir no curto prazo as suas gamas por forma a impactar ao mínimo os preços finais das viaturas ao abrigo da nova forma de cálculo do ISV. Efetivamente, é já percetível para todos os players do setor, que os preços finais das viaturas a partir do dia 1 de Janeiro de 2019 são alvo de incrementos face ao ano 2018 única e exclusivamente pelo facto de ao abrigo da nova fiscalidade automóvel, os níveis de emissões de CO2 das viaturas serem impactadas por variáveis que anteriormente em regime de NEDC não eram consideradas, nomeadamente o terem mais ou menos opções e a diferente combinação das mesmas. Nesse sentido, a racionalização da diversidade e otimização das viaturas e respetivas gamas é um trabalho que está em curso no Grupo FCA, no sentido de reforçarmos a competitividade dos modelos nas diferentes marcas e garantirmos aos nossos clientes as soluções Best in Class em cada segmento.

Todos os fabricantes de automóveis procuram novas formas de colocar no mercado veículos, serviços ou produtos novos, sendo a transformação digital e as novas tecnologias uma preocupação constante das empresas. Com um mercado ativo, quais são os verdadeiros desafios para dar resposta às novas tendências da mobilidade com soluções adaptadas às necessidades dos clientes?

A informação está hoje em dia acessível para todos e à distância de utilização de qualquer smartphone ou tablet que trazemos connosco no bolso, sendo a informação digital aquela que mais utilizamos no momento da pesquisa e anterior à escolha do produto ou serviço que pretendemos adquirir, funcionando na maioria das vezes como o primeiro contacto comercial que é feito pelos clientes. Sendo esta situação comum e transversal a todos os sectores de atividades, o desafio que o sector automóvel tem no seu horizonte prende-se com a necessidade de digitalização do negócio, nomeadamente por uma forte presença da sua gama de viaturas numa montra digital atraente, funcional e eficaz, que culminará com uma proposta comercial já devidamente direcionada e um convite para uma visita à Rede de Concessionários FCA, onde se ultimam as etapas finais do processo negocial da solução de mobilidade.

Mas os fabricantes sentem que, no futuro, a necessidade de chamar a si a propriedade vai ser cada vez menor, prevendo que aconteça com os particulares o que já acontece com as empresas. O que nos reserva 2019 relativamente ao setor do renting?

Temos vindo a assistir nos últimos anos, a uma estabilização do canal dos particulares e a um crescimento cada vez mais acentuado do canal de frotas, este último não apenas pela atividade de frotas pura, mas muito por via do crescimento de um sub-canal que tem vindo a ganhar cada vez mais expressão no mercado nacional, o Private Lease. Efetivamente os clientes particulares têm atualmente um nível de expectativa e de necessidades cada vez mais idêntico aos clientes de frota, assente em soluções de mobilidade mediante um custo mensal pré-definido, em linha com a flexibilidade de cada orçamento familiar e apostando numa lógica full-service, com todos os custos de manutenção e até recondicionamentos futuros devidamente contemplados. O mindset está a mudar, com a noção de propriedade da viatura automóvel a perder cada vez mais relevância e a procura por soluções de mobilidade com períodos e quilometragens de utilização previamente contratualizadas, a serem cada vez mais determinantes no momento da escolha final.

A FCA Portugal foi em 2018 um dos players do sector com maior expressão no Private Lease e continuaremos em 2019 a reforçar a nossa presença no mesmo, numa colaboração próxima com os diferentes parceiros de gestão de frotas do mercado, por forma a darmos continuidade à competitividade e qualidade reconhecida nas nossas diferentes ofertas e soluções de mobilidade.

A Fiat regressa a lugares de destaque em Portugal e apresenta uma gama de soluções para os carros das empresas: a Fiat Business. Fale-nos mais sobre este conceito.

