CARRIS reforça serviço e divulga oferta para os dias da JMJ

Trabalhadores das áreas operacionais da empresa vão receber subsídio de penosidade de 10 euros por hora e Apoio ao Cliente também será reforçado.

300

Face ao esperado aumento da procura durante a semana da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), a CARRIS vai reforçar a oferta e ajustar as suas carreiras às características específicas de cada um dos dias, sendo estas alterações delineadas no âmbito do programa global de mobilidade, elaborado pelo Governo, e preparadas em permanente e estreita articulação com a Câmara Municipal de Lisboa.

O programa traçado pela Grupo de Projeto para a JMJ em Lisboa prevê condicionamentos de circulação em vários locais da cidade, que naturalmente levam a alterações e interrupções em algumas carreiras. No restante serviço a CARRIS vai garantir reforços da oferta, com o aumento do número de circulações em diversos percursos, sempre com o objetivo de dar resposta a uma maior procura, mas também de assegurar as necessidades dos clientes habituais, que irão manter os seus hábitos de mobilidade.

As alterações são implementadas tendo por base, quer os perímetros de segurança definidos para os principais eventos, que se realizam no âmbito da Jornada, quer os caminhos pedonais que serão adotados para os peregrinos de deslocarem para esses eventos.

Para facilitar o acesso à informação, a CARRIS criou uma página no seu site, através da qual os clientes podem consultar todas as alterações de serviço previstas, para cada um dos dias da Jornada, e assim melhor programarem as suas deslocações. Esta página será permanentemente atualizada, caso surjam necessidades adicionais de proceder a ajustes na oferta.

Entre os dias 29 de julho e 6 de agosto, a CARRIS reforçará também o serviço de apoio ao cliente, colocando em funcionamento, todos os dias, incluindo fins de semana, das 8h às 20h, o centro de atendimento telefónico e os seus quatro quiosques, localizados no Cais Sodré, no Campo Pequeno, no Colégio Militar e no Lumiar.

A maioria das carreiras de bairro será suspensa nesse mesmo período, de 29 de julho a 6 de agosto, dado que estas carreiras circulam em zonas com arruamentos muito estreitos, em que por causa do elevado fluxo se torna muito difícil a circulação.

Os ascensores da Bica, Glória e Lavra não vão estar em funcionamento durante os dias da JMJ, já o elevador de Santa Justa manter-se-á operacional.

Para salvaguardar os seus trabalhadores das áreas operacionais, a CARRIS vai atribuir um subsídio de penosidade de 10 euros por hora, durante todo o período do Evento, que foi acordado com todas as organizações sindicais, logo no passado mês de maio.

Oferta global da CARRIS para a semana em que decorre a Jornada Mundial da Juventude:

Dias 31 julho e 2 agosto
85 carreiras sem qualquer alteração de percurso
24 Carreiras de Bairro suspensas

Dias 1, 3 e 4 agosto
48 carreiras sem qualquer alteração de percurso
29 carreiras com alteração de percurso
24 Carreiras de Bairro e 8 carreiras regulares suspensas

Dias 5 e 6 agosto
59 carreiras sem qualquer alteração de percurso
17 carreiras com alteração de percurso
24 Carreiras de Bairro e 8 carreiras regulares suspensas