Inicio Tags Natal

Tag: Natal

O Natal num carrinho de compras

O aproximar da época festiva associada ao período do Natal junta famílias à volta da mesa e impulsiona a compra de presentes, tornando este período o mais importante do ano para as vendas de Bens de Grande Consumo (BGC), que atingem o seu pico na semana anterior ao Natal.

A importância do Natal é conduzida por um aumento do valor gasto por ato de compra (+15%) e não pelo número de visitas às lojas, que se mantém estável relativamente ao resto do ano. Este mês continua a registar mais promoções do que o resto do ano (51% no Natal versus 47% na média no ano), sendo que o impacto promocional é já continuamente muito elevado no mercado nacional.

Os lares com maior expressão para o consumo natalício correspondem a lares de perfil mais sénior já sem filhos a seu cargo – donas de casa inativas, com mais de 54 anos, com um ou dois membros e sem crianças. Este será o perfil de lares que acolherá as respetivas famílias em celebrações de Natal, o que demonstra a importância para estes segmentos de consumidores de uma tradição de convívio que ainda se conserva.

O peso da tradição revela-se também nas categorias que mais destaque conquistam nesta época. Os Bombons conquistam o pódio – 61% das vendas totais de Bombons do ano estão concentradas no período de Natal. Os portugueses continuam a comprar nos hipermercados e supermercados muitos dos seus presentes de Natal relacionados com categorias alimentares, de bebidas e toilette, tal como é visível pela relevância das compras de Bombons, Figuras de Chocolate, Águas-de-colónia, Licores e outras bebidas e Bolachas Sortidas, entre outros.

A tradição ainda é o que era na lista de compras dos portugueses

Entre os Bombons, o grande destaque vai para as caixas, normalmente alusivas ao período de Natal e à ideia de presente. No Natal de 2018, este tipo de embalagens representou mais de 90% do total de vendas de Bombons. Por sua vez, as latas não conseguiram manter a sua importância face ao ano anterior, o que coincide com significativas subidas do preço médio deste tipo de embalagem.

O Bacalhau é uma das estrelas do Natal, associado à tradição gastronómica do nosso país. Por ser um produto fundamental da nossa gastronomia, o seu consumo é relevante durante todo o ano, de uma forma mais homogénea do que as restantes categorias incluídas do Top 15 de vendas. Ainda assim, o Bacalhau Seco faz parte do Top 15 das categorias com maior importância no Natal.

No consumo de Bacalhau é notória uma distinção entre perfis de consumidores, associados a diferentes estilos de vida, níveis de rendimentos e contexto geográfico. Nas principais zonas metropolitanas do país (Lisboa e Porto), entre consumidores de classes sociais mais elevadas e em lares com crianças, sobressai o consumo de Bacalhau Congelado, justificado por um ritmo de vida mais acelerado, um preço mais elevado do produto e uma maior necessidade de soluções mais práticas. Por outro lado, em zonas rurais do país, em lares mais seniores e entre os consumidores de classes sociais mais baixas, o Bacalhau Seco conquista ainda predominância.

O consumo de Bacalhau Seco e Bacalhau Congelado apresentam também diferentes comportamentos de compra. Exigindo uma compra mais planeada, dada a necessidade de uma maior preparação deste artigo, o Bacalhau Seco começa a aumentar as suas vendas cerca de um mês antes do Natal, tendência para a qual também contribuem as promoções existentes nesta altura. É em meados de dezembro que a venda de Bacalhau Seco atinge o seu pico. Por outro lado, o Bacalhau Congelado, um produto relacionado com a Conveniência e com uma compra menos planeada, tem o seu pico numa data mais próxima do Natal.

Fim de Ano é momento-chave para o consumo

O final do ano e a noite de Passagem de Ano é também um período de festa, o que significa consumo, particularmente alimentar e de bebidas.

O Top 15 dos produtos mais relevantes na passagem de ano é encabeçado, sem surpresas, pelo Marisco Fresco e o Vinho Espumante. Outros produtos associados a festa, tais como as bebidas alcoólicas, os bolos, os patés, as tostas e os frutos secos, entre outros, são também dignos de nota nesta época de convívio e celebração.