A nossa estratégia passa por identificar as versões Business como sendo as mais competitivas e eficientes da nossa gama para os clientes profissionais, para os quais a viatura automóvel é uma ferramenta de trabalho e simultaneamente uma solução para o lazer. De qualquer forma, os clientes particulares têm de igual forma ao seu alcance a gama de viaturas e versões que tem um cliente de frotas, numa oferta transversal de soluções Best in Class que vão ao encontro das necessidades mais exigentes. Com uma gama o mais equilibrada possível, abrangemos o maior número de segmentos e canais de mercado, pelo que estratégias de versões Business “despidas” de equipamento com o foco exclusivo no price target, não se enquadram na nossa estratégia. Nesse sentido, a terminologia Business é transversal a diferentes versões nas Marcas do Grupo, como a Fiat com a versão Lounge, a Alfa Romeo com a versão Super e a Jeep com a versão Longitude, sendo sinónimo nos diferentes segmentos de um nível de equipamento de referência, aliado a uma forte competitividade em termos de valor reconhecido pelo mercado e pelos diferentes clientes, sejam eles empresariais ou particulares.

Recentemente, e com a denominação Fiat Chrysler Automobiles (FCA Portugal), deram início a uma nova estratégia com o objetivo de aumentar as vendas no mercado nacional, e com um particular enfoque na atividade e respetiva redefinição da estratégia orientada para o mundo Fleet, um setor que adquiriu um elevado grau de profissionalização em Portugal nos últimos anos. Que importância assume hoje a gestão de frotas?

Atualmente a gestão de frotas nacional pode classificar-se como sendo um mercado maduro, cuja evolução de um ano para o outro se aproxima cada vez mais da estabilização. De qualquer forma e conforme já foi referido anteriormente, a rutura positiva do renting nacional, passa naturalmente por explorar novos canais de mobilidade que têm surgido recentemente, com tipologias de clientes bem distintas das “tradicionais” e atuais, que obrigarão os diferentes players do mercado a reenquadrarem-se e a pensarem em soluções e ofertas disruptivas com o passado. De facto, acreditamos que o crescimento da gestão de frotas assentará cada vez mais numa procura por produtos com uma flexibilidade acrescida, nomeadamente com períodos contratuais inferiores a 12 meses e inclusive sem qualquer obrigatoriedade temporal, como é o exemplo do car-sharing. As empresas procuram cada vez mais soluções que não se traduzam em assumir compromissos de longo prazo, tendo ainda e sempre de se conseguir o necessário equilíbrio em termos de competitividade e soluções Best-in-Class.

Eduardo Antunes, Diretor Fleet & Business Sales da FCA Portugal, afirma que as vantagens do renting passam por garantir em permanência uma solução otimizada, que acompanha as evoluções tecnológicas de cada setor e adaptada às diferentes necessidades de cada cliente. No entanto, tendo em atenção os novos hábitos da população, conceitos como ‘car sharing’ ou ‘car pooling’, nas suas diferentes modalidades, poderão ser uma ameaça ou desafio ao renting?

Como referi anteriormente, não classificaria enquanto ameaça ou desafio, mas sim como um complemento ao renting tradicional, numa ótica de novas soluções de mobilidade emergentes, com características de produto distintas e que vão ao encontro de diferentes necessidades e expectativas, de cliente para cliente.

 

LeasePlan distinguida com o Prémio “Gestora de Frota 2018”

“Disponibilidade de produtos e serviços”, “ações complementares junto dos clientes”, “soluções customizáveis”, foram os três pilares fundamentais na atribuição da distinção à LeasePlan. O Prémio Fleet Magazine para a “Gestora de Frota 2018” foi atribuído a partir da experiência dos clientes de diversas gestoras de frota que fizeram parte do júri e também da análise das ações das gestoras durante o último ano.

