“A Transformação Digital é, nos dias atuais, a palavra-chave para o crescimento”

Estela Justino, Founder e CEO da Star Accounting Portugal, não tem qualquer dúvida, assegurando que “a transformação digital na contabilidade não é um luxo, mas sim uma necessidade de todo o contabilista que deseja manter-se competitivo no mercado”. Saiba mais sobre a realidade da Contabilidade em Portugal pela “voz” de uma verdadeira especialista.

636

A Star Accounting Portugal é uma empresa que se dedica à Contabilidade, Consultoria Fiscal e de Gestão. Como nos pode descrever a atuação da marca no seu dia a dia?
Star Accounting Portugal é uma empresa que se dedica à Contabilidade e Consultoria Fiscal e de Gestão, que permite em regime de outsourcing oferecer aos seus clientes um leque de serviços, habitualmente reservados a empresas de grande dimensão.
O nosso propósito é transformar o mundo dos negócios através do aconselhamento de gestão.
Criámos uma estrutura que assenta no atendimento personalizado. Contamos com uma equipa altamente qualificada, o que nos permite estar disponíveis para colaborar com cada cliente, a fim de desenvolver uma compreensão dos seus objetivos de negócio e alinhar as suas necessidades com os recursos necessários.
Comodidade, rapidez e eficiência são os principais objetivos na comunicação direta entre a Star Accounting Portugal e os nossos clientes.

Certo é, a Star Accounting Portugal afirma que a sua missão é transformar o mundo dos negócios através do aconselhamento de gestão. Para melhor entender, o que quer isto afirmar? De que forma o concretiza, na prática?
O nosso propósito é transformar o mundo dos negócios através do aconselhamento de gestão.
Pretendemos a criação de valor para os nossos clientes, através da realização dos objetivos financeiros; atendendo às necessidades dos mesmos, procuramos a obtenção de soluções, sempre com o acompanhamento necessário ao crescimento e consolidação dos seus negócios.
A assessoria técnica com vantagens competitivas eleva a nossa prestação de serviços ao patamar da qualidade e competência.

No seu dia a dia, a Star Accounting Portugal faz do seu trabalho um compromisso de valor, capaz de acompanhar todas as tendências do mercado. Num momento em que cada vez mais se vive a Transformação Digital, quais considera que são os maiores impactos desta abordagem no setor da contabilidade?
A transformação digital no setor da contabilidade já é uma realidade em muitos escritórios, estes que viram na tecnologia a melhor forma de otimizar processos e acelerar resultados. Muitas tarefas que eram repetitivas e burocráticas, e que consumiam uma boa parte do tempo diário, hoje são feitas com muito maior rapidez.
Isso permitiu uma mudança de postura dos profissionais de contabilidade junto dos seus clientes estando mais disponíveis para avaliar informações e dados, a fim de identificar problemas e propor mudanças nos processos, dado que agora possuem mais tempo para se aproximar da rotina do cliente. Mais do que nunca, é possível ser um contabilista focado em gerar resultados estratégicos.
A transformação digital na contabilidade não é um luxo, mas sim uma necessidade de todo o contabilista que deseja manter-se competitivo no mercado.

Em que medida considera que a Digitalização deste setor, impulsiona os negócios e as empresas? Quão preparada a Star Accounting Portugal está para esta realidade?
A transformação digital é, nos dias atuais, a palavra-chave para o crescimento e uma das respostas para as mudanças de mercado que afetam todas as empresas.
Transformar o negócio, os processos, a abordagem ou as relações está a tornar-se imprescindível para o sucesso das empresas. E são os seus líderes que carregam a enorme responsabilidade pela transformação digital do seu negócio.
A digitalização nos negócios impulsiona a inovação, uma vez que modifica continuamente o comportamento dos clientes, mas também coloca as empresas em contacto permanente com as ações dos seus concorrentes, estimulando-o a encontrar saídas inovadoras para se diferenciar e destacar-se no mercado. Somente a inovação contínua permite que o empreendedor esteja mais atento às novas tendências e às novas oportunidades.
Os temas relacionados com a sustentabilidade sempre estiveram presentes na nossa estratégia empresarial.
A missão e os valores que norteiam a Star Accounting Portugal têm como suporte a digitalização nos processos. O aumento da eficiência, a desburocratização e a facilidade para realizar as rotinas pertinentes abriram espaço para uma maior proximidade dos nossos clientes. Contudo, a digitalização precisa de ser acompanhada diariamente para que seja continuamente adaptada às necessidades do setor.
Atualmente ter processos e pontos de presença digital, internos e externos, garante que a empresa possa atuar em várias frentes e aproveitar as oportunidades de negócios oferecidas pelo mundo tradicional e virtual.