Segundo Marta Teotónio Pereira, Client Consultant Senior da Nielsen, “as duas celebrações que marcam o final do ano continuam a ter uma considerável importância e o esforço demonstrado para ter momentos de convívio ajuda a impulsionar os gastos de consumo que verificamos no mercado durante este período. A existência de produtos tradicionalmente consumidos nesta época faz com que, inevitavelmente, estes conquistem lugar à mesa e debaixo da árvore de Natal dos portugueses. O mês de dezembro é, assim, de ganhos significativos para marcas e retalhistas, num dos momentos-chave para o consumo no ano e que mais contribui para os resultados anuais de vendas no mercado nacional”.

Portugueses escolhem Paris para passar a época festiva de 2019

  • Paris, Londres e Luxemburgo são os destinos mais procurados pelos portugueses para passar o Natal este ano
  • No que respeita à Passagem de Ano, Paris e Londres continuam a liderar, mas o Funchal junta-se ao Top 3
  • Os portugueses vão gastar, em média, entre 300€ e 400€ nas suas férias de final de ano.

Segundo a eDreams pôde apurar, Paris é a cidade mais procurada pelos portugueses para o Natal deste ano, seguindo-se-lhe Londres e Luxemburgo. Os restantes destinos que compõem este Top 10 de viagens incluem cidades na Suíça e Bélgica que, juntamente com o Luxemburgo, são tradicionais destinos de emigração portuguesa, o que pode explicar esta afluência na época natalícia, em que as famílias procuram reunir-se. Os arquipélagos portugueses também marcam presença neste ranking com Funchal e Ponta Delgada – esta última, recorde-se, foi uma das cidades com mais procura pelos portugueses durante todo o ano de 2019.

 

A data mais popular de partida para estas férias é dia 21 de dezembro, um sábado. Ir até Paris no Natal vai custar, em média, 315€. Os preços para Londres (330€), Luxemburgo (260€), Genebra (350€) ou Zurique (275€) não são muito díspares, mas se quiser viajar para o Funchal (968€) ou para São Paulo (1.166€), por exemplo, a sua carteira já vai sentir a diferença de forma mais acentuada.

 

O estudo revela também as cidades que registam maior crescimento da procura, no Natal deste ano, em relação ao mesmo período do ano passado: São Paulo (64%), Dublin (33%), Eindhoven (25%) e Ponta Delgada (19%).

Segundo a eDreams, para além do Natal, Paris é também a cidade mais procurada pelos portugueses para viajar nesta Passagem de Ano; Londres continua na segunda posição, mas o Funchal sobe agora ao terceiro lugar do Top – o que facilmente explicável, uma vez que a cidade madeirense é o destino português de excelência para passar a noite de 31 de dezembro.

Alguns dos restantes destinos que compõem este Top 10 coincidem com o das viagens natalícias, como Ponta Delgada, Amesterdão, São Paulo ou Genebra, mas vemos também cidades diferentes, como é o caso de Madrid, Roma e Viena. De novo, os portugueses não procuram sair muito da Europa nestas férias, apenas São Paulo é a exceção.

A data mais popular de partida para as férias da Passagem de Ano é o dia 31 de dezembro e verifica-se alguma variação nos preços das viagens em relação à semana anterior. E se fica mais caro viajar para Paris (484€), Londres (427€) ou São Paulo (1.369€), em contrapartida é ligeiramente mais barato ir até ao Funchal (888€) ou a Genebra (315€).

Finalmente, este estudo da eDreams revela ainda as cidades que registam maior crescimento da procura para a Passagem de Ano de 2019, em relação ao mesmo período do ano passado: novamente Viena (com um crescimento de 150%), Londres (133%), Roma (120%), Ponta Delgada (86%) e a própria cidade mais popular entre os portugueses, Paris (85%).

Ranking dos destinos preferidos para a Passagem de Ano de 2019 

TOP 10 – Destinos preferidos para a PDA 2019
1 Paris
2 Londres
3 Funchal
4 Ponta Delgada
5 Madrid
6 Amesterdão
7 São Paulo
8 Genebra
9 Roma
10 Viena

 

TOP 10 – Destinos preferidos para o Natal 2019
1 Paris
2 Londres
3 Luxemburgo
4 Funchal
5 Genebra
6 Zurique
7 Bruxelas
8 Ponta Delgada
9 São Paulo
10 Amesterdão

Grupo Hotéis Real sugere presentes de Natal para toda a família

Para que possa surpreender quem mais gosta, os Hotéis Real sugerem um voucher presente com opções a partir de 25€. Massagens ou tratamentos Real Spa Therapy, um brunch em família, um jantar romântico ou um fim-de-semana a dois, são apenas algumas das experiências que pode oferecer em Lisboa, Oeiras, Cascais, Albufeira e Olhão. 