Para o diretor geral da LeasePlan Portugal, António Oliveira Martins, “esta distinção confirma o empenho que a empresa imprime diariamente para prestar, aos seus clientes, um serviço de excelência. Iremos continuar a desenvolver produtos e serviços cada vez mais inovadores que, por um lado, melhorarem a gestão de frotas dos nossos clientes e contribuam para o desenvolvimento dos negócios das empresas e, por outro, se enquadrem na estratégia da LeasePlan de continuar a liderar a grande tendência da mudança de propriedade para a utilização do carro como um serviço.”

Com um novo formato de avaliação e atribuição e um processo mais dinâmico e transparente, que visa envolver o maior número possível de agentes deste mercado, através de um modelo bastante mais interventivo e personalizado, os Prémios Fleet Magazine surgem da vontade de premiar os modelos automóveis, as pessoas e as empresas que mais se distinguiram no panorama das frotas em Portugal.

Sobre a LeasePlan Portugal:

A LeasePlan é líder nacional no mercado do Car-as-a-Service e a sustentabilidade faz parte da sua estratégia. A LeasePlan tem como objetivo atingir zero emissões na sua frota total em 2030. Os principais elementos da estratégia incluem a sensibilização dos clientes sobre what’s next em veículos de baixas emissões; facilitando a adoção de veículos de baixas emissões com propostas atrativas para os clientes desenvolvidas pelo LeasePlan Electric Vehicle Experience Center; e a transição da própria frota de colaboradores da LeasePlan para uma frota de veículos elétricos até 2021. A LeasePlan é também membro fundador da EV100, uma nova iniciativa de negócio global projetada para acelerar a aceitação de veículos elétricos e as suas infraestruturas, lançada pelo The Climate Group no âmbito da Assembleia Geral da ONU em setembro.

Para mais informações, consultar www.leaseplan.pt.

Ald Automotive: um parceiro de excelência

Presente há mais de 50 anos no mercado, a ALD Automotive é líder em Renting e Gestão de Frotas. Há 26 anos em Portugal, que posição assume atualmente no mercado português?

O desempenho do Grupo ALD Automotive confere-lhe a posição de líder europeu de gestão de frotas com mais de 1.54 milhões de veículos sob gestão a nível global, em mais de 100 mil clientes. Em Portugal, para além da solidez associada a 26 anos de presença no nosso mercado, a empresa destaca-se pela qualidade, com o seu sistema de gestão certificado pela mais recente norma ISO 9001 de 2015, pela inovação, continuando empenhada em ser a referência no setor no que respeita a serviços e soluções líderes de mercado e ainda pela atuação ao nível de parcerias. Neste canal, somos claramente a empresa referência no mercado e contamos hoje com cerca de uma dezena de produtos “White Label” entre o canal bancário, marcas automóveis e também nos serviços automóveis. Sempre orientados para os mais de 2.500 clientes que gerimos, temos na proximidade um ponto-chave da nossa atuação.

A ALD Automotive lançou recentemente um serviço digital de apoio à decisão de condutores e gestores de frota de elegerem o tipo de veículo mais adequado para cada pessoa, o Energy Website. Fale-nos um pouco sobre esta plataforma.

O Energy Website é uma nova plataforma digital de apoio à decisão, para auxiliar condutores e gestores de frota na transição para uma motorização energética mais responsável.

Os repetidos picos de poluição e o seu impacto na saúde, centros urbanos com áreas de circulação restrita, o COP21 e as regulamentações internacionais sobre questões ambientais como o WLTP, fazem da transição energética uma questão-chave para um futuro mais responsável. Particulares e empresas estão hoje cientes de que novas energias representam uma economia de custos e garantem tranquilidade nos próximos passos que serão dados até 2020. No entanto, para se fazer a escolha certa e antecipar as novas legislações e padrões responsáveis é importante, acima de tudo, acompanhar e orientar os condutores na sua escolha energética.

Este novo serviço digital da ALD Automotive vem corresponder à importância de os serviços e produtos se direcionarem para as necessidades dos clientes e aos desafios da inovação tecnológica?

