Inicio Tags Say U Consulting

Tag: Say U Consulting

Comunicar o Empreendedorismo

????????????????????????????????????

A IX edição do concurso de empreendedorismo da Acredita Portugal chegou ao fim e para os sete projetos vencedores – escolhidos de entre mais de 10.000 ideias inscritas – este é o momento de entrada no mercado e teste à sua viabilidade e aceitação pelo público. Num contexto de enormes obstáculos que se apresentam a novos projetos, coloca-se a questão de como conseguir lidar com os desafios da Comunicação no contexto de uma startup e como criar buzz à volta de um produto ou serviço sem gastar uma fortuna.

Os números apontam um cenário de dificuldades aos empreendedores – um terço das startups fecha ao fim de um ano, tendo de lidar com questões relacionadas com a falta de perspetiva e de feedback de stakeholders, recursos limitados, lacunas na estratégia desenhada ou a incapacidade de adaptação perante as adversidades encontradas pelo caminho.

Neste cenário o papel da Comunicação pode ser relegado para um segundo plano, apesar de a capacidade para comunicar eficazmente constituir um suporte à visibilidade e contacto com possíveis parceiros, investidores e clientes, potenciar a reputação, atuar como uma forma de criar uma mensagem original e alavancar o processo comercial.

Perante os desafios identificados para projetos neste âmbito, a Say U Consulting fez da experiência proporcionada pela parceria desenvolvida com a Acredita Portugal o mote para criar o modelo “GO360º”, uma metodologia de Comunicação pensada para potenciar uma resposta estruturada de comunicação a startups e projetos emergentes e de suporte às suas metas de negócio.

Marta Gonçalves, Managing Partner da Say U Consulting, reforça o papel da consultora apontando “um contexto atual no mercado nacional que revela uma preponderância do fenómeno startup e uma apetência acrescida para colocar em prática projetos de natureza empreendedora. Constatámos, ao longo de sete anos desta ligação à Acredita Portugal, a relevância de existirem ferramentas que potenciem ideias e a relação de empreendedores com outros stakeholders. Um objetivo que apenas poderá ser plenamente alcançado através de uma estratégia de visibilidade e alcance eficaz para os projetos que dão os primeiros passos na sua implementação.”

Para Fernando Fraga, Head of Innovation da Acredita Portugal, “a parceria com a Say U Consulting é extremamente importante para a Acredita Portugal do ponto de vista estratégico, permitindo-nos comunicar de forma eficiente junto dos empreendedores e potenciais parceiros. Este apoio tem sido fulcral no desenvolvimento sustentável de uma associação sem fins lucrativos que todos os anos ajuda milhares de empreendedores.”

A Say U Consulting é responsável pela divulgação do Concurso de Empreendedorismo Montepio Acredita Portugal. Desde o início desta parceria, em 2013, a consultora é também responsável pelo desenvolvimento da estratégia de reposicionamento da Acredita Portugal, a divulgação da iniciativa e a disponibilização de estratégias de comunicação para semifinalistas, finalistas e vencedores do Concurso. 

Os 7 projetos vencedores na IX edição do Concurso Montepio Acredita Portugal: 

Empreendedorismo Social

– “Pata D’Açúcar” – Um projeto que alia duas causas sociais: diminuição do abandono animal e aumento da qualidade de vida das pessoas com diabetes. Por um lado, contribui para a diminuição da taxa de abandono animal através do regaste de cães de abrigo, do treino dos mesmos para deteção antecipada de baixas dos valores de glicémia no sangue e posterior entrega para tutela dos mesmo a pessoas com diabetes.

Prémio Brisa Mobilidade 2019

“SAFY: a sua segurança em mobilidade urbana” – A SAFY pretende criar um produto que se associe a vários tipos de veículos elétricos (bicicletas/trotinetas/segways). Sendo a segurança e a sinalização escassa nestes veículos, este produto associado a um serviço inovador pretende ser uma solução para o problema.

Prémio K.Tech

– “Alfredo” – Tecnologia de inteligência artificial criada para organizar e trazer clareza ao mercado imobiliário.

Prémio Autónoma

– “Escola.Cinema.Ação!” – O projeto Escola.Cinema.Ação! pretende usar o cinema como uma ferramenta de aprendizagem, contribuindo para a educação do público mais jovem e o aumento da literacia visual e inclusão social.

Prémio H2O Inovação by Águas de Gaia

– “SCUBIC” – Plataforma inteligente que melhora a gestão de ativos em redes de água.

Produtos e Serviços

– “iRcycle – Custom Handmade Sneakers” – Transforma plástico recolhido nos oceanos em sapatilhas personalizadas pelo cliente, podendo utilizar outros materiais reciclados e ecológicos.

Saúde e Bem-Estar

“e-Rehab” – Ferramenta online que permite a realização da reabilitação neuropsicológica à distância, com recurso à realidade virtual, favorecendo tanto a estimulação cognitiva, como a reabilitação psicossocial de pessoas com lesão cerebral adquirida, pessoas com perturbações degenerativas, etc.

