XII Convenção Aqui é Fresco – “Juntos Contra o Desperdício”

Foi no passado dia 4 e 5 de junho que o Altice Fórum Braga recebeu a XII Convenção Aqui é Fresco. A história não se repetiu – e não se repetiu porque superou as expetativas dos presentes. Neste evento estiveram personalidades como Nuno Fazenda, Secretário de Estado do Turismo, Comércio e Serviços, João Vieira Lopes, Diretor Geral da Unimark e Presidente da Confederação de Comércio e Serviços de Portugal, Carla Esteves, Diretora Executiva da Aqui é Fresco e da Unimark e membro da Direção da Adipa, entre muitos outros, retalhistas, grossistas e consumidores finais, que brindaram à evolução e ao sucesso de cada um, por muitos anos. Quanto ao balanço desta edição, foram atingidos 11 milhões de euros, em apenas dois dias, resultado dos negócios efetuados entre grossistas, retalhistas e representantes das marcas reunidos ao longo de 92 stands, o que representou um aumento de participação de 10% face ao ano anterior.

676

A palavra dos presentes

Carla Esteves,
Diretora Executiva da Aqui é Fresco e da Unimark

“Começámos em janeiro de 2012 e temos, neste momento, uma rede de cerca de 700 lojas de comércio de proximidade. Estamos em 16 dos distritos que existem em Portugal e temos liderança nas lojas de proximidade. A Aqui é Fresco é a maior insígnia no nosso país. Nestes últimos anos crescemos em média 8,6% e por isso estamos todos de parabéns. Isto só se consegue fruto de muito trabalho e da resiliência que existe na família Aqui é Fresco e em todas as lojas.
O ano passado, colocámos a nossa imagem em cerca de 200 lojas.
Em 2022, na XI Convenção, faturámos mais de quatro milhões e este ano  mais do que duplicámos atingindo os 11 milhões de euros, tudo isto graças ao empenho de associados, retalhitas e fornecedores.
O mote desta edição “Juntos Contra o Desperdício” e algo a que temos de estar todos sensíveis. temos feito algumas parcerias com entidades que partilham o mesmo foco e interesse na luta contra o desperdício e, por essa razão, nesta convenção, iremos doar as sobras do evento através da Fundação dos Retalhistas Alimentares, a um centro paroquial. Temos a vertente social sempre muito presente e uma preocupação crescente a nível do desperdício alimentar”.

João Vieira Lopes,
Diretor Geral Unimark e Presidente da Confederação de Comércio e Serviços de Portugal

“O comércio alimentar de proximidade, de pequena e média dimensão, ao longo das últimas dezenas de anos foi por muitos considerado como morto. A prova de que esse comércio tem um papel na economia e na sociedade é o que esta Convenção, que temos vindo a  realizar desde há 12 anos, nos vem mostrando –  Vitalidade. Na nossa sociedade e na economia são precisos todos os formatos de comércio e este tem um inegável papel que a pandemia veio reforçar e valorizar. Foi um grande desafio, mas também uma grande oportunidade onde muitos consumidores desconstruiram a ideia que havia no mercado, de que nestas áreas os preços eram mais altos, penso que ficou clara para muitos consumidores que os nossos preços de prateleira são claramente competitivos. Onde, por vezes, não somos competitivos é no nível promocional e isso é responsabilidade nossa, mas também dos nossos estimados fornecedores. Temos de trabalhar em conjunto para aumentar a competitividade já que a proximidade, de facto, hoje é um valor tendo em conta os aspetos culturais, nomeadamente da juventude”.

Nuno Fazenda,
Secretário de Estado do Turismo, Comércio e Serviços

“Quero em primeiro lugar saudar esta iniciativa da rede Aqui é Fresco. É, de facto, uma Convenção, como é possível constatar, de grande mobilização, de norte a sul do país, bem organizada, e que demonstra bem o pulsar da nossa economia e das nossas empresas. Quero saudar também aquilo que é esta rede, que envolve cerca de 700 lojas. A mesma significa mais escala, mais trabalho e cooperação, mais negócio – algo que eu senti nesta Convenção. Nós olhamos para o comércio de proximidade como uma atividade muito importante no nosso país porque gera economia local e representa produtos de muita importância na nossa economia. Estamos a trabalhar para a competitividade dos nossos serviços, aprovámos já também candidaturas no âmbito do comércio digital, temos os fundos europeus ao dispor para dinamizar as nossas empresas e o nosso comércio (…) “Juntos Contra o Desperdício” é uma mensagem muito forte e é um sinal muito positivo de como as empresas estão juntas pela economia circular e pela sustentabilidade e, por isso, eu só posso saudar a iniciativa”.

