• next generation event
Inicio Tags Solidariedade

Tag: Solidariedade

Allianz promove angariação de bens para Moçambique

A organização terá um espaço próprio para a recolha de bens junto à estrutura principal da prova, que serão enviados para Moçambique na próxima semana, através do apoio dos Bombeiros e Força Aérea Portuguesa.

Teresa Brantuas, CEO da Allianz Portugal refere: “A Allianz Portugal tem um compromisso assumido com a responsabilidade social, pelo que não podíamos deixar passar em branco este infeliz acontecimento nem esquecer a ajuda de que a população moçambicana tanto precisa. Esta é uma iniciativa que faz todo o sentido para nós e, por isso, queremos incentivar todas as pessoas a ajudar com o que puderem, de forma a que Moçambique se possa reerguer e suprimir as suas necessidades primárias”.

Paralelamente, a Allianz Portugal tem a decorrer uma campanha interna para que todos os colaboradores possam ajudar o povo moçambicano com doações, através de pontos de recolha no Porto e em Lisboa.

A passagem do ciclone Idai em Moçambique, no Zimbabué e no Maláui afetou 2,9 milhões de pessoas e as Nações Unidas estimam que 1,8 milhões precisam de assistência humanitária urgente.

Recorde-se que o Allianz Figueira Pro decorre de 29 a 31 de maio, na Figueira da Foz, e é palco da segunda etapa da Liga MEO Surf 2019, a principal competição de Surf em Portugal.  

Sobre a Allianz

A Allianz Portugal integra o Grupo Allianz, um dos maiores grupos financeiros do mundo, presente em mais de 70 países e com cerca de 145.000 colaboradores. Mais de 60 milhões de clientes, a nível mundial, confiam no seu know-how e sentido de responsabilidade. A Allianz Portugal tem, também, como acionista e principal parceiro estratégico, o Banco BPI. Posiciona-se no mercado nacional de forma inovadora, apostando no desenvolvimento de produtos de acordo com as necessidades de segurança dos seus Clientes, na expansão da sua rede de distribuição e na melhoria da prestação de Serviço. Conta atualmente com cerca de 600 colaboradores e mais de 6.000 mediadores em todo o país. Desde Dezembro de 2004, a Allianz Portugal é uma seguradora com Certificação da Qualidade ISO 9001, que abrange a maior parte dos seus produtos e serviços.

Pequeno-almoço solidário desmistifica consignação de IRS

Com o objetivo de desmistificar as questões relacionadas com a consignação de 0,5% do IRS a uma instituição, a Associação Salvador promove “Pequenos Almoços IRS” nas empresas. Nesta ação simples, mas muito importante, voluntários e pessoas com deficiência apoiadas pela Associação Salvador oferecem um snack a todos os colaboradores e um cartão com os dados da associação.

Com esta ação solidária a Associação Salvador alerta que “cada um de nós poderá consignar 0,5% do seu IRS sem qualquer custo, demorando apenas 15 segundos e em média contribuindo com 14€, pelo que estas ações são fundamentais para conseguirmos ajudar mais pessoas. Conseguimos sensibilizar muitos colaboradores e consequentemente o número de pessoas com deficiência apoiadas”.

Recorde-se que a consignação de 0,5% do IRS não implica qualquer encargo para o contribuinte.

Com o apoio da Associação Salvador, a vida de milhares de pessoas com deficiência motora não para. Por mais voltas que a vida dê, encontram novos caminhos através da acessibilidade, do desporto, da empregabilidade e de diversos outros apoios.

“Ser dador de IRS não dói nada” chama portugueses a combater Leucemia

“Doar 0,5% do IRS é efetivamente simples e não são retirados quaisquer benefícios ao contribuinte ao escolher uma associação para ajudar. Todos podem contribuir para permitir que cada vez mais doentes com leucemia recebam apoio numa fase tão difícil da sua vida”, explica Manuel Abecasis, médico hematologista e presidente da APCL.

“Os fundos angariados vão permitir que a APCL continue a organizar atividades de apoio aos doentes, como workshops, apoio com bolsas de investigação para aumentar o conhecimento científico destas doenças e apoio financeiro aos doentes e famílias com menos recursos”, acrescenta o presidente.

Para ajudar a APCL com 0,5% do IRS, o contribuinte apenas tem de escolher a opção “consignar o seu IRS” e indicar o Número de Identificação Fiscal (NIF) da associação: 505 945 401.