Para além dos vouchers disponíveis todo o ano, tem neste Natal as Edições Especiais de Natal. Um voucher para usar em massagem ou tratamento Real Spa Therapy (25€ = 50€), onde por 25€ o valor de usufruto se transforma em 50€. Para gastronomia, tem também o voucher de refeição para duas pessoas (40€=80€), onde o valor de usufruto se transforma em 80€. Sendo uma edição limitada, estes vouchers especiais podem ser adquiridos até dia 15 de Janeiro 2019. 

Se prefere proporcionar momentos especiais, pode optar por oferecer uma escapadinha de fim-de-semana. Tem disponíveis os vouchers de alojamento em qualquer unidade do grupo, com voucher de uma noite para duas pessoas em quarto duplo desde 70€ ou voucher de duas noites desde 125€. Tem ainda opções de vouchers com alojamento que incluem um circuito thalassoterapia ou hidroterapia. 

Para oferecer boa energia e bem estar, opte por um voucher de massagem ou tratamento Real Spa Therapy desde 25€, onde o valor final é definido por si, ou mesmo escolher o tratamento que mais gosta para oferecer. Para começar o ano em mudança positiva, tem ainda um voucher com sessão de PT Avaliação Plano de Treino e Dicas de Nutrição desde 50.00€. 

Se são os sabores que despertam os sentidos dos que mais gosta, ofereça simplesmente experiências de gastronomia  ou de gastronomia combinada com Real Spa Therapy. Vouchers de Brunch em Família desde 40€ para duas pessoas, voucher de refeição para duas pessoas desde 60€, ou uma combinação de Brunch Circuito thalassoterapia ou hidroterapia desde 50€. 

Para além destas ofertas e sugestões, tem também a possibilidade de personalizar um voucher à sua medida, com as ofertas que desejar incluir. 

Adquirir e oferecer um dos vouchers é simples, basta escolher o tipo de voucher e enviar um e-mail para vouchers@hoteisreal.com com o seu pedido e respectivo nome, morada e NIF. O voucher ser-lhe-à enviado pronto a oferecer! 

Surpreenda quem mais gosta com um presente Realmente especial. 

Saiba mais em realhotelsgroup.com/natal-reveillon

Sobre o Grupo Hotéis Real:

Fundado em 1994 por João Bernardino Gomes, os Hotéis Real, grupo português de hotelaria tradicional, apresenta soluções versáteis e inovadoras assentes nos valores da Portugalidade e no serviço de excelência.

24 anos após a sua fundação, o grupo conta com dez unidades distribuídas pelas zonas da Grande Lisboa e Algarve, onde a aposta no conforto dos ambientes acolhedores é evidente, aliando o bem-estar dos SPA e os sabores da melhor cozinha Portuguesa.

O grupo aposta também na polivalência, diversificando e complementando a sua oferta, oferecendo experiências adequadas a cada momento da vida, e ajustando a diferentes expectativas, necessidades e motivações.

A Campanha de Natal da Zomato oferece presentes a dobrar com Zomato Gold

O Natal ficou mais dourado com a campanha de Natal do Zomato Gold – a subscrição integrada na app Zomato que tem levado foodies de Norte a Sul do país a descobrir novos sítios para comer e beber fora de casa e ter acesso a ofertas em todos eles, em Lisboa e no Porto.

A partir de hoje, todos os subscritores que escolham comprar uma subscrição de 3 meses (24€), 6 meses (34€) ou de 12 meses (59€) para si, recebem uma segunda subscrição Zomato Gold de oferta com a duração de três meses para oferecer a alguém especial e tornar esta quadra ainda mais única. Esta campanha está disponível até ao dia 23 de dezembro.

Um presente “ dois em um ” destinado a todos os amantes de comida e de experiências gastronómicas diferentes todos os dias mas que não dispensam uma boa companhia para partilhar as suas refeições.

O Zomato Gold é a subscrição que oferece o segundo prato mais caro da conta ou até duas bebidas gratuitas nos vários parceiros que se distribuem entre Lisboa e o Porto, numa lista em crescimento constante e que já engloba uma grande variedade de restaurantes e bares.

Até ao momento, os membros Zomato Gold somam 95 mil visitas aos restaurantes e bares parceiros, nas duas cidades. A Zomato estima que, em cada ida ao restaurante exista uma média de 2.6 pessoas sentadas à mesa. Sendo o consumo médio por pessoa de 15 euros, a Zomato afirma que o Zomato Gold já gerou mais de três milhões e setecentos euros em lucro nos parceiros.