Diretamente ligado e alinhado com este tema e com a inovação está, também, o Ano Europeu das Competências que, além de prezar a transição digital, promove a aprendizagem ao longo da vida e o desenvolvimento das competências no mercado de trabalho. Que impacto económico e social terá este ano, 2023, no mercado?
2023 foi proclamado pela União Europeia como sendo o Ano Europeu das Competências.
As transições ecológica e digital criam oportunidades para as pessoas e para a economia da União Europeia. Dispor das competências necessárias permite aos cidadãos enfrentar com êxito as mudanças do mercado de trabalho e participar plenamente na sociedade e na democracia, contribuindo, assim, para a recuperação económica, bem como para as transições ecológica e digital, que serão socialmente justas e equitativas. Uma mão de obra que dispõe das competências de que há procura no mercado, contribui igualmente para o crescimento sustentável, conduz a mais inovação e melhora a competitividade das empresas.
São as empresas que melhor sabem de que colaboradores qualificados precisam hoje e vão precisar no futuro. São as empresas que executam as maiores transições ecológica e digital e, com isso, são o efetivo motor da recuperação económica. Na esfera da formação profissional, cabem às empresas as ações mais quotidianas e próximas do colaborador na resposta à escassez do talento, de forma a capacitar as pessoas para aprender, reaprender e incorporar a aprendizagem ao longo da vida na organização, e também de modo a prever o futuro e antecipar estratégias de desenvolvimento de competências que permitam garantir sempre o alinhamento entre a evolução do negócio e a evolução profissional dos trabalhadores.
É fundamental o alinhamento entre as necessidades que as empresas precisam hoje e num futuro próximo e os percursos de educação e formação profissional.

Fazendo uma análise ao ensino em Portugal, considera que a formação da classe está, também ela, alinhada com aquilo que o Ano Europeu das Competências defende, seja em termos sociais, económicos ou ambientais? Nesta perspetiva, o futuro do setor acompanhará as necessidades prementes do mercado?
Diversas têm sido as alterações ocorridas no setor da contabilidade, decorrentes da evolução dos mercados e da tecnologia.
É inequívoco que a profissão de contabilista tem sofrido significativas alterações quer ao nível das funções que são da sua competência quer ao nível da forma como essas mesmas são executadas. Em resposta a essas alterações, os contabilistas devem ajustar o seu perfil por via do desenvolvimento de novas competências sem cariz técnico. Torna-se, assim, fundamental que os contabilistas que já integram o mercado, invistam em formação contínua por forma a se ajustar às novas exigências da profissão, e que os estudantes que frequentam os cursos de contabilidade procurem desenvolver as competências necessárias antes do primeiro contacto com o mercado de trabalho.
As instituições de ensino superior desempenham um papel determinante na construção deste perfil e na relevância atribuída às competências adquiridas pelos futuros profissionais.
O perfil do contabilista que corresponda às verdadeiras necessidades de uma era tecnológica só poderá ser construído com as diversas sinergias que possam ser criadas por parte das entidades reguladoras, das ordens profissionais das instituições de ensino superior no mesmo objetivo comum, um contabilista do futuro.

Num mundo em constante mudança, e face aos temas anteriormente mencionados, de que forma a Star Accounting Portugal continuará a ser o parceiro de excelência no seu setor?
O nosso foco vai continuar centrado no nosso propósito, o atendimento personalizado junto dos nossos clientes e o contínuo enfoque na sustentabilidade.
Os temas relacionados com a sustentabilidade sempre estiveram presentes na nossa estratégia empresarial, ao longo das cadeias de valor e no relacionamento com clientes, fornecedores e parceiros de negócio, e neste ano continuarão a ter a nossa máxima atenção.
Pretendemos, igualmente, inspirar os colaboradores e preparar a empresa para crises e desafios, para que conheça e acompanhe as suas oportunidades e riscos e assim tenha a capacidade de definir a melhor estratégia.
Ambicionamos ser o parceiro de excelência e ser reconhecidos pelos nossos Clientes pela qualidade do serviço prestado como empresa modelo no segmento.