Inicio Tags Oferta formativa diferenciadora

Tag: oferta formativa diferenciadora

“O ENSINO DO DESPORTO NUMA CIDADE DO DESPORTO”

JOÃO MOUTÃOA funcionar desde 1998, a ESDRM, é uma instituição de referência na formação do ensino superior, na área do desporto, e que conta atualmente com cerca de mil estudantes (muitos vindos de diversas partes do mundo através do programa Erasmus), cem professores e funcionários não docentes e uma oferta formativa muito específica e adaptada às necessidades do mercado do desporto.

O aparecimento da ESDRM está associado à aposta que Rio Maior fez no desporto enquanto eixo estratégico para o seu desenvolvimento. Rio Maior intitula-se como a cidade do desporto por concentrar um conjunto vasto de premiadas infraestruturas desportivas, as quais servem de suporte ao desenvolvimento das atividades desportivas de entidades como a Escola Superior de Desporto, o Centro de Estágios e Formação Desportiva, o Centro de Alto Rendimento de Natação, entre outras. Aqui respira-se e transpira-se “desporto”, começa por referir João Moutão.

Esta aposta inovadora marca também a natureza do projeto educativo da ESDRM, o qual veio romper com o paradigma de formação generalista existente na altura. A oferta formativa diferencia-se por ser orientada para as profissões do desporto, com forte ligação ao mercado de trabalho, e assente num sólido saber de base científica, pedagógica e tecnológica. “Esta oferta formativa diferenciadora vai ao encontro da evolução do mercado profissional do desporto em Portugal, o qual se tem segmentado em contextos específicos de intervenção”, explica o diretor.

353dd8_16cf2d910a86498da776eb930162e0c9

OFERTA FORMATIVA
As licenciaturas da escola (3 anos; 6 semestres; 180 ECTS) orientam-se para: o contexto do Treino Desportivo, visando a formação de treinadores de desporto numa modalidade específica à escolha do estudante; o contexto do Fitness, para o qual formam Técnicos de Exercício Físico e Diretores Técnicos de ginásios e academias, responsáveis por avaliar a condição física e desenvolver programas de treino; o contexto do Desporto de Natureza e Turismo Ativo, objetivando a formação de técnicos especializados nas atividades físicas e desportivas de contato com a natureza, que dominem os equipamentos e normas de segurança próprias; o contexto da Gestão do Desporto, dando resposta à crescente procura de quadros especializados que possam intervir no vértice estratégico das organizações desportivas permitindo-lhe estabelecer a estratégia, os objetivos e as políticas globais de desenvolvimento; e, por último, o contexto da Atividade Física e Estilos de Vida Saudáveis, formando profissionais com competência para promover a mudança de comportamentos e prevenir as principais doenças crónicas associadas ao sedentarismo, como a obesidade e a diabetes tipo II, assim como as doenças cardiovasculares. Mais recentemente, a escola desenvolve também Cursos Técnicos Superiores Profissionais (TeSP), os quais têm a duração de 2 anos (4 semestres; 120 ECTS) e pretendem atrair para o ensino superior um público não só de jovens, mas também de adultos que queiram aprimorar as suas competências de intervenção profissional. Atualmente está disponível um TeSP em Vendas de Produtos e Serviços do Desporto, vocacionado para a formação de comerciais na área do desporto, e um TeSP em Manutenção de Piscinas, direcionado para a formação de técnicos para realizar as tarefas de conservação e manutenção de piscinas, com recurso a técnicas de gestão e controlo funcional.