Para mais informações sobre o Zomato Gold: www.zoma.to/gl
Regulamento da campanha: bit.ly/NatalZomatoGold

Sobre a Zomato
A Zomato é uma app de descoberta de restaurantes que disponibiliza informação sobre mais de um milhão de restaurantes em 23 países.
O conteúdo detalhado e atualizado da Zomato inclui os menus dos restaurantes, fotos tiradas pelas equipas que percorrem as ruas nas várias cidades onde está presente, coordenadas e outras informações; os utilizadores podem avaliar e dar opinião sobre os restaurantes, bem como criar a sua própria rede de foodies com recomendações personalizadas.

Em Portugal, a plataforma conta com 8,5 milhões de visitas por mês, sendo a plataforma de descoberta de restaurantes mais completa para quem procura opções para comer fora, entregas ao domicílio, serviço de take-away ou sair à noite. A plataforma está disponível nas versões web ( www.zomato.com ) e mobile (iOS, Android e Windows Phone).

“É Natal em Beja”

‘É NATAL EM BEJA’ assina esta campanha que abrange um conjunto de atividades de animação e incentiva as compras de Natal no comércio tradicional de Beja.

Até 6 de janeiro estão previstas várias atividades de animação, música, teatro, animação de rua, mercado, oficinas de cozinha e de artesanato, passagem de modelos, sorteio e concursos, entre outras, que convidam à participação de todos.

De 7 a 9 de dezembro está de regresso o Mercado de Natal. Até às 18h30 de domingo, entre o Jardim do Bacalhau e as Portas de Mértola, incentiva-se a visita ao centro histórico e promovem-se os produtos agroalimentares, artesanato e livros .

A Chegada do Pai Natal, momento alto desta programação, terá lugar no sábado, dia 8, pelas 11 horas e promete momentos mágicos para os mais novos. Siga a rota e venha com os miúdos dar as boas-vindas ao Pai Natal.

(Rota da chegada do Pai Natal:  Av. Miguel Fernandes -> Rua da Liberdade -> Jardim do Bacalhau -> Rua Capitão João Francisco de Sousa -> Portas de Mértola – > Terreiro dos Valentes -> Rua do Canal -> Rua Gomes Palma -> Rua de >Mértola -> Rua do Canal -> Largo dos Correios – > Rua da Infantaria 17 -> Rua das Portas de Mértola -> Rua Condes da Boavista -> Rua dos Infantes -> Praça da República -> Rua das Lojas -> Portas de Aljustrel -> Casa do Pai Natal)

O Pai Natal fica por cá para receber as cartas e tirar fotografias, fixando-se a partir desta data na Casa do Pai Natal, na Rua Capitão João Francisco de Sousa, onde decorrem muitas atividades para crianças.

Nos dia 7 e 8, das 10h00 às 22h00, terá lugar a IV Feira de Doçaria Conventual e Regional no Museu Regional Rainha D. Leonor, uma iniciativa promovida pelos alunos do Curso Profissional de Animação em Turismo do Agrupamento de Escolas nº2 de Beja.

O Grupo de Teatro da Sociedade Filarmónica Capricho Bejense apresenta a peça de teatro “O Natal das Bruxas”, na Sala Estúdio do Pax Julia, na sexta-feira, dia 14, pelas 14h30, e no sábado, dia 15, com sessões agendadas para as 15h00 e 16h00.

No dia 22 de dezembro, temos mais uma edição do Mercado Livre, pela associação ARRUAÇA, junto ao Museu Regional Rainha D. Leonor.

Em janeiro, a festa chega à Praça da República, com o bolo-rei gigante acompanhado de animação musical, insufláveis e outras atividades, dia 4, pelas 15h00.   No dia 5, pelas 11h00, decorrerá o Cante aos Reis.

As compras realizadas no comércio local durante este período permitem, mediante o preenchimento de um cupão, habilitar os compradores a diversos prémios que estarão a sorteio no dia 5 de janeiro, pelas 12h30. 

A par destas iniciativas, a Câmara Municipal de Beja investe fortemente na iluminação alusiva à época que decora as principais artérias comerciais com luzes de Natal já a partir de dia  1 dezembro.

