Inicio Tags Hays

Tag: Hays

A visibilidade de Portugal contribui para o crescimento do setor de hotelaria e turismo em 2019

Hotel receptionist on phone in a hotel reception

Portugal tem sido o palco principal de diversos eventos internacionais, tal como o WebSummit e a Eurovisão, nos últimos anos, e para além disso, tem recebido inúmeras distinções como destino a visitar.

“Portugal foi sempre um país atrativo pelo valor da cultura, da arte, pela gastronomia e pela história do país. Com o aumento dos eventos internacionais organizados pelo país, Portugal já não é visitado sazonalmente e tem cada vez mais uma maior visibilidade externa.” afirma Sandrine Veríssimo, Regional Director da Hays Portugal.

Este impacto gera a confiança para a abertura de novas unidades hoteleiras, assim como aumento de equipas. No entanto, é um setor que necessita de ultrapassar alguns desafios no que respeita à profissionalização. Com o aumento de turistas é expectável que o serviço oferecido neste setor seja diferenciado e personalizado, e estas exigências serão apenas satisfeitas com um elevado nível de profissionalização.

Perspetivas para 2019

Este setor apresentará uma trajetória semelhante há do ano anterior em termos de crescimento, fundamentado pela boa imagem do país como destino turístico e pela continuação da organização de grandes eventos tal como o evento anual Web Summit.

“O setor de Turismo e Lazer é capaz de sofrer uma pressão salarial, tendência já registada no ano anterior, pela escassez de perfis altamente qualificados para um mercado que precisa de ir ao encontro das necessidades e exigências dos turistas.” Sandrine Veríssimo, Regional Director da Hays Portugal.

Perfis comerciais, para dinamização e promoção do mercado e perfis digitais, continuarão a ser o foco de contratação para este ano.

Perfis mais solicitados e os mais difíceis de identificar

Oportunidades para os profissionais do  setor de Turismo e Lazer é a palavra-chave para este ano, especialmente para perfis mais operacionais. O enorme dinamismo, a abertura ou renovação das unidades hoteleiras justifica os perfis mais solicitados para este ano: Sales Manager, Sales Executive, Sales Director , Revenue Manager, Diretor Geral de Operações, Digital Marketing Manager e Chefes de Cozinha.

No entanto, é importante referir que existe alguma dificuldade em identificar o perfil de Chefe de Cozinha.

O que mais valorizam e que benefícios desejam?

Após uma análise aos inquiridos, sendo que 55% eram do sexo masculino e os restantes 45% do sexo feminino, estes apontam como as principais mais-valias a oferta salarial (84%), o bom ambiente de trabalho (70%), o plano de carreira (59%), a cultura empresarial (57%) e a solidez financeira (57%). Quanto aos benefícios mais desejados para aceitarem uma oferta de trabalho, os inquiridos apontam como os cinco principais fatores: o seguro de saúde (66%), a flexibilidade de horários (59%), formação/certificações (57%), possibilidade de trabalhar a partir de casa (41%) e automóvel para uso pessoal (32%).

Elevada competição pelos melhores talentos no setor de contabilidade e finanças em 2019

Os setores da Indústria e dos Serviços contribuíram para o dinamismo, reforçando estrategicamente as suas estruturas para perfis financeiros. No entanto, houve também uma clara aposta de novas empresas multinacionais no mercado português e a abertura de várias estruturas de Shared Services Center contribuiu bastante para um aumento na procura por profissionais de Contabilidade e Finanças.

Ao analisar os dados do inquérito dos profissionais deste setor verificou-se que em 2018 63% não negociaram o pacote salarial atual, 38% foram aumentados, 8% promovidos e 43% recusaram ofertas de emprego.

Foi um ano onde se notou uma elevada competição pelos melhores talentos do mercado, o que levou a alguma pressão na oferta salarial.

“Rigor, capacidade de cumprimento de deadlines, atualização dos conhecimentos, dinamismo, resiliência e competências relacionais devem ser o caminho a seguir pelos profissionais nesta área cada vez mais dinâmica e competitiva.” afirma Mário Rocha, Manager da Hays Portugal.

Perspetivas para 2019

O avanço tecnológico e o aparecimento de novas regulações deverão continuar a provocar uma maior procura por profissionais que tenham a capacidade de atualizar os conhecimentos e de criar mais eficiência nas empresas.

É expectável que em 2019 as funções que estarão no topo das prioridades de recrutamento sejam os cargos de Contabilista Certificado, Controller de Gestão, Auditor Interno e Responsável Financeiro.

O mercado português continuará a ser atrativo para o mercado interno e para as empresas que procurem profissionais deste setor para ingressar em estruturas que suportem áreas de negócio noutros países da Europa. Mário Rocha, Manager da Hays Portugal acrescenta que “os profissionais portugueses têm demonstrado uma admirável capacidade técnica, com valores muito competitivos face à média dos países europeus. Consequentemente, é expectável que as empresas continuem a apostar na retenção de talentos.” Assim, poderá levar também a um aumento de contra-propostas e, por consequência, ao incremento dos valores salariais praticados em funções de Contabilidade e Finanças.

Perfis mais solicitados e os mais difíceis de identificar

Este ano, houve uma necessidade de investimento e retenção no recrutamento para o setor de Finanças e Contabilidade para perfis de Contabilista Certificado, Controller de Gestão, Auditor Interno, Responsável Financeiro, Responsável de Tesouraria e Credit Control.

Mantém-se ainda alguma dificuldade em identificar o perfil de Contabilista Certificado por haver muitos profissionais com esta formação que têm optado por desenvolver a sua carreira na área de controlling.

O que mais valorizam e que benefícios desejam?

Após uma análise aos inquiridos, sendo que 52% eram do sexo masculino e os restantes 48% do sexo feminino, estes apontam como as principais mais-valias a oferta salarial (83%), o bom ambiente de trabalho (72%), o plano de carreira (66%), a cultura empresarial (55%) e a solidez financeira (52%). Quanto aos benefícios mais desejados para aceitarem uma oferta de trabalho, os inquiridos apontam como os cinco principais fatores: o seguro de saúde (79%), a flexibilidade de horários (69%), formação/certificações (66%), a possibilidade de trabalhar a partir de casa (50%) e dias de férias extra (40%).

EMPRESAS