Sem dúvida! Questões como: com o meu perfil de condutor devo mudar para gasolina? Será um veículo elétrico ou híbrido uma boa opção para mim? É cada vez mais frequente a ALD Automotive receber este tipo de questões por parte dos seus clientes e condutores, e foi nesse sentido que quisemos trazer mais objetividade e clareza à decisão. Para promover energias alternativas precisamos de disponibilizar ferramentas dedicadas e comparativas aos nossos clientes e condutores. Hoje é essencial antecipar a transição energética e implementar frotas alinhadas com as necessidades reais – é importante que os condutores conheçam o motor e o veículo que melhor se adaptam à sua real utilização. Esta nova plataforma é uma forte ferramenta de comunicação direta com os clientes, facilitando a opção pela energia adequada a cada tipologia de condução.

Com as energias alternativas a ganharem cada vez maior expressão, que desafios se colocam aos operadores de Renting e Gestão de Frotas?

É verdade que se colocam alguns desafios, o primeiro é essencialmente na aceitação de novos serviços de mobilidade alternativa que nem sempre é fácil e imediata. Existe algum trabalho de evolução de mentalidades que tem que ser feito no nosso país. Por parte da ALD Automotive, o lançamento recente do Energy website mostra que estamos preparados, que temos um leque de novos serviços para oferecer e que estamos aptos a responder aos novos desafios de mobilidade. O segundo desafio é referente à exponencial evolução tecnológica no mercado automóvel na procura por tecnologias cada vez mais limpas, como por exemplo as novas normas WLTP. por último, pretendemos dar resposta aos desafios recentes da era digital em que vivemos, com o cliente a procurar cada vez mais informação online, que lhe permita ter conhecimento e que possibilite uma consulta ou decisão na hora, nomeadamente através do seu smartphone.

A ALD Automotive está a trabalhar no sentido de caminhar para uma frota com energias mistas e mais responsáveis. Este será agora o foco da ALD Automotive? O grupo pretende ser protagonista no novo paradigma da mobilidade?

A nível internacional e local, existe uma nova tendência cada vez mais forte por parte dos clientes e do mercado com questões frequentes sobre as novas motorizações e alternativas existentes. Queremos apoiar empresas e particulares nas suas escolhas, de forma a proporcionar as soluções mais relevantes, tanto económicas como ecológicas, demonstrando mais uma vez a nossa forte aposta na promoção da transição energética no mercado português.

LeasePlan: parceiro para a mudança do paradigma da mobilidade

A LeasePlan começou este mês a entrega de 170 veículos elétricos ao Fundo Ambiental do Governo português, destinados a mais de 50 entidades públicas, após concurso público para a contratação de veículos elétricos em regime de aluguer operacional. Em pleno Terminal de Cruzeiros de Lisboa, numa cerimónia presidida pelo Primeiro-Ministro, António Costa, e que contou ainda com a presença do Ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, a LeasePlan entregou as primeiras unidades 100% elétricas da “1ª Fase do Programa de Apoio à Mobilidade Elétrica na Administração Pública” – 55 Renault Zoe, sendo que os restantes veículos elétricos serão entregues faseadamente até ao final do mês de abril.

“Como parceiro estratégico fundamental na mudança do paradigma da mobilidade, a LeasePlan dá mais um passo rumo a um futuro de veículos mais sustentáveis. O panorama da mobilidade está em processo de disrupção e por essa razão é necessário um esforço conjunto cada vez maior por parte de todos os operadores”, afirma António Oliveira Martins, diretor-geral da LeasePlan. “Os governos têm uma palavra a dizer em relação à sustentabilidade futura da mobilidade e prova disso mesmo é esta transição de veículos de combustão para uma frota 100% elétrica“, conclui.

