A Associação São Francisco de Assis – Cascais, entidade participada pelo município e que tem com o objetivo de proteger os animais de companhia, abandonados ou perdidos, reuniu voluntários das várias Freguesias do Concelho de Cascais de forma a dar resposta às necessidades dos animais, cujos tutores se encontram em isolamento social voluntário ou em situação de maior fragilidade face ao SARS-CoV-2.

Uma iniciativa decorrente de uma necessidade que já se começou a fazer sentir nas várias Freguesias do Concelho e que visa responder aos pedidos de ajuda de pessoas em situações de maior fragilidade ou em isolamento social, que se veem impedidas de cuidar dos seus animais de companhia, não obstante todas as medidas de contenção já tomadas pelo município, e que foi consubstanciada num repto lançado aos vários voluntários que já colaboram regularmente com a Associação e a outros que se queiram juntar, num apelo à solidariedade e à cidadania.

“O Concelho de Cascais tem atuado com serenidade e determinação face ao contexto de pandemia que o país atravessa, tendo desde cedo implementado um já vasto pacote de medidas de contenção”, comenta Nuno Piteira Lopes, Vereador da Câmara Municipal de Cascais.

João Salgado, Vice-Presidente Executivo da Associação acrescenta que “o bem-estar animal não pode ser esquecido, mesmo numa situação difícil como esta. É por isso que na Associação mantivemos os serviços mínimos para assegurar o conforto e a saúde dos animais residentes, bem como o piquete de resgate e recolha de animais perdidos ou abandonados, a funcionar 24h e o corpo clínico de medicina veterinária, disponível para urgências, em concomitância com o apoio aos sem abrigo, que muitas vezes recusam ajuda por recear ter de deixar para trás os seus animais, situação que também já recebeu resposta do município com o nosso apoio”. O Vice-Presidente conclui que “dada a situação atual é fundamental mantermo-nos unidos e protegermo-nos, não só a nós, como também aos animais que podem ficar sem cuidadores caso os seus tutores adoeçam. Felizmente, o Concelho está solidário e todos os dias nos chegam voluntários prontos a entrar em ação em caso de necessidade.”

Para inscrição como voluntário, basta aceder ao link.