Xiaomi quer reduzir 98% das emissões de gases com efeito de estufa (GEE) até 2040 nos seus principais segmentos operacionais

A empresa pretende dar prioridade ao uso de tecnologias de baixo carbono, acordos de compra de energia verde de longo prazo e gerar energia renovável para reduzir as emissões de GEE ao longo do tempo.

Data:

A Xiaomi acaba de anunciar um plano para reduzir substancialmente as suas emissões de gases de efeito estufa (GEE) chamado de Filosofia Zero Carbono. A Xiaomi irá reduzir as emissões de carbono através da investigação e desenvolvimento de tecnologias limpas, da expansão de técnicas de gestão de resíduos eletrónicos e da implementação de operações e logística verdes.

Estratégia Climática e Filosofia Zero-carbono

A missão da Xiaomi é permitir que todas as pessoas do mundo desfrutem de uma vida melhor através da sua tecnologia inovadora. Como parte dessa missão, a empresa acredita ter a responsabilidade de ajudar a evitar as mudanças climáticas através de inovações tecnológicas e operações ainda mais eficientes. A empresa está determinada a fazer sua parte para acelerar a transição global para uma economia com zero emissões líquidas, inserindo elementos sustentáveis no processo de design e entrega dos seus produtos.

O objetivo da Filosofia Zero-carbono da Xiaomi é aumentar a eficácia e a acessibilidade dos seus produtos, reduzindo a pegada de carbono tanto nos próprios produtos, como nos serviços. A Xiaomi continuará a aumentar o uso de tecnologias de baixo carbono para criar impactos positivos no clima e promover estilos de vida mais sustentáveis e uma sociedade de baixo carbono.

Metas de redução de emissões de GEE

A Xiaomi está a adotar uma abordagem faseada para desenvolver e implementar os seus planos de ação de redução de emissões de gases de efeito estufa (GEE).

A Xiaomi estabeleceu a sua primeira meta de redução de emissões de GEE em 2021, que visava reduzir as emissões per capita de GEE do seu campus em 4,5% até 2026, em comparação com a linha de base de 2020. Até 31 de dezembro de 2022, a empresa alcançou uma redução de 21,12% nas emissões per capita de GEE em relação ao ano base.

Para apoiar a ambição global de atingir emissões líquidas zero até 2050¹, a empresa está empenhada em reduzir as suas emissões de GEE do Âmbito 1 e do Âmbito 2²:

  • Até 2030, reduzir as emissões de GEE³ dos seus principais segmentos operacionais⁴ em pelo menos 70% em relação ao nível do ano base⁵;
  • Até 2040, reduzir as emissões de GEE dos seus principais segmentos operacionais em pelo menos 98% em relação ao nível do ano base, com pré-condições para alcançar emissões líquidas zero⁶;
  • Priorizar o uso de tecnologias de baixo carbono, acordos de compra de energia verde de longo prazo e gerar energia renovável no local para reduzir as emissões de GEE ao longo do período-alvo;
  • Incentivar os principais fornecedores a estabelecer metas de utilização de energia renovável e redução de emissões de GEE que sejam comparáveis ou mais ambiciosas do que as da Xiaomi para alcançar uma redução contínua.

Redução da Pegada Ambiental através da I&D e Economia Circular

As pegadas ambientais têm sido reduzidas de várias formas, com foco sobretudo em quatro áreas: Investigação e desenvolvimento (I&D) de tecnologia limpa, atualizações de produtos, economia circular e gestão de resíduos eletrónicos.

I&D de tecnologia limpa e atualizações de produtos

Em 2022, a Xiaomi investiu mais de 50% das suas despesas totais em I&D em tecnologia limpa. No mesmo ano, a aplicação de patentes e produtos relacionados com tecnologia limpa gerou 59,7% da sua receita. A empresa fez progressos notáveis nesta área e aqui estão alguns exemplos:

Tecnologia de Transmissão de Sinal 5G e Economizadora de Energia: Através de tecnologias economizadoras de energia 5G, como banda larga auto adaptativa e tecnologia de otimização de energia, a Xiaomi aumentou a eficiência de economia de energia dos seus smartphones. Chips WLAN avançados, combinados com a monitorização de energia WLAN e tecnologia de transmissão dinâmica, reduziram o consumo de energia dos seus smartphones em cerca de 30% em comparação com a geração anterior.

Tecnologia de Display Eficiente em Energia: Ao mudar para o Modo Escuro, que muda o fundo dos smartphones para preto, o consumo de energia do display pode ser reduzido em até 70% ao utilizar aplicações específicas.

