13 anos de Galbilec

“Mais do que soluções de conceção, construção e manutenção, o nosso objetivo é criar projetos transformadores que inspirem, conectem e elevem as comunidades”, quem o afirma é José Figueiras, Diretor Executivo da Galbilec – Serviços Globais de Projeto, marca que completa, em 2023, 13 anos de uma história de sucesso. Conheça a evolução, as conquistas e o futuro que está planeado para a empresa.

275

A Galbilec fomenta um acompanhamento de proximidade aos clientes, num conceito de serviços 360 para a implementação de projetos nas áreas da economia social e da saúde. Tendo sido fundada em 2010, como define a evolução da marca até ao momento?
A Galbilec em 2010 é consideravelmente diferente da Galbilec de 2023. O negócio, que inicialmente se concentrava na gestão de projetos, tem vindo a assumir um caráter cada vez mais global, com um foco nas soluções globais de projeto. A própria marca tem acompanhado esse caminho, a nível interno e externo. Hoje somos uma empresa focada em soluções e procuramos responder a cada passo do ciclo de vida de um projeto, desde a identificação da necessidade até à proposta de valor apresentada ao cliente, e à sua materialização.

Na Galbilec, existe a ambição permanente de aproximar os seus projetos do contributo máximo para o aumento da qualidade de vida dos seus utilizadores e sustentabilidade ambiental e energética dos territórios onde intervém. Para a Galbilec e para o setor onde a mesma se insere, por que motivos tem sido fundamental concretizar esta ambição?
Na Galbilec, temos vindo a especializar-nos em três vértices de atuação: pessoas, território e soluções. Acreditamos que a conjugação estratégica destes três pilares é a receita para alcançarmos soluções sustentáveis, eficientes e inovadoras.
Valorizamos as pessoas e o território. Reconhecemos que cada local e comunidade tem as suas características, desafios e potencial distintos. Ao abraçar os elementos naturais e o contexto sociocultural e histórico, criamos soluções que se integram perfeitamente no meio envolvente. Na Galbilec, mais do que soluções de conceção, construção e manutenção, o nosso objetivo é criar projetos transformadores que inspirem, conectem e elevem as comunidades.

A Galbilec completou este ano 13 anos de história. Qual o sentimento que prevalece ao celebrar mais de uma década a prestar o melhor serviço a quem vos procura?
Acima de tudo, confiança. Na equipa, nos serviços prestados, na carteira de clientes que temos vindo a reunir e na rede de parceiros e fornecedores. Sentimos que os últimos anos nos têm preparado para os desafios que ainda teremos pela frente.

Nestes 13 anos de atividade, qual diria que tem vindo a ser o contributo dos clientes, colaboradores e parceiros, para o sucesso que hoje se verifica na Galbilec?
Um dos nossos pilares, como já referi, são as pessoas. A nossa equipa é composta por profissionais qualificados que são também indivíduos empáticos, dedicados a entender a visão dos nossos clientes, com proximidade e colaboração, para que cada projeto reflita o seu propósito. Como valorizamos a proximidade conseguimos, ao longo destes 13 anos, construir uma rede muito sólida de entidades que nos motiva a cumprir os projetos e a fazer crescer a marca Galbilec, no setor e no mercado.

O mundo muda à velocidade da luz e as marcas têm de se adaptar a estas mudanças. Neste sentido, quais foram, ao longo dos tempos, os grandes desafios e oportunidades que, para Galbilec, marcaram o seu percurso e permitiram à mesma estar lado a lado com o mercado?
Não creio que tenha existido uma grande oportunidade que tenha sido a viragem. Julgo que é mais uma cultura, uma forma de estar, de constante procura de soluções e de resposta aos desafios que tem marcado o nosso percurso. Temos procurado ser agentes de conhecimento destes sectores de atividade, muito para além do conhecimento técnico que é da nossa área de formação. Percebermos apenas de arquitetura e engenharia já não é suficiente. Temos de perceber o modelo de negócio dos nossos clientes.
Não obstante, acho que pela dimensão, o facto de termos tido a possibilidade de participarmos na construção centenas de camas de Unidade de Cuidados Continuados Integrados desde o período da criação da Rede Nacional, logo no ano de 2010, permitiu sermos catapultados neste setor, e desde aí temos participado num conjunto de projetos de grande relevo, desde a área social até à área da saúde.

É necessário pensar no futuro. Neste sentido, que metas foram delineadas para os próximos meses?
Continuar a inovar no modelo de negócio, diversificar nos setores de atuação, com o crescimento nas áreas do ambiente e património, e implementar a academia de formação.

Enquanto Diretor Executivo da empresa, gostaria, por fim, de deixar uma mensagem a todos os que pertencem à família Galbilec, pelos 13 anos de uma atividade notável e de extrema importância para o sucesso de todos os envolvidos?
Este projeto empresarial é feito de pessoas para pessoas. Queremos continuar a fazer a diferença nas suas vidas.