Para consignar o seu IRS à APCL bastará apenas aceder ao Portal das Finanças e escolher a opção “Comunicação do agregado familiar/Entidade a consignar”, indicando o NIF 505 945 401. A consignação é feita com base no montante que teria de pagar ao Estado, sendo que, desta forma, o seu reembolso será o mesmo. No caso de optar por consignar também o IVA, este montante irá ser retirado do valor que seria creditado no seu saldo de IRS.

Sobre a APCL

A Associação Portuguesa Contra a Leucemia (APCL) foi fundada em janeiro de 2002 em resultado da iniciativa de um conjunto de doentes que sobreviveram a patologias do foro Hemato-Oncológico (Leucemias e Linfomas) e de um grupo de médicos do Instituto Português de Oncologia Francisco Gentil (IPOFG) de Lisboa que os trataram.

A principal motivação dos Fundadores da APCL radicou na sua compreensão da importância de consciencializar e mobilizar a sociedade civil no apoio a todos os que diariamente lutam contra a devastadora doença que é a Leucemia.

A APCL tem como missão contribuir, a nível nacional, para aumentar a eficácia do tratamento das Leucemias e outras neoplasias hematológicas afins, investindo para isso em investigação científica com um programa de atribuição de Bolsas e investindo na Formação para profissionais de saúde.

A APCL assume ainda como sua missão o aumento da literacia do doente, promovendo e organizando workshops sobre patologias do sangue e temas relacionados, com envolvimento de profissionais de saúde.

A promoção de encontros entre pares para partilha de experiências e informações, bem como o apoio financeiro a doentes com Leucemia e às suas famílias, são outras valências que doentes e cuidadores encontram da APCL.

A APCL iniciou um processo de construção de uma casa de acolhimento para doentes hemato-oncológicos e seus familiares com

carências financeiras que se encontrem deslocados da sua área de residência e se encontrem em tratamentos específicos ou transplante em Lisboa.

Em dia de Reis, Zomato adoça a mesa dos mais carenciados

Para assinalar a data de Dia de Reis, as equipas da Zomato do Porto e Lisboa vão entregar, nos dias 7 e 8 de janeiro, mais de 70 bolos-rei a comunidades carenciadas de vários espectros: Sem-abrigos, mães, bebés e jovens em risco e imigrantes.

A ação solidária conta, até à data, com 9 pastelarias envolvidas e irá ajudar 5 Instituições de Cariz Social: Ajuda de Mãe, Comunidade Vida e Paz e CEPAC, em Lisboa, Coração da Cidade e o Lar Luísa Canavarro, no Porto.

Serão os membros da equipa Zomato, tanto em Lisboa como no Porto, que farão a recolha dos bolos-rei pessoalmente em várias pastelarias de ambas as cidades para, depois, entregaram em mão a várias instituições e associações solidárias.

Esta Ação conta com a imprescindível ajuda da Confeitaria Nacional, Pastelaria Batalha, Pastelaria Marianita, Rice Me, Choupana Caffé, Sam Croissants, Confeitaria da Moura, Tavi e Doce Alto, para adoçar os primeiros dias do ano a quem mais precisa.

A missão da Zomato é garantir que ninguém tem uma má refeição. Assim, esta ação dá a oportunidade aos estabelecimentos de restauração de contribuir para a felicidade e para uma refeição com mais amor destas pessoas que não têm a possibilidade de aceder a uma refeição familiar festiva, mantendo viva a tradição da pastelaria característica desta época.

Zomato,

Porque Partilhar é a melhor forma de Celebrar

Sobre a Zomato

A Zomato é uma app de descoberta de restaurantes, que disponibiliza informação sobre mais de um milhão de restaurantes em 23 países.

O conteúdo detalhado e atualizado da Zomato inclui os menus dos restaurantes, fotos tiradas pelas equipas que percorrem as ruas nas várias cidades onde está presente, coordenadas e outras informações; os utilizadores podem avaliar e dar opinião sobre os restaurantes, bem como criar a sua própria rede de foodies com recomendações personalizadas.

Em Portugal, a plataforma conta com 1,9 milhões de visitas por mês, sendo a plataforma descoberta de restaurantes mais completa para quem procura opções para comer fora, entregas ao domicílio, serviço de take-away ou sair à noite. A plataforma está disponível nas versões web (www.zomato.com) e mobile (iOS, Android e Windows Phone).

