Inicio Tags Patrulhamento

Tag: patrulhamento

GNR intensifica patrulhamento nas estradas a partir de hoje

Segundo a Guarda Nacional Republicana, o reforço do patrulhamento nas estradas tem como objetivo “prevenir a sinistralidade rodoviária, garantir a fluidez do tráfego e apoiar todos os utentes das vias, no sentido de lhes proporcionar uma deslocação em segurança”.

A GNR chama a atenção para a possibilidade de ocorrerem acidentes nesta altura do ano, devido à existência de uma maior procura de eventos e de espaços de diversão, muitas vezes “associada ao cometimento de alguns excessos”.

Durante a operação “Ano Novo”, a GNR vai estar “particularmente atenta” à deslocação para os locais de diversão e de grande concentração de pessoas, devido às celebrações da passagem de ano, para “evitar comportamentos de risco por parte de condutores de veículos, com especial atenção aos condutores de ciclomotores e motociclos”.

Para a operação vão estar mobilizados militares da Unidade Nacional de Trânsito e dos Comandos Territoriais, que vão focar a sua atenção na condução sob a influência do álcool e de substâncias psicotrópicas, excesso de velocidade, manobras perigosas, incorreta ou não utilização do cinto de segurança e cadeirinhas para crianças e não utilização de equipamentos de proteção por parte dos motociclistas.

Os militares da GNR vão ainda efetuar ações de sensibilização dirigidas a peões, ciclistas e motociclistas.

LUSA

GNR reforça vigilância nas áreas com maior risco de incêndio

Numa nota enviada à agência Lusa, a Guarda Nacional Republicana adianta que este plano de reforço de ações de patrulhamento, vigilância e prevenção começou a 1 de julho.

Segundo a GNR, estas ações têm como objetivo a prevenção da criminalidade, nomeadamente através da monitorização de comportamentos de risco que possam resultar em incêndios, bem como contactar com as populações afetadas pelos fogos.

A GNR explica que o contacto com as populações tem como finalidade “identificar e sinalizar situações críticas que necessitem ou recomendem a intervenção urgente de outras entidades”, como a segurança social ou as autarquias, e daquelas “consideradas de risco ou que possam constituir perigo para os cidadãos e seus bens”.

Este patrulhamento está a ser realizado por militares dos postos territoriais, secções de programas especiais e destacamentos de intervenção e de trânsito, além de elementos de núcleos de proteção ambiental e do Grupo de Intervenção Proteção e Socorro.

EMPRESAS