“Não poderia estar mais orgulhosa de fazer parte da história da Finpartner”

Catarina Rosado, Supervisora da Finpartner, é uma das mais-valias que a marca apresenta ao mercado, fruto do seu profissionalismo, rigor e excelência. Nesta entrevista, a nossa interlocutora abordou diversos temas, sem esquecer a importância do Capital Humano. “Acredito firmemente que pessoas felizes produzem mais e melhor e a Finpartner tem feito um esforço para oferecer melhores condições aos seus colaboradores”.

Data:

A Catarina Rosado é Supervisora na Finpartner há quase um ano, mas a sua ligação com a marca já é mais antiga. Neste tempo de união, como analisa as mais-valias que esta empresa lhe trouxe, a nível profissional e pessoal?
O meu percurso iniciou-se em maio de 2021 como Contabilista Certificada para reforçar uma das equipas de contabilidade. No final desse ano, fui convidada, para liderar essa mesma equipa e no final do ano de 2022 ascendi à equipa de Supervisão.
Não podia estar mais grata pela oportunidade e é um ótimo exemplo de como, dentro da Finpartner, o processo de ascensão de carreira pode ser natural.
Na Finpartner, todos os dias são uma nova oportunidade de aprender algo novo e de desenvolvermos competências. A diversidade de clientes, permite-nos alargar o nosso escopo de conhecimento técnico, para áreas de grande importância na carreira de um contabilista certificado. Além disso, enquanto Supervisora, e estando também responsável pela área do Sistema de Gestão da Qualidade, permite-me desenvolver também competências de gestão de empresas e de recursos humanos. Áreas que, enquanto apenas contabilista certificada, nunca teria oportunidade de desenvolver fora deste âmbito.
A nível pessoal o caminho não poderia estar a ser mais gratificante. As condições de trabalho são ótimas e o ambiente interno é excelente, o que, obviamente, influência a nossa produtividade e o serviço prestado.

É do conhecimento geral que a aposta no Capital Humano é crucial para criar uma cultura empresarial sólida e bem-sucedida. Na sua perspetiva, a Finpartner tem sabido trilhar este caminho? De que forma?
Acredito firmemente que pessoas felizes produzem mais e melhor e a Finpartner tem feito um esforço para oferecer melhores condições aos seus colaboradores.
A Finpartner tem feito um levantamento de opções que pode oferecer aos seus colaboradores com base nas necessidades gerais. O teletrabalho, o horário flexível e tickets infância já não são conceitos novos na empresa.
O teletrabalho, em regime parcial, já está acessível à maior parte dos colaboradores da empresa e o teletrabalho a 100% tem vindo a ser uma das ferramentas de sucesso que permite contratar colaboradores que estão longe geograficamente. Numa altura em que as dificuldades de recrutamento são transversais a todos os setores, o teletrabalho tem sido uma das nossas melhores “armas”.
Também o horário flexível é muito apreciado, pois considero que, a qualidade de vida também passa por conseguir gerir o nosso dia de acordo com as dinâmicas de vida de cada um.
Sendo a Finpartner uma empresa que começa a ter colaboradores com dependentes a cargo, nos últimos anos sentimos a necessidade de oferecer atualizações de salários sobre a forma de tickets infância. Sabemos que as mensalidades de colégios e escolas têm um grande impacto no orçamento familiar, o que do meu ponto de vista considero uma ótima iniciativa.

A Finpartner tem uma vasta experiência a nível nacional e internacional, tendo, por isso, adquirido um grande nível de experiência e flexibilidade. Quão legítimo é afirmar que este reconhecimento no mercado se deve, primeiramente, à valorização interna dos seus profissionais?
A nossa carteira de clientes é muito diversificada, tendo clientes de grande destaque tanto no mercado nacional como no internacional, dos mais variados sectores de atividade. Claro que esta diversidade de clientes acaba por dar aos colaboradores da empresa uma experiência única e amplos conhecimentos técnicos que os vão beneficiar na sua carreira profissional.
Temos vindo a apostar nossos colaboradores para intensificar esta proximidade com o mercado estrangeiro, através de várias iniciativas, entre elas, viagens de prospeção ao estrangeiro e formações em línguas estrangeiras.
Através das viagens, por exemplo, para participar em feiras de apresentação da marca, damos a oportunidade ao colaborador de contactar com diferentes perspetivas no mundo contabilístico e fiscal. O que se traduz numa aposta clara na sua formação, no seu comprometimento com a empresa e demonstra igualmente a confiança que é depositada nas suas competências.
Na perspetiva da empresa, a diversidade de clientes, tem sido benéfica no sentido que a Finpartner consegue levar a sua marca além-fronteiras e ser já reconhecida em dezenas de países.

Em que medida esta visão internacional lhe tem dado «asas para voar» no âmbito profissional? Diria que é uma empresa onde existe uma grande possibilidade de crescimento?
Antes de abraçar este projeto, a minha carreira profissional estava restrita ao nível regional, pois trabalhava numa empresa sediada no interior e com atuação apenas no próprio distrito. A Finpartner teve um grande impacto na minha vida profissional tanto no que concerne a aquisição de novos conhecimentos técnicos, mas também no aumento da minha rede profissional de contactos.
Por haver uma grande diversidade de cliente, somos impelidos a estar em constante atualização de conhecimentos para prestar um serviço de qualidade. Este fator, aliado às condições excelentes de trabalho proporcionadas, torna a Finpartner uma empresa de eleição para a possibilidade de construção e progressão na carreira.

Com que motivação encara o futuro, não só da Finpartner no mercado, como do seu papel nesta história brilhante?
O crescimento da Finpartner é notável. Os recursos tecnológicos que são disponibilizados, aliados aos processos de gestão da qualidade têm permitido que tarefas mais rotineiras se tornem mais eficientes. Desta forma conseguimos ter mais tempo para prestar um serviço com uma maior qualidade e o mais personalizado. Ao robotizar as tarefas diárias, conseguimos estreitar laços com o cliente e conhecer de forma mais profunda as suas necessidades e procurar os recursos para as satisfazer.
Os tempos de ser “apenas” uma empresa de contabilidade já lá vão. Neste momento, orgulhamo-nos de ser um verdadeiro parceiro de negócios dos nossos clientes.
Da minha parte não poderia estar mais orgulhosa de fazer parte da história da Finpartner e de, em conjunto com os meus colegas, estarmos a deixar a nossa marca no setor.

Partilhar

Revista Digital

Revista Pontos de Vista Edição 132

Popular

Mais Artigos deste tipo

Moda Online: As Últimas Tendências

Com a crescente popularidade das lojas de roupa online...

Perfumes Online: As Fragrâncias que estão em alta

Descubra o encanto dos perfumes online Comprar perfumes online é...

Festival Alive começa hoje com Arcade Fire e The Smashing Pumpkins

O festival abre as suas portas às 15 horas...

Ensino superior amplia oportunidades de emprego e melhora salários para os jovens

Após a crise pandémica, as taxas de desemprego juvenil...