Jovens até 35 anos que concluíram Ensino Superior em 2023 e que estejam a trabalhar já podem pedir Prémio Salarial

Os jovens licenciados e mestres podem requerer a partir de ontem, 22 de fevereiro, o pagamento do prémio salarial, entre os 697€ e 1.500€, medida que foi aprovada no âmbito do Orçamento deste ano.

Data:

A 29 de novembro do ano passado, o Conselho de Ministros aprovou o decreto-lei que criou um “prémio salarial” destinado a jovens que concluam a sua formação no ensino superior e fiquem a trabalhar em Portugal.

“Com o duplo objetivo de recompensar o prosseguimento de estudos superiores e de incentivar os jovens mais qualificados a permanecerem no país, o Governo irá atribuir um incentivo aos jovens recém-diplomados no valor correspondente a um ano de propina por cada ano de trabalho declarado em Portugal”, referia-se no relatório que acompanhou a proposta de Orçamento para 2024.

Esta medida tem um impacto orçamental de cerca de 215 milhões de euros e vai abranger cerca de 250 mil estudantes que concluíram este ano uma licenciatura, mestrado integrado ou mestrado em instituições de ensino superior públicas e privadas.

Os jovens terão direito à devolução do valor equivalente à propina ao longo de um período equivalente ao número de anos do curso, ou seja, até quatro anos para licenciados, até seis anos no caso de mestrados integrados e dois anos para mestrados.

A única condição é que, pelo menos, durante esse período estejam a trabalhar em Portugal.

“O valor máximo a devolver será de até 697 euros por cada ano de trabalho para as licenciaturas e mestrados integrados e de até 1.500 euros para os mestrados”, especifica-se no relatório.

Partilhar

Revista Digital

Revista Pontos de Vista Edição 129

Popular

Mais Artigos deste tipo

Venda de livros em língua inglesa cresce em Portugal e preocupa editores

De acordo com um artigo publicado na terça-feira pela...

Natixis em Portugal promove Academia COBOL

A Natixis em Portugal irá promover a segunda edição...

Rui Caria apresenta documentário “Mulheres de Sol e Sal” na Xiaomi Master Class 2024

A Xiaomi, líder global em inovação, apresenta a segunda...

Câmara de Lisboa aprova aumento da taxa turística para quatro euros por noite

A proposta de PSD/CDS-PP prevê também a atualização da...