O Fundo Ambiental foi criado em 2017 e tem por finalidade apoiar políticas ambientais para a prossecução dos objetivos do desenvolvimento sustentável, contribuindo para o cumprimento dos objetivos e compromissos nacionais e internacionais, designadamente os relativos às alterações climáticas, aos recursos hídricos, aos resíduos e à conservação da natureza e biodiversidade.

Sobre a LeasePlan Portugal

A LeasePlan é líder nacional no mercado do renting e gestão de frotas, presente em Portugal desde 1993 com escritórios em Lisboa e no Porto. A LeasePlan Portugal tem no cliente e no condutor o centro da sua atividade e procura oferecer um serviço de renting de qualidade com redução contínua de custos na gestão da sua frota. Foi a primeira empresa de aluguer operacional em Portugal a obter a certificação de qualidade em 1998, tendo transitado para a norma ISO 9001:2015, em 2016, e que se encontra atualmente em vigor.

Para mais informações, consultar www.leaseplan.pt.

“Renting com tudo à grande”

A campanha “Renting com tudo à grande”, que decorre entre os dias 20 de novembro e 3 de dezembro, coloca ao alcance do mercado em geral a possibilidade de usufruir de um carro novo por apenas 179€/mês (IVA incluído). Este valor mensal inclui ainda todos os serviços associados à utilização do automóvel: manutenção, seguro, pneus ilimitados, veículo de substituição, seguro de recondicionamento, assistência 24 horas e imposto único de circulação (IUC).

O modelo em campanhAF Imprensa (SEAT IBIZA)a é o SEAT IBIZA 1.0 Reference, 75 cv, 5 portas, com equipamento completo de série e equipamento opcional que, para além da pintura metalizada, inclui ainda o Pacote Reference Plus, com ar condicionado, sensores de estacionamento traseiros, faróis de nevoeiro dianteiro com função cornering, vidros traseiros elétricos, pacote de condução – crise control + sistema de deteção de fadiga, sistema de som media car – volume multifunções + 6 altifalantes + ecrã tátil 5’’e jantes de liga leve 15’’ enjoy 20/1 com pneus 185/65 R15.

Para Pedro Pessoa, Diretor Comercial da LeasePlan em Portugal: “Fazermos mais uma  campanha vocacionada essencialmente para os Particulares, confirma o objetivo da LeasePlan de alargar o acesso ao renting, despertando-os para os benefícios desta modalidade. Para quem procura carro novo a custo fixo, o renting é claramente uma solução económica, cómoda e muito segura. Para além de garantir a previsibilidade de custos, liberta o cliente de todas as preocupações relacionadas com a utilização do automóvel. Todos os serviços estão incluídos na renda mensal proporcionando uma melhor experiência para o cliente”.

Todos os interessados em aderir a esta campanha exclusiva, poderão visitar o site http://www.tudoagrande.pt ou falar diretamente com um dos promotores que estarão nos Centros Comerciais Colombo (20 a 26 de novembro) e Vasco da Gama (27 de novembro a 3 de dezembro).

Sobre a LeasePlan Portugal

A LeasePlan é líder nacional no mercado do renting e gestão de frotas, presente em Portugal desde 1993 com escritórios em Lisboa e no Porto. A LeasePlan Portugal tem no cliente e no condutor o centro da sua atividade e procura oferecer um serviço de renting de qualidade com redução contínua de custos na gestão da sua frota. Foi a primeira empresa de aluguer operacional em Portugal a obter a certificação de qualidade em 1998, tendo transitado para a norma ISO 9001:2015, em 2016, e que se encontra atualmente em vigor.

Para mais informações, consultar www.leaseplan.pt.

