“O CENFIM preocupa-se genuinamente com as Pessoas”

CENFIM | Carlos Silva, Diretor do Núcleo da Marinha Grande desde 2011

213

As instalações do Núcleo da Marinha Grande estão perfeitamente adaptadas ao contexto industrial, uma vez que pretendem simular uma empresa o mais verdadeiramente possível. Em que medida, a qualidade deste espaço, permite a quem o procura encontrar uma formação especializada e focada no conhecimento e nas competências técnicas e sociais?
A rápida evolução técnica e tecnológica, com as empresas industriais na dianteira desse desenvolvimento, indica-nos que o futuro já não dependerá tanto deste ou daquele equipamento/máquina, mas sim do que com elas se conseguir fazer. Na utilização de máquinas híbridas que envolvam várias tecnologias de produção, na capacidade de integrar essas mesmas tecnologias em processos e ciclos produtivos mais complexos, mais curtos, e de maior rigor dimensional. Na integração da inteligência artificial, no desenvolvimento dos softwares de conceção e gestão de processos e de produção integrada e em rede, na fabricação aditiva e impressão 3D em escala e de alta resolução, juntando novos e diversificados materiais.
Para isso foi implementado um inovador conceito pedagógico de formação técnica – Oficina Individual de Formação – na área oficinal de Maquinação e Programação CNC, o que levou a uma total alteração do Layout oficinal, tornando-o mais adequado, flexível e apelativo para o processo de aprendizagem. Criou-se a área laboratorial de impressão 3D (polímeros e fusão a laser de pó metálico), fazendo desta tecnologia a articulação em complementaridade com a área do desenho, do projeto e da modelação, e consequentemente com a produção, nomeadamente, a Eletroerosão; podendo-se antecipar a visualização de peças/objetos que se querem fabricar/construir. Pretende-se despertar nos Formandos a curiosidade, a criatividade, a autonomia, a capacidade de realizar, desenvolver o espírito crítico construtivo e reflexivo.
Mas também na oportunidade de acompanhar o fenómeno da transformação digital, seja nos contextos industriais, com o apetrechamento tecnológico para nos aproximar da Indústria 4.0, seja na educação digital em larga escala, na expectativa que a mesma possa ser acompanhada com novas estratégias pedagógicas: mais modernas, mais compreensíveis, mais comunicacionais, mais atrativas para os indivíduos. As fortes mudanças no meio envolvente das empresas numa sociedade digital e onde a comunicação é instantânea, implicam, cada vez mais, estruturas organizacionais flexíveis. Assim são também os espaços oficinais, laboratoriais e de inovação de um Núcleo de formação do CENFIM. Onde se proporciona um ambiente aberto e criativo, com Formandos empenhados e comprometidos, responsáveis e autónomos, mas, simultaneamente, que trabalhem em equipa e para a equipa, empreendedores e com sentido crítico, onde o desenvolvimento de competências técnicas (umas especializadas e outras transversais) são condição necessária, mas não suficiente. O CENFIM não Forma e Qualifica apenas Indivíduos, o CENFIM preocupa-se genuinamente com as Pessoas. Ajudando-as a crescer, a terem “sonhos” e objetivos, a fortalecer as suas Soft Skills.