Após o furacão Leslie, instituições da Região Centro lançam projeto “Caras Solidárias”

A apresentação oficial da plataforma de operações “CARAS SOLIDÁRIAS” irá decorrer no dia 21 de dezembro pelas 16h00, numa sessão aberta ao público, na Sede do Grupo Caras Direitas em Buarcos.

A plataforma de operações “CARAS SOLIDÁRIAS” terá lugar no Grupo “CARAS DIREITAS “em Buarcos, Figueira da Foz e irá entrar em funcionamento a partir do dia 21 de dezembro, às terças e sextas-feiras, entre as 16h e as 19h.

No período de funcionamento definido, estará presente um técnico comercial com o intuito de prestar um serviço de avaliação das coberturas danificadas com vista à solução técnica mais adequada. Saliente-se que os munícipes figueirenses terão condições especiais aquando da aquisição dos materiais necessários à reconstrução das coberturas.

Apelamos assim, a todos os proprietários de edifícios pertencentes ao concelho da Figueira da Foz, cujas coberturas foram afetadas pelo Furacão Leslie a apresentarem-nos as suas necessidades. Prometemos fazer o nosso melhor para suprir estas faltas.

O Furacão Leslie trouxe consigo avultados prejuízos para diversos concelhos. Na Figueira da Foz estimam-se prejuízos superiores a 32 milhões de euros. À semelhança de outros Edifícios Públicos e Privados, também o Pavilhão do Grupo “CARAS DIREITAS” sofreu severos estragos na sua cobertura. Sendo visíveis os estragos no pavimento, eletrificação e mobiliário, dada a ainda não renovação da cobertura do pavilhão.

Ainda assim, apesar dos danos que o Grupo “CARAS DIREITAS” sofreu, considerou abrir a sua “CASA” para realizar uma campanha solidária para ajudar as famílias figueirenses cujas habitações têm as suas coberturas danificadas pelo Furacão Leslie.
Não sendo indiferente a esta realidade, a UMBELINO MONTEIRO predispôs-se a oferecer parte do material necessário à renovação da cobertura do Pavilhão do Grupo CARAS DIREITAS, o qual ainda contém na sua cobertura placas Lusalite (fibrocimento com amianto, substância cancerígena).

A UMBELINO MONTEIRO irá oferecer cerca de 150 m2 de fibrocimento. Ressalve-se que o fibrocimento comercializado pela UMBELINO MONTEIRO não contém amianto ou qualquer outro contaminante. O fibrocimento UMBELINO MONTEIRO é composto por cimento, que lhe garante resistência à compressão, celulose, fibra sintética e sílica amorfa, que lhe confere estabilidade dimensional.

Ajude-nos na divulgação do projeto “CARAS SOLIDÁRIAS”. Você pode não precisar mas certamente conhece alguém que irá precisar de apoio com a recuperação da cobertura da sua casa.

Saiba mais sobre nós, em www.facebook.com/Grupo-Caras-Direitas www.umbelino.pt www.armazenscalhabe.com

Porquê “CARAS SOLIDÁRIAS”?

“CARAS”
1. Ligação com o nome da Instituição que lidera o projeto “Caras Solidárias” e à qual a UMBELINO MONTEIRO e os Armazéns do Calhabé se aliaram.
2. Representam as diferentes caras que estão por detrás desta ação mas também as caras a que pretendemos chegar. Infelizmente, foram demasiadas as “caras” que presenciaram e sofreram com a calamidade Leslie. Desta forma, é nosso intuito oferecer a estas pessoas aconselhamento técnico, apoio em obra e oferecer soluções, com condições especiais, para a recuperação das coberturas das suas casas.

“SOLIDÁRIAS”
1. Solidariedade – Valor intrínseco à missão das três instituições envolvidas no Projeto. De facto, tanto o Grupo CARAS DIREITAS, como a UMBELINO MONTEIRO e os ARMAZÉNS DO CALHBÉ desempenham um papel bastante ativo com as comunidades envolventes nos mais diversos setores: educação, saúde, desporto, construção, entre outros. Fazendo, portanto, todo o sentido esta parceria.