Transavia lança campanha para juntar emigrantes aos seus familiares este Natal

Este ano é em casa da Luísa. Não espere. Vá! Este é o mote da nova campanha de media em Portugal da Transavia que, em conjunto com a Boeing, visa promover a sua oferta conveniente e flexível junto dos familiares de emigrantes e diáspora portuguesa, convidando-os a viajar e celebrar juntamente com os seus mais próximos em França e na Holanda esta época de Natal e Ano Novo.

Desenvolvida pela b+, tem início hoje e termina a 30 de novembro. Reserve os seus voos a partir de 29 euros (ida simples) para Paris, Lyon ou Amesterdão com a low-cost do Grupo Air France-KLM, a companhia aérea europeia empenhada em making low-cost feel good. Transavia. É um prazer.

Sobre a Transavia

A Transavia, companhia aérea low-cost do Grupo Air France-KLM, opera mais de 220 rotas aéreas com partidas de França (Paris, Nantes e Lyon)  e Holanda (Amesterdão, Roterdão/A Haia, Eindhoven e Groningen) na Europa e bacia do Mediterrâneo. Com mais de 14,8 milhões de passageiros transportados em 2017, a Transavia é hoje a primeira companhia low-cost com partida de Orly e a segunda de Paris (Beauvais, Roissy, Orly). Para satisfazer cada vez mais e melhor os seus passageiros, a Transavia tem no centro dos seus compromissos a qualidade dos seus serviços e a proximidade das suas tripulações. Essa postura valeu-lhe a atribuição do prémio Skyscanner «Travel Trust 2018» e do rótulo Capital ‘Melhores Insígnias 2019’ na categoria Transportes.

Rotas portuguesas da Transavia em Portugal no inverno de 2018-19

De/para Paris Orly: Faro, Funchal, Lisboa e Porto | De/para Nantes: Faro, Funchal, Lisboa e Porto | De/para Lyon: Funchal, Lisboa e Porto | De/para Amesterdão: Faro, Funchal, Lisboa e Porto | De/para Roterdão/Haia: Faro, Lisboa | De/para Eindhoven: Faro, Lisboa | Do/para Porto: Funchal | De/para Funchal: Porto

Maduro acusa Portugal de sabotar a importação de pernil de porco

“O que se passou com o pernil? Fomos sabotados e posso dizer de um país em particular, Portugal. Estava tudo pronto, comprámos todo o pernil que havia na Venezuela, mas tínhamos que importar e sabotaram a compra”, disse Nicolás Maduro.

O Presidente da Venezuela referiu que fez um plano e acertou os pagamentos, mas que “foram perseguidos e sabotados os barcos” que traziam o pernil.

Nicolás Maduro lamentou ainda que alguns países tenham bloqueado as contas bancárias que iriam ser utilizadas para efetuar os pagamentos.

Porto: Comércio tradicional aumentou entre 15 a 20% com vendas de Natal

“Até à data de hoje, e desde o início do mês, há mais 15% a 20% de vendas no comércio tradicional em relação à mesma época de 2016″, avançou à Lusa o presidente da Associação de Comerciantes do Porto (ACP), Nuno Camilo, argumentando que “o consumo está a “aumentar de forma considerável”, porque “há um sentimento de maior confiança” e “um aumento de conforto”.

Os dois feriados nacionais recentes — dias 01 e 08 de dezembro -, associados ao fenómeno da ‘Black Friday’ (dia com descontos), assim como uma “boa oferta de parques de estacionamento” e vários de meios de transporte públicos, que ajudam as pessoas a sair de casa, são alguns dos argumentos que Nuno Camilo enumera para justificar o aumento entre os 15% a 20% nas vendas no comércio tradicional em vários setores na cidade do Porto.

Além das vendas presenciais, há um outro fenómeno que está a ajudar a alavancar o aumento dos negócios que são as “vendas online”, observa ainda Nuno Camilo.

“Neste momento existe o sentimento de que a crise passou e acho que no dia 23 de dezembro poderemos fazer um balanço ainda melhor”, sugere o presidente da ACP.

Em 2016, a Associação de Comerciantes do Porto já tinha referido que as vendas do comércio tradicional do Porto para a época festiva do Natal e Passagem de Ano estavam a aumentar 20% face ao período homólogo de 2015 “numa perspetiva transversal”.

Na altura, a previsão do aumento de volume de negócios no comércio tradicional para a época natalícia explicava-se, segundo Nuno Camilo, por quatro principais razões que se prendiam com o “aumento da segurança nas ruas”, o “aumento de turistas”, “aumento da reabilitação urbana” e “uma política de eventos para a cidade”.

