Prémios Sophia: “A Herdade” e “Variações” destacam-se no cinema português

A 8ª gala dos Prémios de Sophia decorreu esta quinta-feira, 17 de setembro, promovida pela Academia Portuguesa de Cinema.

217

“A Herdade” e “Variações” saíram do Casino Estoril empatados com o mesmo número de estatuetas em mais uma gala dos Prémios Sophia, dedicados ao cinema português.
Em fevereiro, após saírem as nomeações, percebeu-se que ambos os filmes seriam os favoritos, estando a concorrer para 14 e 15 categorias, de um total de 23. Cada um acabou por ganhar sete prémios.

O projeto de Tiago Guedes, “A Herdade”, conseguiu as distinções mais importantes da noite, arrecadando o prémio de Melhor Filme, Melhor Atriz e Melhor Realizador.
Já “Variações”, ganhou o prémio de Melhor Ator, com Sérgio Praia, e o de Melhor Ator Secundário, que foi entregue a título póstumo a Filipe Duarte, ator que morreu em abril deste ano.

A cerimónia foi apresentada por Ana Bola e Joana Pais de Brito no São Preto e Prata, que acolheu ainda os 50 anos de Centro Português de Cinema. Contou ainda com atuações de Sérgio Godinho, Manuel Freire e Paulo de Carvalho com Agir.