Sobre nós:

1. GRUPO CARAS DIREITAS
O Grupo CARAS DIREITAS, Instituição de Instrução, Recreio e Beneficência da Figueira da Foz foi fundado em 1901 e desde então tem se dedicado a tornar realidade os sonhos de todos aqueles que integram e interagem com esta instituição. São 111 anos sob o lema “ O Sonho comanda a Vida”.

2. UMBELINO MONTEIRO, S.A. ( www.umbelino.pt)
Fundada em 1959, a UMBELINO MONTEIRO é uma empresa Portuguesa localizada no distrito de Leiria, no centro de Portugal, que pertence ao grupo belga, ETEX, um dos mais importantes grupos industriais do setor da construção.
A UMBELINO MONTEIRO produz telhas e acessórios de cerâmica para telhados. As telhas são produzidas em uma ampla variedade de cores naturais, mediterrânicos e vidrados. Sendo um dos mais importantes players no mercado de coberturas Português e líder na conservação do património cultural e remodelação são visíveis os seus produtos e sistemas construtivos aplicados em edifícios notórios, como o Mosteiro dos Jerónimos em Lisboa ou Palácio da Pena em Sintra.
Desde 2010, a UMBELINO MONTEIRO comercializa igualmente placas de fibrocimento (isentas de amianto ou de qualquer outro contaminante) constituindo atualmente uma percentagem significativa das vendas.
A Qualidade e Sistema de Gestão Ambiental da empresa estão certificadas em conformidade com a norma ISO 9001 e 14001. Mais recentemente, a UMBELINO MONTEIRO alcançou também a certificação do Sistema de Gestão de Segurança e Saúde através do cumprimento da norma OHSAS 18001. A qualidade telhas está confirmada pelo cumprimento das normas EN 1304 certificado pela CERTIF.
Acreditamos que a nossa forte experiência técnica e portfólio são a chave para garantir COBERTURAS PARA A VIDA.

3. ARMAZÉNS DO CALHABÉ ( www.armazenscalhabe.com)
Sedeada em Coimbra, Armazéns do Calhabé é uma marca da Frias & Teles Gonçalves, Lda, empresa com mais de 50 anos no negócio de materiais de construção. A experiência acumulada de gerações faz de nós o seu parceiro de negócio certo para tudo o que é materiais de construção.

APCL apela à solidariedade dos portugueses em nova edição da iniciativa “Solidários até à Medula”

A iniciativa “Solidários até à Medula” vai voltar à televisão dos portugueses já no dia 30 de novembro, com programação dedicada ao tema das doenças malignas do sangue.

A Associação Portuguesa Contra a Leucemia (APCL) convida todos os portugueses a conhecer estas doenças, acompanhando os programas “A Praça” e “Agora Nós”, da RTP 1, onde poderão conhecer testemunhos de doentes, médicos e outros profissionais de saúde que convivem de perto com esta realidade.

“Neste dia todos estão convidados a ser ‘Solidários até à Medula’ e contribuir para que possamos continuar o nosso trabalho”, explica Carlos Horta e Costa, vice-presidente da APCL. “Para ajudar basta ligar para o número 760 20 70 80. Cada chamada é um contributo para a construção da Casa Porto Seguro e uma grande ajuda para esta nossa causa”, conclui o responsável, sobrevivente de leucemia.

A Casa Porto Seguro é um projeto desenvolvido pela APCL com o objetivo de acolher doentes hemato-oncológicos com carências económicas, e respetivos familiares, que estejam deslocados das suas áreas de residência durante o período de tratamentos.

Burger King doa hambúrgueres a cão com doença terminal

cadeia de fast food Burger King quis proporcionar um bom resto de vida a um cão com uma doença terminal, até que este eventualmente morra, dessa forma declarou que lhe vai dar cheeseburgers gratuitos para sempre.

Sendo que o sempre de Cody, um arraçado de boxer-labrador está entre o um e três meses, pois foi esse o tempo que lhe deram de vida depois de ter sido descoberto que tinha uma forma de cancro nos ossos.

“O veterinário disse-nos para o levarmos para casa até que as coisas piorassem. Então decidimos que queríamos fazer do resto da vida dele o melhor possível”, explicou o dono Alec Karcher, de 22 anos ao jornal Metro, revelando que nos últimos dois meses têm dado ao animal cheeseburgers diários seja em casa ou em algum restaurante de fast food.

“É uma maneira de lhe demonstrarmos amor e apreciação por ter sido um cão tão bom ao longo dos anos e ajuda-o a tomar os medicamentos todas as noites”, disse.