Nuno Camilo refere que essas quatro principais razões apontadas em 2016 se replicam em 2017, ano a que se somam agora mais os fenómenos dos dois feriados nacionais e da ‘Black Friday’, assim como a oferta de transportes públicos e de parques de estacionamento.

Nuno Camilo considera ainda que aumento da diversificação de “novos produtos” alimentares e a implementação de “novos espaços comerciais”, como hotéis, hostels, geladarias, lojas de aluguer de bicicletas e de motas ou lojas de material de papelaria diferenciado, ajudam também ao aumento das vendas no Natal.

Re-food e Uber unidos por famílias carenciadas

Em comunicado, a Uber refere que, a partir de hoje e até sexta-feira, a empresa definiu um plano de iniciativas solidárias para contribuir para a missão da Re-food, com os motoristas e parceiros que viajam com a aplicação, e que aceitem juntar-se à iniciativa, a contribuir com o seu tempo para ajudar os voluntários que fazem a recolha e entrega de alimentos em Lisboa, no Porto e em Faro.

“Esta parceria irá permitir que os nossos utilizadores contribuam para uma missão solidária nas cidades onde operamos atualmente. Para além disso, acreditamos que ao ligarmos motoristas e voluntários Re-food podemos aumentar o número de refeições entregues às famílias portuguesas. Algo que só é possível pelo tempo e solidariedade da comunidade de motoristas que aderiu muito positivamente a esta iniciativa”, referiu Rui Bento, Diretor Geral da Uber para a Ibéria, citado no comunicado.

A missão da Re-food – associação sem fins lucrativos – é agregar comida em excesso de cafés, restaurantes, fábricas de produtos alimentares e outros estabelecimentos e distribuir por famílias carenciadas.

A Uber irá também doar viagens para ajudar na operação, garantindo que mais refeições são recolhidas e distribuídas pelas famílias portuguesas que necessitam.

A parceria Uber/Re-food vai ainda mais longe com a criação de um restaurante virtual na aplicação Uber Eats com o nome Re-food. Os artigos do menu são simbólicos e servem apenas para representar o valor de uma doação, sendo o valor monetário final revertido integralmente a favor da associação.

O restaurante vai estar disponível até dia 22 de dezembro entre as 12:00 e as 20:00 para quem quiser contribuir.

“O movimento Re-food está muito feliz por celebrar esta parceria. Primeiro, parte da nossa missão é a inclusão de toda a comunidade e a Uber representa uma força inovadora e mobilizadora, operando em muitas das mesmas comunidades onde a Re-food já está a servir. Deslocar para recolher boa comida é essencial para o trabalho da Re-food e a total disponibilidade da Uber e da comunidade de motoristas irá aumentar a nossa capacidade de servir quem mais precisa”, disse Hunter Halder, fundador da associação Re-food.

LUSA

Natal na Pampilhosa da Serra solidário com vítimas dos fogos

Organizada pela Câmara da Pampilhosa da Serra, no distrito de Coimbra, a iniciativa ‘Inspira Natal e Solidariedade’ é inaugurada na sexta-feira, às 15h00, seguindo-se a atuação, uma hora depois, do Avô Cantigas, nome artístico de Carlos Alberto Vidal, natural do vizinho concelho da Lousã, mas radicado em Lisboa desde a infância.

O programa de cinco dias (15, 16, 17, 22 e 23 de dezembro), com a atuação de bandas e grupos de música tradicional de diversos pontos do país, compreende, já no domingo, o início da encenação do presépio ao vivo e um espetáculo pelo tocador de cavaquinho Amadeu Magalhães, às 12h00 e às 20h30, respetivamente.

O artista Tony Carreira, com raízes no município da Pampilhosa da Serra, protagoniza um “concerto solidário” acústico, no dia 23, às 16h00.

A Pista de Gelo e o Festival da Filhó Espichada, com confeção ao vivo desta iguaria natalícia local, são outras propostas da organização para todos os dias do programa.

No cartaz, a autarquia liderada pelo social-democrata José Brito apela à participação das pessoas, para que possam “saborear e reviver o tradicional Natal serrano” e ajudar as vítimas dos incêndios que fustigaram o concelho nos últimos meses.

Apoiada por diversas entidades, a iniciativa inclui ainda uma mostra de artesanato e produtos tradicionais, tabernas e animação de rua para todas as idades.

EMPRESAS