Qualquer carro, a qualquer hora e em qualquer lugar

Para Tex Gunning, CEO do Grupo LeasePlan: “Estamos a viver tempos de enormes mudanças, onde as pessoas estão a deixar de ter carro próprio para passarem à utilização do conceito “Car-as-a-service”. Ao mesmo tempo, assistimos também a mudanças importantes na tecnologia dos próprios carros à medida que mudamos de veículos a motor de combustão interna para veículos híbridos, totalmente elétricos e autónomos. Neste mundo em rápida mudança, a LeasePlan pretende ser a empresa que conhece e representa What’s next. Estou, por isso, encantado por lançar com o Richard Hammond a campanha global What’s next, que confirma o nosso compromisso de oferecer aos nossos clientes o que de mais recente há em mobilidade automóvel de forma económica, sem complicações e sustentável. Em última análise, o nosso ambicioso objetivo é fornecer um serviço totalmente flexível ‘Any car, Anytime, Anywhere’. Para nós, este é o futuro da mobilidade”.

A campanha What’s next, que é lançada hoje nos 32 países onde a LeasePlan atua, foi desenvolvida nos últimos meses como parte integrante da nova estratégia da LeasePlan para desbloquear oportunidades de crescimento sustentável num setor de mobilidade dinâmico. A peça central da campanha é um filme de 3 minutos com Richard Hammond. Filmado no centro de Los Angeles, What’s Next: O filme destaca as mais recentes tecnologias e tendências de mobilidade, assim como o papel principal da LeasePlan para levar aos seus clientes What’s next. “A LeasePlan tem disponibilizado, há mais de 50 anos, o car-as-a-service aos seus clientes corporativos. Estamos, portanto, totalmente preparados para liderar a transição para ‘Any car, Anytime, Anywhere’”, conclui Tex Gunning.

Video still LeasePlan_What's next

Como parte da campanha, a LeasePlan lançou também um conjunto de novos produtos e serviços What’s next. Dirigido a clientes nos segmentos Corporate, PME e Particulares, estas novas propostas incluem a oferta ‘Trocar, Clicar & Guiar’, que permite às PME entregar à LeasaePlan os seus carros usados e trocarem por novos; bem como uma proposta de veículos elétricos completa para clientes Corporate sedeados na Europa. A proposta VE da empresa baseia-se no anúncio de que se tornou um dos membros fundadores da iniciativa EV100, uma parceria de grandes empresas que em conjunto se comprometem em fazer a transição para frotas totalmente elétricas. Nos próximos meses serão anunciados mais produtos e serviços What’s next.

Veja o filme What’s next com Richard Hammond aqui

SOBRE A LEASEPLAN PORTUGAL

A LeasePlan é líder nacional no mercado do renting e gestão de frotas, presente em Portugal desde 1993 com escritórios em Lisboa e no Porto. A LeasePlan Portugal tem no cliente e no condutor o centro da sua atividade e procura oferecer um serviço de renting de qualidade com redução contínua de custos na gestão da sua frota. Foi a primeira empresa de aluguer operacional em Portugal a obter a certificação de qualidade em 1998, tendo transitado para a norma ISO 9001:2015, em 2016, e que se encontra atualmente em vigor. Para mais informações, consultar www.leaseplan.pt. 

SOBRE A LEASEPLAN

A LeasePlan é uma das empresas líder de gestão de frotas e soluções de mobilidade, com cerca de 1,7 milhões de veículos sob gestão em mais de 30 países. O nosso core business envolve a gestão em todo o ciclo de vida do veículo para os nossos clientes desde a compra, seguro e manutenção até à revenda dos automóveis. Com mais de 50 anos de experiência, somos um parceiro de confiança para os nossos clientes privados, PME, empresas e serviços de mobilidade. A nossa missão é fornecer soluções inovadoras e sustentáveis de renting automóvel para quem precise, esteja onde estiver – para que se possa concentrar no What’s next. Saiba mais em www.leaseplan.com.

Financiamento especializado impulsiona economia nacional

O setor do financiamento especializado tem evoluído de forma consistente nos últimos anos e continua a acompanhar o desenvolvimento positivo da economia portuguesa em 2017.