TD_aulafutebol
“Pretendemos que o nosso ensino seja centrado no estudante e no seu objetivo profissional, promovendo, ao longo do curso, diferentes momentos de contato com instituições nas suas áreas de especialização e interesse”, realça João Moutão. Este contato gradual culmina com a realização de um estágio em regime tutorial, permitindo uma integração no mercado de trabalho cruzada com a aplicação dos conhecimentos adquiridos. Nesta escola “levamos muito a sério a questão da empregabilidade”, avança João Moutão. “É para isso que trabalhamos”. No final de cada ano a ESDRM realiza sempre uma grande exposição final de estágios, que denominam de “BlastOff”, a qual visa dar visibilidade junto das entidades empregadoras às competências adquiridas pelos estudantes finalistas, promovendo o seu recrutamento. Este ano o “BlastOff” inclui pela primeira vez um concurso de ideias no âmbito da inovação e empreendedorismo no desporto, denominada Sportup Challenge Day. Neste concurso, as melhores ideias e planos de negócios desenvolvidos pelos alunos são apresentados e avaliados por um júri de reputadas personalidades do ecossistema empreendedor da região. “Achamos que esta é uma forma de estimular o espírito empreendedor junto dos nossos estudantes, promovendo o seu autoemprego, através do apoio à maturação das suas ideias de negócio”, afirma o diretor. O desenvolvimento da ESDRM também se tem centrado na investigação aplicada ao desporto. Tem mais de 70% do corpo próprio da ESDRM é doutorado e está afiliado a centros de investigação reconhecidos pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, como seja o Centro de Investigação em Qualidade de Vida (CIEQV), e o Centro de Investigação em Desporto, Saúde e Desenvolvimento Humano (CIDESD).

RIO MAIOR NOS JOGOS OLÍMPICOS
Rio Maior – a Cidade do Desporto – tem seguramente uma das maiores comitivas de atletas com ligações ao concelho que estão presentes nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, a realizarem-se de 5 a 21 de agosto. Ao todo, entre atletas, treinadores e até a presidente da autarquia, estima-se que 19 “riomaiorenses” viajaram até ao Rio de Janeiro, muitos deles fruto da instalação na cidade do Centro de Estágios e da Escola Superior de Desporto. Um motivo de orgulho para a escola que reflete o trabalho que tem desenvolvido e a preocupação da envolvência entre toda a comunidade académica e a população local para continuar a fazer de Rio Maior a cidade do desporto.

MASSIFICAR O ENSINO SUPERIOR
Manuel Heitor, Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, defende que Portugal deve ter mais estudantes e que o acesso ao conhecimento passa por “massificar o ensino superior”. A aposta na qualificação dos portugueses é algo com o qual João Moutão concorda. De acordo com a OCDE em Portugal um licenciado ganha, em média, mais 69% do que a população com o ensino secundário. Apesar disso, o diretor refere que “apenas 31% dos jovens adultos (dos 25 aos 35 anos) em Portugal tem formação superior, o que reflete um baixo nível de qualificação se considerarmos que a média dos países da OCDE se situou nos 50% em 2015. O mesmo é concluir que não temos instituições de ensino a mais, temos estudantes a menos”.

Workshop_Surf-8
Também o setor do desporto, em constante desenvolvimento, reclama por uma maior qualificação. “Não tenho dúvidas nenhumas de que os sucessos desportivos que o País está a viver se devem em parte ao aumento da qualificação profissional verificada neste setor nos últimos anos. É esse o caminho”, refere o diretor.
A experiência de estudar numa localidade pequena como Rio Maior nada tem a ver com a de estudar num grande centro urbano. Aqui os estudantes passam grande parte do tempo juntos e estabelecem laços de amizade muito fortes. Para além de ser uma cidade segura, nunca ninguém está sozinho. Existe um forte sentimento de “família” que é experienciado em Rio Maior e que, poderá explicar a frase muitas vezes repetida de esta ser a melhor escola de desporto do mundo.

De acordo com dados disponibilizados pela Direção-Geral do Ensino Superior, para o concurso que arrancou no dia 21 de julho até 10 de agosto, há mais 133 vagas do que as 50.555 disponibilizadas no ano anterior, o que se traduz num aumento ligeiro, distribuído entre várias instituições, mas que contraria uma tendência de queda do número de vagas iniciada em 2012. Quanto às expectativas no que diz respeito ao número de candidatos à ESDRM para o novo ano letivo, o diretor acredita que a qualidade da oferta formativa diferenciadora que a escola apresenta são razões para que se continue a verificar o aumento do número de candidatos observado no ano passado.

IMG_3901

EMPRESAS