“A Inovação Tecnológica e o caminho da Transformação Digital não podem ser vistos como facultativos: são Obrigatórios”

A Transformação Digital está, cada vez mais, na ordem do dia e as marcas que não compreendem as valias deste conceito, correm o risco de ficar para trás. Enveredar por este caminho nunca é fácil e por isso torna-se vital ter Parceiros de excelência na promoção da Transformação Digital. Assim, a Revista Pontos de Vista foi conhecer a Challenge IT e conversou com Lara Santos, Partner/CEO da marca, que, entre diversos pontos, assumiu que hoje “a inovação tecnológica e o caminho da transformação digital não podem ser vistos como facultativos: são obrigatórios”. Saiba mais de uma marca que está empenhada em acrescentar valor.

346

Há 11 anos que a Challenge IT ajuda os seus clientes e parceiros a atingirem os seus objetivos através da inovação tecnológica. Face a um mercado que está sempre, e cada vez mais, em movimento, quem é hoje esta marca e de que forma se tem destacado no seu setor?
A Challenge acredita numa estreita comunicação com o cliente, com abertura e transparência no que concerne às decisões de investimento no seu processo de transformação digital. O processo de desenvolvimento e entrega de soluções é sempre centrado no cliente e nas suas necessidades específicas. Para qualquer problema específico do cliente, há uma solução. Se essa solução ainda não existe no mercado, desenvolve-se. E no caminho da inovação há seguramente momentos de disrupção! Às vezes é tão importante saber fazer algo para parar, como é importante saber o que fazer para avançar. O Design Thinking é essencial para evitar o insucesso de um processo de transformação digital e em particular de um projeto de desenvolvimento de software à medida. Ou seja, é preciso ter a capacidade de perceber que na maioria dos casos, não é possível solucionar problemas usando a mesma lógica e o mesmo raciocínio que os originou. É essencial deter conhecimentos transversais para uma verdadeira criação de valor e inovação através de estratégias centradas no utilizador, seja ele um colaborador ou um consumidor.

A Challenge IT tem aprimorado os seus processos de forma a colmatar as necessidades constantes do mercado e, assim, oferecer qualidade aos inúmeros projetos parceiros. Neste sentido, quais são as soluções que a marca disponibiliza e, posteriormente, como acontece o processo de atribuição, de cada uma delas, aos negócios dos clientes?
A Challenge disponibiliza o desenvolvimento e implementação de soluções que permitem um aumento de produtividade e que permitem a preparação para a escalabilidade do negócio. No contexto atual não é possível escalar um negócio, vender mais e melhor, aumentar margens, diminuir custos de produção e administração, sem uma estratégia de transformação dos processos, que permita que sejam automatizados e tenham métricas e indicadores de desempenho do negócio, para assim garantirem que a empresa tem capacidade para escalar sem prejuízo da sua qualidade e do seu valor. Existem várias áreas do negócio, desde a fracturação, encomendas, operação, até à interface com o cliente, que necessitam de atenção constante para que possam ser otimizadas, automatizadas e assim sustentarem a competitividade e a inovação. A atribuição de uma solução tem em primeiro lugar em mente que qualquer processo repetitivo é possível automatizar ou eliminar por completo a sua necessidade, e que a recolha automática de informação nos vários passos do negócio é chave para a inovação.  As nossas soluções permitem que de forma incremental as empresas possam dar os passos necessários no seu caminho de transformação e inovação tecnológica.

Além dos seus serviços, a marca garante que tudo fará para reduzir erros devido à falta de comunicação, uma vez que acredita fortemente que a comunicação e análise são pilares fundamentais no desenvolvimento e/ou atribuição de cada solução. Quão importante é o acompanhamento que a empresa providencia aos seus clientes durante todas as fases de parceria? É legítimo afirmar que este acompanhamento varia consoante o setor de atividade?
Sim, conforme o setor de atividade, e a fase em que o cliente se encontra no seu caminho de inovação tecnológica, o acompanhamento é adaptado às necessidades específicas identificadas em conjunto com o cliente. O cliente conhece o propósito do seu negócio e a Challenge conhece as metodologias que lhe permitirão garantir que a transformação digital será promovida pelas pessoas da organização e amplificada pela tecnologia. Isto só é possível com o total envolvimento dos nossos clientes. A transformação digital é uma oportunidade, mas é também uma responsabilidade! É preciso saber gerir um projeto digital, e esse caminho faz-se caminhando. O medo de um fracasso é o pior inimigo da inovação, a par com a resistência à mudança. A transformação digital de um negócio pode ser bem-sucedida passo a passo, projeto a projeto, elevando a organização, o serviço ao cliente, a produtividade e o bem-estar dos colaboradores, para um novo nível que passa a ser o novo patamar de qualidade. Quando elevamos a um novo patamar, e ficam para trás os problemas, as ineficiências e as limitações de outrora, que impediam de ver mais além, é então possível ter novas ideias, observar novos ângulos e novas oportunidades de crescimento. A ineficiência nos processos que podem ser automatizados retira à organização a capacidade de se concentrar no seu verdadeiro propósito gerador de valor.