Factoring cresce quase 15 por cento

De acordo com as estimativas da Associação Portuguesa de Leasing, Factoring e Renting (ALF), até ao final do primeiro semestre de 2017 o mercado português do Factoring registou um crescimento significativo, com cerca de 12,8 mil milhões de euros em faturas tomadas, ou seja, mais 14,7 por cento comparativamente com o período homólogo.

Sabe-se que o Factoring de Exportação, que tem crescido de forma ininterrupta nos últimos treze anos, tem dado um forte contributo para este desenvolvimento. É importante referir que no Factoring de Exportação a empresa de Factoring (fator) adquire créditos de fornecedores do seu país sobre adquirentes estrangeiros (os devedores), permitindo ainda às empresas exportadoras nacionais antecipar os recebimentos dos seus clientes estrangeiros.

Este crescimento não é surpreendente se considerarmos que as empresas portuguesas estão cada vez mais especializadas no que se refere à exportação e mais conscientes da importância de reduzir custos administrativos e de ter cobertura do risco comercial, sobretudo quando os compradores estão a milhares de quilómetros de distância e há uma maior insegurança quanto ao cumprimento do contrato.

Renting com evolução de 6 por cento

O Aluguer Operacional de Viaturas (Renting) tem sido também um dos protagonistas da evolução positiva do setor do financiamento especializado, sendo que, para o primeiro semestre deste ano, se estima uma evolução de 6,3 por cento, que equivale a uma produção de 277 milhões de euros. As 14.695 viaturas novas adquiridas pelas associadas da ALF representam um crescimento de 6,9 por cento relativamente ao ano passado.

Já o total das frotas automóveis geridas pelas empresas de Renting totalizou, no mesmo período, um número estimado superior a 102.662, demonstrando um crescimento de 8,8 por cento, o que corresponde a 1,5 mil milhões de euros (isto é 13,8 por cento superior ao ano anterior).

Estes valores confirmam que o Renting tem captado um universo de clientes que reconhece já as vantagens deste modelo de serviço, enquanto opção que transforma custos variáveis em fixos, permitindo uma melhor planificação financeira a médio e a longo prazo, sem ativos ineficientes. Apesar de tradicionalmente focado nas grandes empresas, ao longo dos últimos anos o setor tem vindo a adaptar-se às necessidades das pequenas e médias empresas, bem como de particulares, conseguindo demonstrar que um veículo pode ser mais rentável e cómodo em Renting, já que o cliente beneficia da escala das empresas do setor.

Leasing aumenta produção em 5 por cento

O Leasing tem vindo também a consolidar a sua importância ao longo de 2017. Destaca-se, sobretudo, a Locação Financeira Mobiliária – que financia todo o tipo de equipamentos e de viaturas – com um aumento estimado de 4,8 por cento nos valores de produção nos primeiros seis meses do ano, que correspondem a 890 milhões de euros (sendo que 597 milhões de euros reportam a viaturas e 292 milhões de euros a equipamentos). No total, incluindo a Locação Financeira Imobiliária, que alcançou um valor de 395 milhões de euros em produção, o Leasing foi responsável por injetar 1,28 mil milhões de euros em investimentos em Portugal no período analisado.

Estes dados demonstram a recuperação da confiança dos empresários na economia portuguesa, já que esta fórmula de financiamento é utilizada principalmente para a compra de ativos produtivos (móveis e imóveis). Trata-se, uma vez mais, de um sinal de que as empresas reconhecem a eficiência deste tipo de ferramentas de financiamento, permitindo canalizar os seus esforços para as suas áreas de criação de valor. As características intrínsecas do Leasing, nomeadamente ao nível da flexibilidade de contratos, em termos e prazos, prestações e formas de pagamento, têm permitido uma versatilidade que é deveras apreciada pelos agentes económicos. Para o segundo semestre de 2017 prevê-se que o financiamento especializado mantenha a linha de crescimento verificada, seguindo as previsões otimistas, embora cautelosas, para o corrente ano.