João Manuel Nabeiro,
Presidente do conselho de administração da Delta Cafés

“É um privilegio estar presente na Convenção Aqui é Fresco, cujo mote é tão importante – temos de estar Juntos Contra o Desperdício. É com enorme sentido de gratidão que também estou aqui em ocasião da grande homenagem dirigida ao meu pai, Senhor Rui Nabeiro. Ele é meu pai, mas eu sei que a dimensão do legado me permite dizer que ele não é só meu, ele é de todos nós. Estou profundamente sensibilizado pela forma como o seu legado é reconhecido e valorizado. Legado esse que deixa uma marca profunda não apenas no Grupo Nabeiro mas nas vidas das pessoas que ele tocou ao longo da sua existência. Estou ciente de que a sua visão empreendedora, a sua generosidade e o seu foco em torno da responsabilidade social fizeram dele uma pessoa respeitada e admirada por tantos”.

Nuno Pinto Magalhães,
Presidente da Central de Cervejas

“Considera uma honra receber esta distinção (Troféu Carreira) pelos nossos parceiros de negócio Aqui é Fresco. Especialmente tendo em conta o seu lema que é confiança e proximidade – valores que são imprescindíveis no relacionamento com pessoas e organizações e que foi e continua a ser o meu propósito de vida. Ao receber este prémio, reconheço que o que sou devo inteiramente a todas as pessoas com quem me cruzei e a quem tentei sempre ouvir e tornar-me próximo. Colaboro com a Central de Cervejas há cerca de 49 anos, reportei a 18 CEO’s diferentes e tive seis acionistas também diferentes. Nós somos aquilo que são as nossas relações”.

O que dizem algumas das Marcas

João Veredas,
Gestor de Clientes na Coca Cola

“Logo no primeiro dia conseguimos ter um balanço muito positivo. Praticamente duplicámos o que fizemos no ano passado em dois dias. A proximidade que estamos a ter com os clientes, falar com eles, mostrar-lhes as campanhas, perceber o que eles sentem, o que costumam comprar, para nos dar a perceção do que devemos trabalhar como marcas é uma das inúmeras vantagens de estarmos presentes”.

 Catarina Lopes,
Diretora Comercial na Delta Cafés

“Este é sempre um momento muito importante porque temos aqui um contacto direto com o comércio de proximidade, portanto é sempre fundamental, e continuamos a acreditar que são estes eventos que ajudam a tornar o comércio de proximidade ainda mais relevante”.

João Castanheira,
Diretor Comercial na Nestlé

“Esta Convenção é extraordinária. O commitment dos parceiros, retalhistas, de todos os operadores do canal cash & carry tem sido incrível, tem sido uma oportunidade única de contactarmos com os lojistas, expormos as nossas inovações, demonstrarmos os nossos produtos e, de facto, temos esta alegria de poder chegar aos nossos consumidores”.

Vítor Leal,
Gestor de Clientes na P&G

“A Convenção Aqui é Fresco é muito importante porque nos permite aproximar e estarmos juntos dos retalhistas e cada vez mais próximos do consumidor final, que é esse o objetivo das nossas marcas. Aqui, temos oportunidade de divulgar, mostrar e coloca-los em contacto com os nossos produtos”.

Tiago Guerreiro,
Chefe de Vendas na Poveira

“Para nós, esta Convenção significa bastante. Este é o segundo ano pós-pandemia que marcamos presença física e está a ser muito positivo. Estarmos aqui significa estarmos com os nossos clientes, este é o melhor meio para o fazermos”.

Pedro Correia Silva,
Diretor Cash & Carry na Sogrape

“Esta Convenção para nós significa proximidade com o retalho, com o consumidor desse mesmo retalho e podermos promover junto dos mesmos as nossas marcas, os nossos produtos e criar relações mais fortes”.

Jorge Simões,
Gestor de Contas na Sumol+Compal

“Esta edição está a ser, para nós, a mais positiva de todas elas. Cada vez mais, este evento é importante para nós e penso que também para os retalhistas e grossistas. A Sumol+Compal estar presente é uma forma de contactarmos, de apresentarmos produtos novos. Por coincidência para a nossa área de negócio, os lançamentos são sempre até maio, o que quer dizer que esta Convenção é super importante porque apresentamos sempre produtos novos”.

Hélder Pessoa,
Kam na Unicer, Super Bock

“O balanço desta edição é positivo, aliás, em cada edição, nós notamos que existe um aperfeiçoamento da plataforma e há uma agilização cada vez maior entre aquilo que é a pretensão de compra das lojas e o nosso objetivo de trabalharmos nas grelhas que definimos para este evento. Sentimos, claramente, que existe uma melhoria significativa, o que faz toda a diferença nos resultados que temos”.

Sandro Lopes,
Gestor de Contas na área de Personal Care na Unilever

“Como já é por tradição, a Unilever sempre participou nestes eventos porque achamos que é bastante importante, tanto para a construção do negócio como para a relação que existe entre a indústria e com os próprios retalhistas de proximidade”.