Numa perspetiva externa, de que forma a Challenge IT inspira as empresas a aceitarem o caminho da inovação e a descobrirem novas oportunidades tecnológicas?
A inovação tecnológica e o caminho da transformação digital não podem ser vistos como facultativos: são obrigatórios! A capacidade de adaptação e resiliência de um negócio dependerá da sua flexibilidade para acompanhar as tendências económicas e de mercado. Os nossos clientes facilmente percebem quando o seu modus operandi está obsoleto e procuram soluções de inovação. A Challenge acredita que a inovação pela transformação digital anda de mãos dadas com o processo de melhoria contínua. E a melhoria contínua é fundamental para a produtividade. A descoberta de novas oportunidades tecnológicas como como Big Data, IoT, Inteligência Artificial Aplicada, e outras, deve surgir sustentada na transformação digital dos processos da empresa e na recolha de dados nesses processos, em tecnologias Cloud, Data Science e uma Cultura de Inovação e a criatividade para encontrar novas formas de resolver problemas antigos. Os consumidores esperam disponibilidade de serviço e personalização de produto, e para isso é preciso ter processos de produção otimizados. Os serviços e produtos precisam de se manter alinhados com as expectativas e necessidades do consumidor. O consumidor de hoje espera um fácil acesso, clareza sobre o produto e/ou serviço, e uma entrega efetiva: a inovação tecnológica é a alavanca.

Mais do que trazer disrupção ao mercado, as soluções inovadoras surgem também para democratizar o acesso à tecnologia, oferecendo um horizonte de perspetivas otimistas após a situação tempestuosa e que foi particularmente desafiante para uma parte dos negócios do país. Acredita que a inovação é hoje facilmente aceite devido às vantagens que possui e, por outro lado, pouco questionada no que concerne ao investimento associado?
Sim, a inovação é o melhor aliado do negócio. O investimento na inovação deve ser uma prioridade e é, por isso mesmo, o tipo de investimento que mais colhe apoios e fundos. A inovação permite manter vivo o propósito de um negócio, de um produto ou serviço. E por inovação, entenda-se transformação e mudança. Sabemos que mudar é difícil, mas só com transformação e mudança surgem as melhores oportunidades de gerar valor. É preciso criar uma cultura de inovação para que a resistência à mudança não impeça a transformação necessária.

Observando os inúmeros casos de sucesso que a Challenge IT acompanhou até ao momento, qual o verdadeiro impacto que a inovação, a tecnologia e a digitalização trazem ao mercado e aos negócios?
O rápido acesso à informação do negócio, nas suas várias vertentes, por forma a suportar decisões rápidas e informadas, promove um enorme impacto nos negócios e permite uma grande flexibilidade para adaptação às constantes mudanças do mercado. Atualmente é impensável ter alguma área do negócio cujos dados, para apoio à decisão, não estão acessíveis de imediato, e com qualidade que permita à empresa, através de Data Science, revelar a informação que é determinante para uma clara visão sobre o negócio, comportamento dos clientes, tendências de fornecimento e custos. A transformação digital alavanca a sustentabilidade do negócio, a capacidade de resiliência e a sua competitividade.

Tendo em conta a aceleração vertiginosa da tecnologia a que temos vindo a assistir nos últimos tempos, que oportunidades acredita que irão surgir no mercado nos próximos tempos?
Nos próximos tempos iremos assistir a uma verdadeira democratização da tecnologia, mesmo no seu processo de criação e disponibilização. As melhores oportunidades acreditamos que irão surgir do processo de transferência de tecnologia para as pessoas que não têm qualquer formação em Tecnologias de Informação. A constante disponibilização de ferramentas que permitem a qualquer pessoa ou organização, de forma autónoma, implementar soluções, será por si só um fator transformador e disruptivo. Para as empresas que se sustentarem numa estratégia de transformação digital, certamente as áreas da Inteligência Artificial, Realidade Virtual, Big Data, Business Analytics trarão inúmeras oportunidades de melhoria no negócio e entrega de maior valor. Com estas oportunidades não podemos esquecer, por um lado, o papel cada vez mais relevante que terá a Cibersegurança, os Sistemas de Informação, Proteção de Dados e Privacidade, e por outro, o Marketing e a Comunicação Digital.

Sendo fiel à convicção de desenvolvimento de software focado no cliente através de um processo baseado em cooperação, comunicação e resolução de problemas, que novidades podemos esperar por parte da Challenge IT de forma a que, no verdadeiro sentido da palavra, os desafios do mercado possam ser superados com sucesso?
A Challenge está empenhada em acrescentar valor, oferendo várias formas das empresas poderem fazer uma aferição do seu potencial para a transformação digital. Temos tido o privilégio de trabalhar com clientes que confiam em nós neste caminho, e que abraçam a nossa metodologia de desenvolvimento incremental de soluções, e entrega contínua, que permite que exista alinhamento entre todos os envolvidos nos processos e uma adaptação continua às várias mudanças. A inovação tecnológica permite estimular, impulsionar e elevar os valores centrais do negócio dos nossos clientes e é isso que continuaremos a defender, oferendo cada vez mais alternativas também às Micro e Pequenas Empresas cujos desafios de automação e de escalabilidade estão na ordem do dia para um crescimento exponencial. A missão da Challenge é desafiar as fronteiras entre o cliente e o software, providenciando um acompanhamento passo a passo em todas as fases do processo, de modo a garantir o empowerment e satisfação com as suas soluções.