“Considero-me, principalmente, uma mulher feliz”

No contexto do Projeto In Women’s World, lançámos algumas questões a um grupo de Empreendedoras que integram esta Comunidade, que se lançou na cidade do Barreiro, como Embaixadoras e Membros ativas.

133

Maria de Aires Pimenta, Agente de Viagens e Turismo

Como se descreve enquanto Mulher Empreendedora, qual o seu propósito e razão de ligação à IWW?
Pelo que tenho vivido, pelas oportunidades e experiências acumuladas ao longo da vida, considero-me, principalmente, uma mulher feliz. Com 51 anos, casada e com um filho sinto que já cumpri parte da minha missão e, atualmente, a cumprir novos sonhos e parcerias, também sempre muito ligada a causas sociais.
Nasci em Évora e com três anos vim para o Barreiro, cidade onde cresci e abri o meu negócio de viagens. Uma verdadeira paixão que descobri aos 12 anos quando fui a Vilamoura pela primeira vez e, de tão fascinada que fiquei, decidi que seria a área de estudos a seguir para poder ser feliz. Licenciei-me em Turismo e logo comecei a trabalhar em agências de viagens. Em novembro 2011 fui surpreendida por questões de má gestão na agência onde trabalhava, pelo que decidi desvincular-me de imediato. Como não sei estar parada e já tinha alguma experiência e contactos na área, aproveitamento da boa relação com alguns clientes e parceiros que gostavam do meu trabalho, crio o meu próprio negócio a 5 dezembro, a Maripoza Viagens, a partir de casa. Passado um ano dou o salto indo abrir um escritório na Avª da Liberdade, em Lisboa. Tudo muito certo, mas até que o apelo pela minha cidade foi crescendo, enquanto também queria estar mais perto da família, regresso ao Barreiro onde mantenho a operação, com a mesma dinâmica, no Business Center da Baía do Tejo. Gosto de acreditar que a Maripoza Viagens é diferenciadora na oferta, com um serviço totalmente personalizado, onde a regra é programar viagens de sonho, à medida de cada um. Superamos expetativas promovendo a felicidade. O segredo… acredito que na minha paixão pelo turismo e fazer pessoas felizes. As sinergias e relações de confiança que construo com os meus parceiros, em vários setores, dão-me a credibilidade de fazer acontecer. A vertente Social, é outra constante na minha vida, que me apaixona desde sempre, estando ligada a vários projetos. Fui fundadora da Associação AMAR A VIDA e faço parte da Direção dos Bombeiros Voluntários Sul e Sueste, faço voluntariado local e mais, recentemente, aceitei o desafio de ser uma Embaixadora In Women’s World. Lisonjeada com o convite, ambiciono ajudar outras mulheres a darem o salto, encontrarem o seu propósito e lutarem pelos seus objetivos, tal como eu o faço diariamente.