Tecnologia de Carregamento: Em 2022, mais de 100 milhões de dispositivos inteligentes e terminais utilizaram as tecnologias de carregamento rápido da Xiaomi, o que permitiu poupar quase 57 milhões de kWh de consumo de energia e reduziu 24.852 toneladas de emissões de CO2e em comparação com a tecnologia de carregamento rápido convencional.

Embalagem Eco Friendly: A Xiaomi mudou a sua embalagem para os seus produtos do ecossistema de caixas dobráveis para caixas de cartão achatadas e removeu as pegas de plástico. Através desta atualização, a empresa reduziu o uso de embalagens de papel em média 0,3m² e removeu cerca de 80g de plástico por produto.

Economia circular e gestão de resíduos eletrónicos

Reciclagem e eliminação: Em 2022, a Xiaomi reciclou cerca de 4.500 toneladas de resíduos eletrónicos, incluindo smartphones. De 2022 a 2026, a empresa comprometeu-se a reciclar 38.000 toneladas de resíduos eletrónicos e a usar 5.000 toneladas de material reciclado nos seus produtos.

A Xiaomi continua a expandir o seu programa de troca, aumentando os tipos de produtos recicláveis e a sua cobertura de serviços de reciclagem. A empresa recolhe os artigos na loja, por correio e na morada do consumidor para incentivar os utilizadores a reciclar os seus produtos. No ano passado, a empresa lançou o programa de troca no seu site oficial em alguns mercados europeus. A Xiaomi também trabalha com parceiros qualificados para eliminar os resíduos gerados durante o processo de reparação de produtos eletrónicos e componentes.

Renovação e Reutilização: A empresa está comprometida em promover o desenvolvimento de uma economia circular ao renovar produtos usados. Em 2022, a sua fábrica de renovação renovou cerca de 94.000 smartphones, 5.600 trotinetas elétricas e 6.200 smart TVs, que foram vendidos como produtos certificados renovados.

Aumento da Durabilidade: A Xiaomi considera a durabilidade dos materiais ao selecioná-los para os seus produtos. A empresa desenvolveu materiais cerâmicos resistentes ao desgaste e materiais sintéticos de couro de silicone usados em muitos dos seus smartphones. Estabeleceu padrões de teste para resistência à poeira, à água e a quedas que excedem os padrões internacionais. Em 2022, a Xiaomi lançou uma bateria de longa duração com capacidade total de carga e descarga que tem um tempo de vida útil 25% mais longo do que as versões anteriores.

¹ Objetivo a longo prazo do Acordo de Paris.

² As emissões de gases de efeito estufa (GEE) da Xiaomi incluem principalmente dióxido de carbono (CO2), metano (CH4), óxido nitroso (N2O) e hidrofluorocarbonos (HFCs). O total de emissões de GEE é reportado em termos de equivalente de dióxido de carbono. A Xiaomi calculou as emissões de GEE das instalações e operações de sua propriedade, bem como as emissões da cadeia de valor a montante e a jusante da Xiaomi. Os detalhes do âmbito de emissões de GEE incluem:

Emissões diretas de GEE (Âmbito 1): GEE diretamente gerados a partir do uso de gás natural e gasolina para operações e emissões fugitivas de refrigeração, equipamentos de supressão de incêndios e emissões fugitivas de GEE do processo de tratamento de águas residuais.

Emissões indiretas de GEE (Âmbito 2): Emissões de GEE geradas a partir do consumo de eletricidade e calor para operações.

³ Emissões de GEE: Refere-se às emissões de GEE da empresa (valor absoluto) calculadas de acordo com padrões como o Protocolo de GEE e o padrão ISO 14064.

⁴ Principais segmentos operacionais: Smartphone, produtos IoT e lifestyle, Serviços de internet e outros (mesmo âmbito dos segmentos operacionais indicados no Relatório Anual de 2022).

⁵ Ano base: 2021.

⁶ Emissão líquida zero: Refere-se à definição e diretrizes de emissão líquida zero do padrão ISO Net zero guidelines (IWA 42:2022), em que as emissões residuais de GEE no ano alvo estão alinhadas com as trajetórias baseadas em ciência para limitar o aquecimento global em 1,5°C.

Partilhar

Revista Digital

Revista Pontos de Vista Edição 128

Popular

Mais Artigos deste tipo

Queens of The Stone Age atuam em agosto no festival de Vilar de Mouros

O festival decorrerá de 21 a 24 de agosto...

Burger King em Silvares pelas mãos da Work3

A chegada do estabelecimento de restauração e bebidas Burger...

Work3 e o seu projeto Burger King em Lourosa

A Work3 apresenta um projeto Burger King na freguesia...