Para além dos bons resultados verificados, podemos afirmar ainda que existe potencial para crescer sobretudo entre as pequenas e médias empresas, que podem utilizar os serviços das nossas associadas como forma de complementar as opções de crédito tradicionais, contribuindo para o seu crescimento e flexibilidade económica.

KIA PORTUGAL E LEASEPLAN LANÇAM SERVIÇO KIA RENTING

 

Que vantagens oferece o renting?

A Kia Portugal lançou um novo serviço em parceria com a LeasePlan, que permitirá às empresas e aos clientes particulares alugar viaturas na rede de concessionários da marca, através da submarca KIA Renting. O KIA Renting é um serviço totalmente adaptado à imagem da KIA, distinguindo-se pela oferta a preços competitivos, processos administrativos simplificados e acompanhamento especializado, cuja gestão estará a cargo da LeasePlan. Com esta parceria, os concessionários nacionais da marca sul-coreana passam a celebrar contratos de renting através da nova submarca Kia Renting. A nova solução apresenta-se como um produto operacional indispensável para a estratégia de crescimento da Kia no segmento empresarial e para as ambições de crescimento da marca em Portugal. A LeasePlan é líder nacional do mercado de renting e gestão de frotas, ao passo que a Kia é uma das marcas automóveis que mais tem crescido em Portugal, e no mundo, nos últimos anos e a única no mercado a oferecer uma garantia de fábrica de sete anos, em toda a gama.

O crescimento do renting em Portugal tem uma razão simples: é o modelo mais bem adaptado às necessidades do mercado, quer ao nível empresarial quer familiar, respondendo com serviços específicos ao atual contexto de racionalização de despesas e de tempo. Quer todas as vantagens de ter um automóvel, sem as desvantagens de ter de o comprar? O renting assume-se como uma solução de mobilidade mais aliciante porque é, acima de tudo, um conceito a custo fixo. As vantagens, essas, são claras: o cliente tem acesso a assistência e manutenção automóvel eliminando as tarefas associadas à gestão dos veículos. Por outro lado, permite um melhor controlo e previsibilidade de custos, bem como uma maior liquidez devido à facilidade do custo da mobilidade que é feito num pagamento mensal sem entrada inicial, o que liberta recursos para outros investimentos. Se ainda não está convencido, a verdade é que o renting apresenta-se como uma solução “zero riscos”, uma vez que o cliente não terá de assumir nenhum risco relacionado com a propriedade do automóvel no que diz respeito às manutenções, os pneus, o seguro, o veículo de substituição e a venda do carro no final do contrato.

Como funciona o renting

Apesar de ser a modalidade de aquisição de automóvel em maior expansão no mercado nacional, o funcionamento básico do modelo de renting é ainda desconhecido para uma parte considerável dos portugueses. Através do renting, o cliente não se torna automaticamente no proprietário do automóvel. Em vez disso, usufrui do veículo durante um período contratualizado mediante o pagamento de uma renda mensal. No contrato encontra-se especificado o preço do quilómetro de acordo com o total percorrido previsível no final do mesmo.

Na entrega da viatura, de acordo com a diferença para esse total contratualizado, o cliente suporta um suplemento de custo ou, em caso de utilização inferior ao previsto, recebe um crédito. Durante o período de aluguer operacional, o cliente fica obrigado a zelar pela preservação da viatura como se fosse seu proprietário. Inclui-se aqui, por exemplo, a verificação do estado de preservação dos pneus, dos níveis de óleo e água, a realização de quaisquer manutenções preventivas ou corretivas, de acordo com as instruções do fabricante, ou a notificação à empresa proprietária, de qualquer incidente que afete o bom estado de conservação do automóvel. No final do contrato o cliente pode devolver o automóvel à empresa (que é, ainda, a sua proprietária), prolongar o 1221contrato de renting ou optar pela aquisição da viatura.

EMPRESAS