GS1 Portugal renova estratégia de comunicação para reforçar posicionamento

A GS1 Portugal relança a estratégia de Comunicação com o objetivo de tornar mais clara, presente e percetível a atuação da Associação no mercado nacional e a relevância dos serviços que disponibiliza. Simultaneamente, pretende tornar a comunicação mais alinhada com o Plano Estratégico definido em 2015 para o horizonte 18/20. Tendo surgido associada à aplicação de um sistema de código de barras em Portugal – Sistema GS1 – a GS1 alcança hoje uma realidade alargada enquanto entidade responsável pela adoção e implementação de normas que revolucionam a forma de fazer negócio, em setores tão diversificados como o Retalho e Bens de Consumo, a Administração Pública ou a Saúde, num total de aproximadamente 8 mil Associados.

A estratégia idealizada integra um plano de posicionamento sustentado no contacto dirigido aos órgãos de comunicação social, na presença em plataformas online, em eventos nos quais a organização intervém e na relação de proximidade estabelecida com os Associados da GS1 no mercado nacional, em particular com as Micro e PMEs. Vai ser implementada em parceria com a Say U Consulting.

JOAO_CASTRO_GUIMARAESPara João de Castro Guimarães, Diretor-Executivo da GS1 Portugal, “a realidade de atuação da GS1 Portugal é hoje claramente distinta do início da sua atividade, quando em 1985 a Associação introduziu o sistema de códigos de barras uniformizados em Portugal. A GS1 é hoje mais do que uma organização de standards comerciais, assumindo-se enquanto agente neutro na rede de parceiros que colaboram para melhorar a eficiência das operações, a qualidade da informação comercial, promover o desenvolvimento dos negócios e a partilha de boas práticas numa comunidade empresarial, vital ao sucesso do mercado. Esta intervenção de caráter diversificado é visível na inauguração, no ano passado, da nossa nova Sede e Centro de Inovação e Competitividade, mas também na forte dinamização de projetos de valor acrescentado e na consolidação do nosso papel enquanto parceiro de confiança dos nossos Associados e empresas nacionais”.

A GS1 Portugal tem como principal visão ser o parceiro de confiança dos seus Associados e Stakeholders. É com esta premissa que procura estar ao lado das empresas no sentido de acompanhar a evolução do mercado e apresentar as melhores soluções para responder aos atuais e futuros desafios de mercado, sempre com o objetivo de melhorar a eficiência dos negócios. Desta forma a definição das macrotendências globais[1] – sustentabilidade, saúde e bem-estar, segurança alimentar e economia end-to-end – estão na base da definição das prioridades da GS1 Global, designadamente: transparência, fidelização do cliente, rastreabilidade e modelo de loja de futuro; prioridades que foram consideradas no Plano Estratégico da GS1 Portugal, elaborado em 2015 para o horizonte temporal de três anos, e que é hoje implementado em todas as soluções que são desenvolvidas a nível nacional. Um plano que define, de forma clara e objetiva, qual o posicionamento da GS1 Portugal: um agente neutro, que promove uma rede colaborativa de parceiros de negócio e fomenta a unidade de ação entre as empresas sempre com o objetivo final da satisfação do cliente. Desta forma, a inovação (especialmente na área de serviços para a transformação digital), a garantia da qualidade dos dados dos produtos e a promoção da partilha segura de informação fidedigna ao longo das cadeias de valor são prioridades no trabalho diário da GS1 Portugal.

A Associação assegura que a informação dos serviços, produtos, bens e ativos dos seus Associados é identificada, capturada e partilhada com os seus parceiros comerciais – e recebida por estes com a mesma exatidão e rigor, em qualquer ponto da cadeia de abastecimento, em qualquer parte do mundo. O caráter neutro e sem fins lucrativos permite à GS1 Portugal reunir hoje empresas de toda a cadeia de valor, muitas vezes concorrentes entre si – desde produtores de matérias-primas, detentores de marcas, distribuidores e retalhistas a associações industriais e prestadores de serviços tecnológicos – atuando como um parceiro de confiança na conquista de negócios mais eficientes e sustentáveis.

Sobre a GS1 Portugal:

Fundada em 1985 pela Indústria da Produção e do Retalho, a GS1 Portugal é uma das 112 organizações-membro da GS1 e a entidade autorizada para gerir o Sistema de Standards GS1 em Portugal – desenvolve, adota e implementa normas (standards) que revolucionam a forma de fazer negócios. Perto de 8.000 empresas dos diferentes setores de atividade aderiram e acreditam no Sistema GS1 para transformar a maneira como trabalhamos e vivemos. Informações adicionais em http://www.gs1pt.org.

[1] Estudo The Future Value Chain com a participação da GS1 Global

EMPRESAS