“Aproveitem esta oportunidade para visitarem a Batalha e a STONE 23, de 22 a 24 de junho”

Raul de Castro, Presidente da Câmara Municipal da Batalha, é, por estes dias, um líder ainda mais satisfeito, tudo porque brevemente teremos mais uma edição da Feira STONE 2023, que será realizada na Batalha, de 22 a 24 de junho, na Exposalão e, portanto, nestes dias, a Batalha será o local de visita «obrigatória». Mas nem só deste certame se falou e ficamos ainda a conhecer como tem sido promovido o desenvolvimento do município.

697

Na sua tomada de posse, em 2021, afirmou “Estamos cá para falar menos e fazer mais”, num discurso que teve como principal pretensão revelar que o atual Executivo da autarquia veio para criar melhores condições para que as pessoas escolham a Batalha para viver. Dois anos depois dessas palavras, sente que têm disso concretizados objetivos em prol desse desejo?
Continuamos a prosseguir esses objetivos, mas ainda precisamos de algum tempo.

Em que áreas é que a autarquia se tem dedicado mais em prol do desenvolvimento da região e assim na melhoria da qualidade de vida da comunidade e pessoas?
Alteração do PDM para reverter zonas que antes permitiam construção e depois da entrada do novo PDM, atualmente em vigor, em 2015, deixaram de ter essa possibilidade. Em paralelo a aposta na desmaterialização dos Serviços, permitindo mais transparência, mais comodidade e proximidade com os Munícipes.

O desemprego é sempre um dos principais problemas no que concerne a todas as regiões, sendo, portanto, essencial que haja um diálogo profícuo e relações de parceria entre autarquias (poder local), empresas, edifícios do saber (universidades) e outros. Como é que têm liderado esta missão de ligar forças da região em prol do emprego e, por consequência, em tornar a Batalha atrativa para que as pessoas a escolham para viver?
Estamos também a sofrer com a falta de mão de obra, um problema transversal ao País e que tem provocado alguns danos às empresas do concelho.

Sente que hoje a Batalha é um local atrativo para que as empresas a escolham? O que falta fazer para que estas dúvidas deixem de existir e assim a Batalha se torne um Pólo empresarial ainda maior e relevante?
Será quando se resolver o problema da falta de habitação. A centralidade da Batalha suscita procura por parte de muitos empresários que querem instalar novas unidades no concelho da Batalha.

A sustentabilidade passou a ser um conceito fundamental para empresas, pessoas e regiões. Desta forma, quais têm sido os passos dados pela autarquia em prol de uma região que se preocupa com as alterações climáticas e assim implementa medidas em prol da Sustentabilidade?
Estamos a trabalhar para garantirmos qualidade de vida a Todos os que aqui querem viver.

Fruto das dificuldades económicas porque passa o país e respetivas famílias, a verdade é que o poder local é hoje um pilar da denominada responsabilidade social, sendo um suporte essencial na promoção da dignidade das pessoas. Que análise perpetua do trabalho realizado ao nível de apoio a pessoas e instituições por parte da Câmara Municipal da Batalha?
Em matéria de apoios sociais, fazemos o que é possível. Adultos e crianças têm merecido um interesse especial no que respeita aos apoios a carenciados.

Uma vez mais, a Feira STONE 2023, será realizada na Batalha, de 22 a 24 de junho, na Exposalão. Primeiramente, que expetativas tem para este evento e de que forma é que o mesmo é essencial para a Batalha?
A Exposalão é um espaço com todas as respostas, nomeadamente para a realização de grandes eventos setoriais, como é o caso da STONE 23. A sua realização na Batalha é importante para o concelho, pois vai atrair mais visitantes, que influenciarão a economia local.

Este é considerado como um dos certames mais importantes do calendário nacional para as empresas do setor da pedra natural. Quão importante é este setor, da pedra natural, para a região e autarquia?
Está finalmente definido o local que permite a exploração desse recurso mineral e que se situa na zona Sudeste do concelho, concretamente Vale de Barreiras.

Qual é o contributo e o papel da Câmara Municipal da Batalha neste evento? Quais diria que são as maiores vantagens em participar e visitar este evento?
Participamos na parte social do evento e na articulação com o Mosteiro de Santa Maria da Vitória, onde irão desenvolver-se algumas ações.

A terminar, sente-se satisfeito com o que foi alcançado por si e pela sua equipa no período em que se encontra à frente das “lides” Câmara Municipal da Batalha? Quais são os próximos desafios a realizar?
De modo algum. Há ainda muito trabalho pela frente… Os próximos desafios a concretizar são a execução de alguns investimentos importantes para o concelho.

Que convite gostaria de deixar ao nosso leitor para visitar a Feira STONE 2023?
É sempre importante aproveitar um evento, que tem a temática da pedra em análise. Por isso recomendo a Todos os interessados, que aproveitem esta oportunidade para visitarem a Batalha e a STONE 23, de 22 a 24 de junho.