Quando se dirigiram ao Burguer King, em Ohio, nos Estados Unidos, no domingo passado, para irem buscar a dose diária de Cody, a empregada brincou com o facto de pedirem um hamburger simples, acabaram por contar a história triste do seu amigo de quatro patas.

Segundo Alec, a mulher foi ao interior do balcão, falou com o gerente do restaurante e uns minutos depois voltou a informar que os cheeseburgers de Cody seriam grátis naquele restaurante até que ele morresse.

O dono partilhou a história no Twitter e a cadeia de fast food respondeu agradecendo a Alec por os deixar fazer algo por Cody.

Nos Estados Unidos uma mulher angariou cerca de 42 mil euros para ajudar sem-abrigo que a tinha ajudado

Kate McClure começou a campanha Gofundme.com no início deste mês, depois de ter ficado sem gasolina numa estrada e um sem-abrigo chamado Johnny Bobbitt Jr. se ter oferecido para caminhar alguns quarteirões para ir comprar combustível com os seus últimos 20 dólares.

Kate McClure disse que, na altura, não tinha dinheiro para lhe pagar, mas voltou depois à estrada várias vezes para dar-lhe dinheiro, roupa e comida.

Depois de algumas visitas, começou uma recolha de fundos, tentando vir a usar o dinheiro para alojamento e outras despesas do homem de 34 anos.

Cerca de 1.700 pessoas fizeram doações para a campanha.

Cristiano Ronaldo mesmo fora do país não se esquece dos portugueses

internacional português Cristiano Ronaldo ofereceu os tratamentos aos 370 feridos pelos incêndios que deflagraram em Portugal no último domingo, o dia do ano com mais incêndios.

A informação foi avançada por uma publicação de uma página de fãs do jogador, esta quinta-feira.

“Cristiano Ronaldo pagou o atendimento médico das 370 pessoas feridas no incêndio em Portugal”, lê-se na publicação.

Posteriormente, Katia Aveiro confirmou o ato solidário do irmão, ao fazer uma partilha dessa mesma publicação. “E é isto. Boa noite”, escreveu a artista, de 40 anos.

 

Doze horas de música em França para ajudar vítimas de fogos em Portugal

espetáculo ‘Solidarité Portugal’, que vai acontecer na sala Le Rex Cabaret, vai começar às 16:00 locais de sábado (menos uma em Lisboa) e vai durar até às 04:00 de domingo, juntando mais de 20 artistas franceses e portugueses, de acordo com o organizador, o artista David Dany.

Advertisement“Coloquei um anúncio no Facebook a dizer que ia organizar o evento e tive muitos artistas portugueses e franceses a ligarem. Tive tantos artistas, que decidimos fazer um espetáculo de 12 horas e cada artista tem meia hora para atuar”, explicou David Dany, que organizou o evento com a produtora Cath Phil Productions.

As receitas vão reverter para as vítimas dos incêndios de Pedrógão Grande, em junho – em que morreram 64 pessoas e uma mulher foi atropelada quando fugia – porque o concerto estava a ser organizado antes dos fogos de domingo.

Com os últimos incêndios, que fizeram mais 43 vítimas mortais e cerca de 70 feridos, a iniciativa ganhou “ainda mais sentido”, acrescentou David Dany, que vai tentar organizar novo concerto para angariar mais fundos para os que foram afetados pelos novos fogos.

“O concerto foi preparado especialmente para Pedrógão, mas vamos ver se podemos fazer outro evento. Vamos ter palavras para todos os portugueses que estão em sofrimento e vamos motivar outras pessoas a fazer mais eventos. É muito importante a gente dar um apoio ao nosso país”, concluiu o artista, de 55 anos, que vive em França há 46.

O concerto vai juntar cantores “de todos os estilos, desde rock, pop, hip hop, fado, música folclórica, ‘chanson française'” e vai contar com os artistas David Dany, Claude Cedric, Alain Alban, Karine Ayello, Valérie Oriana, Margot Lou, Juline, Dj YS Francois, Rodolphe Revel, Bruno Santos, Hugo Markes, Sónia Flávia, Eufrásia, Alves Fonseca, Os Latinos, Dany Joe, Ameja, Elio Voulzy, Marcel Azna, Groove Academy, Belly Ophelie, Annie Jeannin e Corentin.

EMPRESAS