LIDL investe 200 milhões de euros de Norte a Sul do país em 2022

A cadeia de retalho continua profundamente empenhada em Portugal, onde, desde 2017, já investiu cerca de 1000 milhões de euros.

Data:

Dando seguimento à sua estratégia de expansão em território nacional, o Lidl vai continuar a investir no país, como tem feito, desde a sua chegada em 1995, de forma a ganhar maior proximidade com os portugueses, levando-lhes a máxima qualidade ao melhor preço.

Desta forma, no decorrer de 2022, a cadeia de retalho irá  investir cerca de 200 milhões de euros em Portugal, dos quais 125 milhões se destinam à intervenção no parque de lojas (remodelações, modernizações e novas aberturas), garantindo uma experiência de compra simples e rápida a todos os seus clientes. O Lidl contribuirá igualmente, de forma ativa, para reabilitar as zonas envolventes, facilitando vida e apoiando as comunidades locais onde está inserido.

O investimento no país tem vindo a intensificar-se ao longo dos anos e, desde 2017, soma cerca de 1000 milhões de euros – em 2018, foi inclusive responsável por 1% do PIB nacional, segundo um estudo de impacto económico realizado pela consutora independente KPMG. Para além da contínua modernização e abertura de lojas, o Lidl inaugurou, em 2020, um novo entreposto em Santo Tirso, semi-robotizado, que levou ao desenvolvimento de uma nova zona industrial no Norte país e à criação de 200 novos postos de trabalho, estando também a construir um novo entreposto em Loures, para reforçar a capacidade de abastecimento e armazenamento das suas lojas da região centro.

Em Portugal há 27 anos, o Lidl tem atualmente uma rede de mais de 269 lojas, de Norte a Sul do país, e quatro entrepostos (Santo Tirso, Palmela, Sintra e Torres Novas), sendo que até ao final de 2022 a cadeia prevê intervir em cerca de 25 lojas, das quais 6 serão totalmente novas. Com localizações de excelência, os novos espaços seguirão a atual linha de construção das lojas Lidl, que tem vindo a ser implementada de norte a sul do país, com grande recetividade por parte dos clientes, privilegiando a simplicidade e a eficiência bem como o acesso facilitado a produtos e serviços inovadores e de elevada qualidade. Atualmente com mais de 8200 colaboradores, e uma aposta numa oferta de emprego estável e de qualidade, as exportações de produtos portugueses que facilita para 29 dos 32 países onde está presente, representam 2% das exportações nacionais de produtos alimentares para países da União Europeia.

Partilhar

Revista Digital

Revista Pontos de Vista
Atelier do Sul

Popular

Mais Artigos deste tipo

Roteiro pelo Douro com direito a passeios de barco e mergulhos 

Seja a pé, de barco ou de comboio, qualquer...

Doenças infeciosas e alterações climáticas podem estar correlacionadas

É mesmo verdade, o mundo pode já não ser...

“Aportar valor a estas marcas é a nossa missão”

A Garcias S.A é reconhecida pelos clientes, fornecedores e...

A Visão de uma Mulher Notária

Gostaríamos de começar por conhecer um pouco da sua...