Concertos, fogo-de-artíficio e desfile marcam comemorações dos 50 anos do 25 de Abril no Porto

O centro da cidade do Porto vai comemorar os 50 anos do 25 de Abril de 1974 com vários concertos, um espetáculo de videomapping, atividades para as famílias, fogo-de-artifício e o desfile da Liberdade.

205

A Câmara do Porto avançou que nas comemorações do dia que mudou o país, a Avenida dos Aliados e a Praça do General Humberto Delgado tornam-se os sítios centrais.

Na noite de 24 de abril, um espetáculo de videomapping alusivo à data marca, a partir das 22 horas, o arranque das comemorações. O espetáculo resulta de uma colaboração com a Comissão Comemorativa dos 50 anos do 25 de Abril, a RTP, o fotógrafo Alfredo Cunha, o músico Rodrigo Leão e o artista plástico Vhils.

Quinze minutos depois, a Avenida dos Aliados acolhe o concerto Aliados à Liberdade, que contará com a participação dos Canto Nono, das Vozes da Rádio e do Coral de Letras da Universidade do Porto.

Os grandes temas da liberdade e que marcaram a revolução serão entoados no concerto que termina com o cantar da Grândola Vila Morena e o espetáculo de fogo-de-artifício à meia-noite, colorindo os céus da cidade com as mais diversas cores da liberdade.

Já no feriado de 25 de abril, o programa tem propostas para todas as idades. A partir das 10 horas estão previstas atividades para toda a família na Praça do General Humberto Delgado.

Outro dos grandes momentos do programa decorre a partir das 14h30 do dia 25, com uma homenagem aos resistentes antifascistas no Largo Soares dos Reis, junto à antiga sede da PIDE. À homenagem sucede-se o desfile da liberdade.

O desfile partirá do Largo Soares dos Reis e passará pela Avenida Rodrigues de Freitas, Rua D. João IV, Rua de Santo Ildefonso, Rua de Passos Manuel, Rua de Sá da Bandeira, Praça D. João I, Rua de Rodrigues Sampaio, e termina na Avenida dos Aliados.

A Avenida dos Aliados volta a acolher durante a tarde vários momentos comemorativos, estando previsto, a partir das 15 horas, o concerto “Comemorar os 50 anos do Dia da Liberdade”, que conta com a direção musical de André Castro e a participação de Marco Quaresma, Pedro Matos, Sofia Beco, Beatriz Cerqueira, Tiago Pacheco, Fernando Maia e Leonardo Carvalho.

Será precisamente na Avenida dos Aliados que começam os vários momentos comemorativos e evocativos dessa tarde.

Pelas 16 horas é esperada a intervenção da Comissão para as Comemorações Populares do 25 de Abril e às 16h15 um concerto com o projeto Cara de Espelho, grupo que resulta do encontro de músicos portugueses, tais como os Deolinda, Ornatos Violeta, Gaiteiros de Lisboa, A Naifa, Humanos.

As comemorações que decorrem no Porto resultam da articulação entre a empresa municipal Ágora e a Comissão para as Comemorações Populares do 25 de Abril.